O ATLAS foi um fracasso cósmico (e os cientistas podem ter descoberto a razão)

NASA, ESA, D. Jewitt (UCLA), Q. Ye (Universidade de Maryland)

Imagens do Cometa ATLAS, pelo Hubble, obtidas nos dias 20 e 23 de abril de 2020

Quando os cientistas observaram o ATLAS, no ano passado, tinham a expectativa de que fosse o cometa mais brilhante da década. Mas o pedaço de gelo e poeira desintegrou-se.

O núcleo do cometa C/2019 Y4 (ATLAS) despedaçou-se entre 20 e 23 de abril do ano passado, quando se encontrava a cerca de 146 milhões de quilómetros de distância da Terra.

Os astrónomos acreditam que o ATLAS se separou de um cometa ancestral que fez uma passagem relativamente próxima do nosso planeta há cerca de 5.000 anos, chegando a apenas 37 milhões de quilómetros do Sol.

“O cometa pode ter sido uma visão espetacular para as civilizações da Eurásia e do Norte da África no final da Idade da Pedra”, escreveram os astrónomos da NASA, em comunicado. Mas não há qualquer pista sobre a sua existência.

Agora, um novo estudo sugere que o ATLAS seguiu o mesmo rasto orbital de um cometa observado em 1844. O indício que sustenta este “parentesco” é precisamente o facto de ambos os objetos apresentarem a mesma “linha orbital”, sugerindo que ambos são, provavelmente, produtos da desintegração de um cometa original.

Segundo o Space, o mais intrigante é que, ao contrário do “cometa pai”, o ATLAS se desintegrou quando estava mais longe do Sol do que da Terra.

Se se separou tão longe da nossa estrela, “como é que sobreviveu à última passagem ao redor do Sol há 5.000 anos?”, questionou o autor Quanzhi Ye. “É a primeira vez que um membro da família de um cometa de longo período foi visto a separar-se antes de passar mais perto do Sol”.

A observação dos fragmentos sugere estruturas ou composições diferentes: enquanto um fragmento do cometa se dissolveu em alguns dias, outro durou várias semanas. Os cientistas concluíram, por isso, que a parte do núcleo era mais forte do que a outra.

Os autores deste estudo têm algumas teorias sobre o motivo pelo qual os fragmentos tiveram diferentes tempos de vida, que podem, por sua vez, estar relacionadas com a composição desconhecida do antigo “cometa pai”.

“Faixas de material ejetado” podem ter “rasgado” o cometa com forças centrífugas, ou então os gelos voláteis destruíram a parte mais fraca.

O artigo científico foi publicado em julho no The Astronomical Journal.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O secretário-geral do PS e primeiro-ministro, António Costa

O maior susto do atual Governo? Em clima de tensão orçamental, Costa convoca reunião extraordinária no PS

As negociações decisivas para a aprovação do Orçamento do Estado decorrem esta semana, mas António Costa decidiu convocar um dos órgãos mais restritos do PS para uma reunião que não fazia parte do calendário. A …

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Agenda de Marcelo mantém-se, mas pode ser cancelada se OE2022 chumbar

Para já, Marcelo Rebelo de Sousa vai manter a agenda. No entanto, o Presidente da República já avisou o staff em Belém que tudo pode ser cancelado se o Orçamento do Estado para 2022 for …

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins

Dia N, de negociações. Bloco de Esquerda reúne-se com Governo e tem "abertura" para negociar

António Costa tem duas provas de fogo esta terça-feira: o primeiro-ministro lidera a delegação do Governo que vai encontrar-se em separado com o Bloco de Esquerda e com o PCP. Depois de na segunda-feira ter enviado …

Nos próximos cem anos, o gelo do Ártico pode desaparecer e, com ele, os ursos polares

Cientistas esperam que o chamado "gelo de verão" venha a desaparecer por volta do ano de 2100 e com ele muitas das espécies que habitam na região do Ártico. O gelo que preenche o mar …

Num momento único, astrónomos viram uma anã branca a "ligar e desligar"

Pela primeira vez, uma equipa de astrónomos usou o Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS) para ver uma anã branca a desligar e ligar abruptamente.  Em astronomia, uma anã branca é um remanescente estelar composto principalmente por …

Pela primeira vez, o Princípio da Equivalência de Einstein foi verificado em quasares

Investigadores conseguiram medir o desvio para o vermelho gravitacional em quasares e assim estender o teste a regiões muito distantes de onde a luz foi emitida quando o nosso Universo era jovem. De acordo com a …

Cogumelos laminados

O consumo de cogumelos pode diminuir o risco de depressão

Além de reduzirem o risco de cancro e morte prematura, os cogumelos podem beneficiar a saúde mental de uma pessoa. Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina de Penn State, nos Estados Unidos, analisou dados …

Os hipopótamos de Pablo Escobar começaram a ser esterilizados

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do indesejado legado deixado na Colômbia pelo traficante de droga Pablo Escobar, está a ser esterilizado. Quando o Cartel de Medellín estava no seu auge, Pablo Escobar gastou parte …

Ian Brackenbury Channell, o "feiticeiro de Christchurch"

Duas décadas depois, uma cidade neozelandesa decidiu despedir o seu feiticeiro

Vinte e três anos depois, a autarquia de Christchurch, na Nova Zelândia, decidiu despedir Ian Brackenbury Channell, o famoso feiticeiro da cidade. Desde 1998 que Ian Brackenbury Channell era o "feiticeiro de Christchurch", sendo responsável por …

Um dos microscópios de Darwin vai a leilão. Esteve nas mãos da sua família durante quase 200 anos

Um microscópio que Charles Darwin ofereceu ao filho Leonard - e que esteve nas mãos da sua família ao longo de quase 200 anos - vai ser leiloado em dezembro e poderá valer cerca de …