Números fixos há 25 anos: qual a camisola mais memorável?

SportLisboaBenfica / Facebook

Foi na época 1995/96 que, em Portugal, os jogadores de futebol passaram a mostrar o mesmo número de camisola ao longo de toda a temporada. 25 anos depois, recordamos aqui alguns exemplos mas muitos terão ficado fora.

Claro que alguns futebolistas “iluminados” já eternizaram números ainda antes desta mudança. Pelé, que até começou a utilizar o número 10 no Mundial 1958 porque mais ninguém fazia questão de a ter, ficou para sempre associado a esse número.

Maradona também. George Best será para sempre associado ao 7, Franz Beckenbauer ao 5, Johan Cruyff será sempre o número 14… E por aí fora.

Desde que os números se fixaram num jogador, alguns nomes se destacam. Por cá, entre os “grandes”, ficou famoso o 99 de Vítor Baía no FC Porto, quando voltou de Barcelona (precisamente em 1999); um número quase nunca usado por um guarda-redes, até então.

Também nas Antas/Dragão o número 2 ficou ligado a Jorge Costa, enquanto o 10 de Deco deu muitas alegrias aos adeptos portistas.

Mais a Sul, no Benfica, é fácil pensar no número 8 de João Vieira Pinto (que viria a mudar de camisola e de clube, como se sabe) e no 21 de Nuno Gomes. Mas, em termos de longevidade, ninguém supera Luisão e o seu número 4.

Ali ao lado, o ataque do Sporting foi dominado pelos muitos golos do 16 de Jardel e do número 31, sempre associado ao Liedson. No entanto, e voltando à longevidade, recordamos um homem da casa: Beto, que ficou ligado ao número 22.

Lá fora, Cristiano Ronaldo até passou a ser CR7 e Lionel Messi emprega bem o seu número 10. Em Roma, chegou a pairar a ideia de que Francesco Totti iria ser sempre o número 10 – mas sim, já se retirou. Na baliza, o número 1 é associado a muitos guarda-redes, claro. Talvez se destaquem Iker Casillas e Oliver Khan.

Cafú e Gary Neville ficam ligados ao 2, Paolo Maldini é o eterno 3; Sergio Ramos continua a ser dono do 4, que noutras bandas foi muito utilizado por Javier Zanetti; Carles Puyol andou com o 5 nas costas em centenas de jogos.

No meio-campo, começando pelo número 6, recordamos imediatamente Xavi.

O número 7 teve mais donos famosos, além de Cristiano: Éric Cantona, Raúl, Luís Figo, David Beckham e Andriy Shevchenko. Um trio fica ligado ao 8: Steven Gerrard, Frank Lampard e Andrés Iniesta.

Goleadores associados ao número 9? Alan Shearer e Ronaldo, de imediato. Com Robert Lewandowski a ameaçar ficar nesta lista de elite, mais recentemente. A diversidade de nomes aumenta no número 10: Roberto Baggio, Rui Costa, Alessandro Del Piero, Dennis Bergkamp, Rivaldo, Zinédine Zidane, Ronaldinho Ryan Giggs será o nome mais rapidamente associado ao 11.

Depois do tradicional 1-11, chegamos ao número 13, associado a Michael Ballack.

O 14 será de Thierry Henry, o 18 de Paul Scholes, o 21 de Philipp Lahm e Andrea Pirlo, e o 26 de John Terry.

  Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Caro NT, é quase imperdoável ter esquecido um “6” que o seu clube imortalizou retirando-o. O clube é o Milan e o jogador, um dos melhores defesas da história, talvez o melhor, é Franco Baresi.

RESPONDER

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …