Novo estudo calculou quantos buracos negros há no Universo. São triliões

NASA Goddard

Há 40.000.000.000.000.000.000.000 buracos negros no Universo, que constituem aproximadamente 1% de toda a matéria observável.

Os buracos negros são um dos maiores pontos de interrogação da Astronomia. Contudo, se os cientistas soubessem quantos existem no Universo, poderia ser mais fácil responder a algumas questões que ainda carecem de resposta.

A Escola Internacional de Estudos Avançados (SISSA), em Itália, investigou a demografia dos buracos negros de massa estelar, aqueles que têm massa com valor aproximado de centenas de massas solares e que são criados no fim da vida das estrelas massivas.

Nos modelos, os cientistas só incluíram buracos negros que se formam através da evolução de estrelas únicas ou binárias. Também tiveram em conta o papel das fusões de buracos negros, cujos números podem ser estimados com base em dados de ondas gravitacionais, e que produzem buracos negros de massas ligeiramente superiores.

Desta forma, a equipa conseguiu obter uma nova estimativa da população de buracos negros de massa estelar do Universo.

De acordo com o Science Alert, a taxa de natalidade sugere que deveria haver cerca de 40 triliões (40.000.000.000.000.000.000.000) por todo o Universo observável, contando com os buracos negros de massa estelar mais massivos produzidos por fusões de buracos negros binários em aglomerados de estrelas.

A equipa comparou os resultados com os dados de ondas gravitacionais e descobriu que a sua estimativa da taxa de fusões de buracos negros estava de acordo com os dados observacionais. Os dados sugerem que as fusões de aglomerados de estrelas estão, provavelmente, por trás das colisões de buracos negros já observadas.

Ao calcular a taxa de natalidade ao longo do tempo, os investigadores conseguiram também obter uma estimativa do número de buracos negros de massa estelar no Universo primitivo.

O artigo científico foi publicado, em janeiro, no The Astrophysical Journal.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE