Novos filtros naturais de madeira removem 99% das bactérias da água contaminada

Uma equipa de investigadores descobriu uma solução extremamente simples e natural para filtrar água contaminada: madeira de árvores não floridas.

Estima-se que 790 milhões de pessoas, o que corresponde a cerca de 11% da população mundial, não tem acesso a um abastecimento de água potável. Muitas organizações e empresas estão a trabalhar em formas de minimizar estas números.

Uma destas equipas é constituída por investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), que descobriram uma solução extremamente simples e natural: transformar árvores não floridas, como pinheiros, em filtros de água.

De acordo com Interesting Engineering, o interior desse tipo de madeira contém alburno coberto de xilema. Estes dutos semelhantes a palha puxam a água pelo tronco e galhos da árvore. Os condutores de xilema são interligados por membranas que funcionam como peneiras.

Para evitar que os filtros de madeira sequem ou bloqueiem com o tempo, a equipa mergulhou pequenas partes da madeira em água quente durante uma hora. Depois, mergulhou-se em etanol antes de deixá-las secar.

Este método permite que o filtro mantenha a sua permeabilidade e evita que o filtro fique obstruído.

Novos protótipos foram criados e testados em situações do mundo real na Índia, onde mais de 160 milhões de pessoas não têm acesso a água potável segura e confiável.

Os investigadores descobriram que os seus filtros naturais conseguem remover bactérias como E. coli e rotavírus – uma das causas mais comuns de diarreia. Os filtros tratados removeram 99% destes contaminantes, o que atende à categoria de proteção abrangente de duas estrelas da OMS.

Além disso, estes filtros podem ser obtidos localmente de árvores nativas – exatamente o que a equipa fez durante a fase de investigação na Índia.

No final, os filtros testados no local com a água da torneira poderiam remover bactérias com segurança, filtrar a água purificada a uma taxa de um litro por hora e processar cerca de 10 a 15 litros de água por dia.

Em última análise, estes filtros mostram o potencial de uso em ambientes comunitários para remover bactérias e vírus da água potável contaminada.

“Achamos que estes filtros podem lidar razoavelmente com contaminantes bacterianos”, disse a líder do estudo Krithika Ramchander, em comunicado. Mas existem contaminantes químicos como arsénio e flúor, cujos efeitos ainda não conhecemos”.

Para ajudar as comunidades rapidamente, a equipa já partilhou as suas diretrizes para projetar e fabricar o filtro de madeira de xilema num site de código aberto. Agora, qualquer pessoa que esteja disposta a ajudar a apresentar o sistema a comunidades mais amplas pode recorrer a estes parâmetros seguros.

Os próximos passos serão realizar mais testes e estudos no local para continuar a encontrar o método mais eficaz para todos os envolvidos.

Este estudo foi publicado este mês a revista científica Nature Communications.

Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …