Já há fumo branco no novo Governo alemão: Olaf Scholz será mesmo o próximo chanceler

Felipe Trueba / EPA

O ministro das Finanças alemão, Olaf Scholz

Uma das principais potências europeias passará, assim, a ser governada pela chamada coligação semáforo, de acordo com as cores dos três partidos que a formam.

Após semanas de intensas negociações entre o Partido Social Democrata (SPD), que venceu as eleições de 26 de setembro, os Verdes e o Partido Liberal Democrata (FDP), parece haver finalmente fumo branco. Os três partidos envolvidos deverão anunciar os termos do acordo a que chegaram ainda esta quarta-feira, depois de ao longo da última noite os negociadores terem fechado os tópicos relacionados com a política financeira e ambiental.

Tal como lembra o Público, o aparente sucesso das conversações contraria as previsões mais pessimistas e iniciais que apontavam para baixas hipóteses de entendimento face às diferentes ideologias dos partidos envolvidos — especialmente os Verdes e os liberais.

Entre os compromissos alcançados mais importantes, destaca-se o abandono do uso do carvão até 2030 e a geração de energia a partir do gás até 2040.

O acordo terá, ainda assim, de ser aprovado pelos partidos nos seus órgãos internos — conferências no caso do SPD e do FDP e os militantes no caso dos Verdes. De acordo com alguns meios de comunicação, estima-se que em dezembro Scholz já possa exercer o cargo de chanceler no Bundestag.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.