Há uma nova versão sobre a morte da Princesa Diana

Nick Parfjonov / wikimedia

Diana de Gales, a Princesa do Povo

Desde 1997, todos os 31 de agosto, lembra-se o dia em que Diana de Gales morreu num trágico acidente de viação dentro da ponte parisiense de Alma com o seu parceiro, Dodi Al-Fayed.

Embora as conclusões da investigação foram de que o motorista, Henri Paul, terá bebido demais e acelerado, causando o acidente, tem havido muitas teorias que se espalharam sobre a morte de Lady Di. Ninguém sabe o que realmente aconteceu naquela madrugada.

Coroner Richard Shepherd publicou “Unnatural Causes”, um livro onde, longe de lançar uma nova teoria da conspiração, ele fala sobre a má sorte que a mãe de William de Cambridge e do príncipe Harry teve naquela noite.



Aparentemente, a ferida que causou a morte da princesa “era muito pequena e estava no lugar errado”. Shepherd diz que ela teria sobrevivido se tivesse usado o cinto de segurança. Desta forma, Lady Di ter-se-ia recuperado em alguns dias, com vários ossos partidos e contusões, mas o acidente não lhe custaria a vida.

“A lesão dele foi tão estranha que, em toda a minha carreira, acho que nunca vi outra. Diana tinha um ferimento muito pequeno, mas no lugar errado”, explicou Shepherd, citado pela ABC.

Para entender as suas conclusões, o legista assegurou que a morte de Lady Di aconteceu por uma panóplia de falhas. “Se tivesse usado o cinto de segurança, se tivesse batido no assento em frente num ângulo ligeiramente diferente ou a uma velocidade menor, e se tivesse sido colocado numa ambulância imediatamente após o acidente do túnel da Ponte da Alma”, escreveu no livro.

A morte de Diana de Gales é mais do que clara, mas o barulho dos media e as diferentes teorias fizeram com que as conclusões da autópsia não fossem credíveis para ninguém. “A patologia da morte é indiscutível. Mas em torno da pequena e fatal ferida numa veia pulmonar, muitos outros factos são tecidos, alguns dos quais são suficientemente opacos para permitir que uma multidão de teorias floresça”.

Na sequência do acidente, Lady Di também teve alguns ossos partidos e uma pequena lesão no peito. Se não a levaram imediatamente para o Hospital de la Pitié-Salpêtrière, foi porque, a princípio, estava estável e comunicava.

“Mas a veia rasgada estava a sangrar lenta e internamente no peito“, diz Shepherd. A princesa gradualmente perdeu a consciência numa ambulância e, apesar de ter sido operada, morreu pouco depois no hospital.

A investigação de dois anos da polícia francesa concluiu em 1999 que o único culpado pela morte de Lady Di e Dodi Al-Fayed era o motorista, Henri Paul. Em 2004, Shepherd reviu as evidências e relatórios numa investigação policial conduzida pelos serviços de inteligência ingleses para ver se as teorias conspiratórias faziam algum sentido.

Naquele momento, o legista determinou que a morte tinha sido um acidente. Para aquelas investigações, nas quais foram investidos três milhões de libras, as autoridades examinaram o Mercedes do Al-Fayed, visitaram a Ponte da Alma e reuniram cerca de 1.500 declarações de testemunhas e 20 mil documentos. As conclusões foram claras: a morte de Lady Di foi um acidente.

Mesmo assim, em 2008, uma nova investigação britânica descobriu que os paparazzi que estavam a perseguir o carro do hotel Ritz até o apartamento de Al-Fayed, juntamente com o motorista, foram os culpados do acidente.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Pois é isto do “Se”, não nos leva a lado nenhum. Porque não resolve nada e nem os trás à vida.
    É badermices da industria para ganhar dinheiro com a venda do livro e mais mais as fortunas em £ibras na investigação.

  2. E se ela estivesse na caminha com o amante àquela hora mesmo que na brincadeira caísse da cama abaixo certamente teria sobrevivido!

RESPONDER

Em dia sem registo de mortes, Portugal contabiliza 450 novos casos

Esta sexta-feira, Portugal não regista qualquer óbito. Nas últimas 24 horas, houve 450 novos casos positivos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Não morreu ninguém infetado com o novo …

Câmara de Torres Vedras deteta migrantes a viverem em armazéns e antigas pecuárias

Além de espaços sem condições de habitabilidade, como armazéns e pecuárias desativadas, a autarquia tem conhecimento de "casas alugadas a pessoas migrantes onde existe sobrelotação". A Câmara de Torres Vedras, no distrito de Lisboa, levantou coimas …

Parlamento aprova "direito ao esquecimento" para quem superou doenças graves

O Parlamento aprovou esta sexta-feira, na generalidade, o projeto-lei do PS que pretende consagrar o “direito ao esquecimento” para acabar com a discriminação de pessoas que tiveram cancro. O Parlamento aprovou, na generalidade, o projeto-lei do …

No seu último discurso, presidente do Supremo atira críticas aos megaprocessos

António Piçarra, presidente do Supremo Tribunal de Justiça, centrou o seu último discurso na falta de eficácia do sistema judicial em tratar os processos especialmente complexos de corrupção. Para o presidente do Supremo Tribunal de Justiça, …

Viagens não essenciais de e para o Reino Unido permitidas a partir de segunda-feira

Cristóvão Norte, deputado do PSD, criticou a indefinição em torno das viagens do Reino Unido para Portugal, em entrevista à BBC. Entretanto, esta manhã, fonte governamental revelou que as viagens não essenciais de e para …

PPP na saúde levou Estado a "poupar" mais de 200 milhões

As Parceiras Público-Privadas (PPP) dos hospitais de Braga, Vila Franca de Xira, Loures e Cascais trouxeram ao Estado uma "poupança" de 203 milhões de euros, menos de um terço do que se esperava no arranque …

Praias podem receber mais banhistas este verão

Apesar de o semáforo de lotação das praias se manter nesta época balnear, a percentagem de ocupação sobe para os 90%. Quem não respeitar as regras estará sujeito a coimas. As limitações à lotação, introduzidas no …

Ritmo de vacinação da UE ultrapassa o dos EUA e China. Grécia reabre turismo

Atualmente, o ritmo de vacinação da União Europeia ultrapassa o registado nos Estados Unidos da América e na China, de acordo com os dados da plataforma Our World in Data. Os dados recolhidos pelo Público …

"Síndrome de Havana" tem sido cada vez mais reportada por militares dos EUA

Diplomatas norte-americanos, espiões e funcionários da Defesa nacional dos EUA sofreram mais de 130 casos de lesões cerebrais, conhecidos como síndrome de Havana. Segundo o jornal The New York Times, três agentes da CIA revelaram ter …

Caso Maddie. Polícia alemã tem novas provas contra Brueckner

A polícia alemã tem novas provas contra Christian Brueckner, o principal suspeito do rapto de Madeleine McCann, que desapareceu do empreendimento turístico Ocean Club, no Algarve, há 14 anos. De acordo com o procurador Hans Christian …