Nova técnica de edição genética é testada em humanos pela primeira vez

microbeworld / Flickr

Tratamento tradicional da leucemia: células-T do sistema imunitário (ao centro) ligam-se aos grânulos que provocam a divisão celular

Tratamento tradicional da leucemia: células-T do sistema imunitário (ao centro) ligam-se aos grânulos que provocam a divisão celular

Um grupo de investigadores chineses está a conduzir a primeira pesquisaem seres humanos envolvendo material genético modificado. A metodologia consiste em injetar em pacientes com cancro células com genes editados a partir de uma técnica batizada de CRISPR-Cas9.

Trata-se de um método revolucionário o suficiente para que os cientistas possam afirmar, com total certeza, que ninguém no mundo publicou um estudo semelhante e de tamanho impacto clínico e científico na área da oncologia até agora.

O tratamento foi levado a cabo a 28 de outubro, pelas mãos do oncologista e cientista-chefe da pesquisa Lu You, ao lado de sua equipa da Universidade de Sichuan, em Chengdu, China. A experiência ocorreu no West China Hospital, na mesma cidade.

Apenas um paciente recebeu a injeção com genes modificados. Contudo, se a experiência continuar sem efeitos adversos nocivos, mais nove pacientes integrarão o grupo de estudo. Cada indivíduo receberá entre uma a quatro injeções com o material.

O processo consiste da remoção de células imunitárias do sangue do paciente, para posterior edição genética com a técnica CRISPR (com ADN apagado, que dá lugar a um novo, programado) e reintegração ao sistema circulatório do indivíduo.

Vários outros investigadores publicaram trabalhos sobre a questão da edição genética e a sua relação com a cura para o cancro, apesar de não terem mencionado nada semelhante à nova técnica. A CRISPR é relativamente fácil de usar e, teoricamente, pode resolver a maioria dos problemas relacionados com problemas genéticos que afligem a humanidade. Por outras palavras, o método pode servir como tratamento da leucemia e de vários outros tipos de cancro e de doenças raras.

A comunidade científica aguarda agora com grande expectativa pelos resultados da pesquisa, que, caso sejam positivos, farão com que a técnica se dissemine por todo o mundo, estabelecendo um caminho mais curto para a cura.

De fora não fica uma certa competição entre investigadores chineses e norte-americanos, que trabalham para encontrar uma solução para as neoplasias malignas, onde os grandes beneficiados com todos estes esforços poderão ser os pacientes.

ZAP / Canal Tech

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …