Nova ponte sobre o Douro não vai estar concluída em 2022

DouroAzul/Facebook

As câmaras do Porto e Gaia admitiram esta quinta-feira que a nova ponte sobre o rio Douro “dificilmente” vai estar pronta em 2022, como estava previsto, apontando para 2020 o lançamento do concurso público.

O ponto de situação foi feito pelo vereador do Urbanismo da Câmara do Porto, Pedro Baganha, e pelo vice-presidente da Câmara de Gaia, Patrocínio Azevedo, à margem de uma sessão dedicada às pontes entre as duas cidades, no Porto Innovation Hub, no âmbito do Ciclo “Inovação Fora de Portas – Engenharia Civil à Mostra”.

“É verdade que este processo sofreu aqui um atraso decorrente da necessidade do ajuste da sua localização por via da imposição de uma cota superior àquela que inicialmente estava a ser prevista. E uma ponte normalmente não se faz em dois anos. Portanto, parece-me razoavelmente seguro que, em 2022, não estará concluída a obra”, afirmou Pedro Baganha, sublinhando, contudo que a sua conclusão vai depender do modelo construtivo e da solução que for proposta.

De acordo com o autarca, os dois municípios estão, neste momento, a preparar o programa preliminar para lançar o concurso e a fazer sondagens no rio Douro para determinar as condições geológicas do terreno.

“Estamos a determinar qual é o perfil que faz sentido para a ponte, com contagens e com estudos de tráfego”, explicou o vereador do urbanismo da Câmara do Porto, afirmando ter a expectativa de que, “na primeira metade do próximo ano”, seja lançado o concurso para a “escolha do melhor projeto”.

Em declarações aos jornalistas, o vice-presidente da Câmara de Gaia admitiu que a nova ponte, que terá o nome do bispo do Porto António Francisco dos Santos (1948-2017), “dificilmente” estará concluída em 2022, embora acredite que o concurso poderá ser lançado “no primeiro trimestre de 2020”.

“Temos de assumir que dificilmente conseguimos cumprir esse prazo [2022]. Depende depois do projeto, depende se há ou não contestações nas propostas. Portanto, há aqui um conjunto de fatores que não depende de nós. Depende do visto do Tribunal de Contas, depende de um conjunto de fatores”, disse Patrocínio Azevedo, assegurando que há vontade política para avançar. Patrocínio Azevedo acrescentou que a nova travessia está pensada e há dinheiro para a concretizar, pelo que, “a partir daí, é seguir a tramitação normal”, frisou.

Quando foi anunciada, em 12 de abril de 2018, a nova travessia tinha um custo estimado de 12 milhões de euros, integralmente assumidos pelos municípios do Porto e Gaia, em partes iguais. Na ocasião, as autarquias revelaram que a sétima travessia sobre o Douro seria construída à cota baixa, numa extensão de 250 metros, que prevê ligação rodoviária, passagem pedonal e ciclovia.

À data, foi anunciado que seriam necessários dois concursos públicos, um para a concessão a lançar naquele ano (2018) e um segundo de caráter internacional para a construção da ponte que vai ser instalada entre Campanhã (Porto) e o Areinho de Oliveira do Douro (Gaia).

Em outubro, a Câmara do Porto, em resposta à Lusa, referiu que estavam a ser estudados a relocalização e o redimensionamento da nova travessia sobre o Douro, na sequência dos “entraves” colocados pela Agência Portuguesa do Ambiente quanto à localização inicial.

Já em novembro, numa sessão da Assembleia Municipal do Porto, o presidente da autarquia, Rui Moreira, esclareceu que a nova travessia irá custar 26,5 milhões de euros, valor que inclui a construção da ponte e respetivos acessos.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Comer muitas refeições takeaway pode aumentar a probabilidade de morte

Comer demasiadas vezes refeições takeaway pode afetar negativamente a saúde das pessoas. Isto porque, muitas vezes, a comida em causa é fast food. A pandemia de covid-19 veio intensificar a adoração das pessoas pelas refeições takeaway. …

Fezes de morcego ajudam a decifrar o passado da humanidade

Uma equipa de investigadores australianos usou fezes de morcego para ajudar a entender uma parte do passado dos nossos ancestrais. Para perceber melhor como é que artefactos antigos são alterados pelo sedimento em que estão enterrados …

"É como fogo". Dezenas de pessoas morreram na República Dominicana após ingestão de álcool ilegal

Depois de dezenas de pessoas morreram por intoxicação nas últimas semanas, as autoridades da República Dominicana acabaram por fechar várias lojas de bebidas alcoólicas. As lojas de bebidas clandestinas situavam-se sobretudo na capital, Santo Domingo, mas …

Eis AlphaDog, a resposta da China para o cão-robô norte-americano Spot

A empresa de tecnologia Weilan, sediada em Nanjing, na China, desenvolveu o AlphaDog, um cão-robô que usa sensores e inteligência artificial (IA) para realizar uma série de aplicações, incluindo entrega de encomendas e orientação para …

E se a vacina contra a covid-19 se chamasse Trumpcine? O "sir" sugeriu e Donald Trump gostou

No fim de semana passado, durante um encontro do Comité Nacional Republicano, o ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que alguém sugeriu que as vacinas disponíveis contra a covid-19 deveriam receber o seu nome. …

O custo da paz mundial é bastante inferior ao custo da guerra

Um recente relatório do Instituto de Economia e Paz (IEP) conclui que o custo dos países com a violência é bem superior ao custo com a paz mundial. O Instituto de Economia e Paz estima que, …

Malta vai pagar aos turistas que visitarem a ilha durante o verão

Numa altura em que pandemia não tem dado tréguas ao setor do turismo, Malta anunciou um conjunto de medidas com o objetivo de encorajar os viajantes a visitarem o país e a ficarem hospedados nos …

Pentágono confirma que filmagens de OVNI em forma de pirâmide são autênticas

Uma nova série de imagens e vídeos de OVNIs (Objetos Voadores Não Identificados) filmados pela Marinha dos Estados Unidos foi agora confirmada como autêntica pelo Pentágono. Enquanto muitas pessoas geralmente se referem a avistamentos misteriosos …

Irão vai aumentar produção de urânio enriquecido em resposta ao “terrorismo nuclear” de Israel

O Irão justificou esta quarta-feira a decisão de enriquecer urânio a 60% como resposta ao “terrorismo nuclear” e à “maldade” israelita, referindo-se ao alegado ataque contra a central de Natanz, no domingo. “A decisão de enriquecer …

Possibilidade de ser reinfetado baixa 84% para quem já teve covid-19

Um novo estudo indica que a infeção prévia por SARS-CoV-2 protege a maioria dos indivíduos contra a reinfecção durante uma média de sete meses As probabilidades de reinfeção não descem até zero, mas um novo estudo, …