Nova espécie de pássaro descoberta no Brasil já corre risco de extinção

DR Ciro Albano, luiz.pedreiragonzaga / Facebook

Scytalopus gonzagai, o macuquinho-preto-baiano

Scytalopus gonzagai, o macuquinho-preto-baiano

Vinte anos após o início das investigações de Luis Antonio Pedreira Gonzaga, cientista da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), foi descoberta, numa faixa estreita de Mata Atlântica, no litoral da Bahia, uma nova espécie de pássaro, o Scytalopus gonzagai.

O  pássaro recebeu o nome de macuquinho-preto-baiano.  Mas entretanto, a espécie já corre risco de extinção.

O biólogo especializado em ornitologia Giovanni Nachtigall Maurício, professor de gestão ambiental da Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul, e primeiro autor do artigo de descrição da espécie, disse à Agência Brasil  que os cálculos feitos durante a pesquisa de campo estimaram em quase 3 mil o número destes pássaros na região.

A estimativa foi baseada no cálculo da área disponível e da densidade. A partir desses dados, os investigadores extrapolaram a informação para toda a área possível.

“Fizemos um cálculo e, depois, uma extrapolação, que indicou que a espécie teria cerca de 2.888 pássaros. O cálculo foi a base para a conclusão de que a espécie está em risco de extinção”, relatou o biólogo.

Depois desses cálculos, a equipa de investigadores usou os critérios da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN), “que são critérios universais para o estudo de espécies ameaçadas. O conjunto de critérios vai mostrar o grau de ameaça à espécie. Ela enquadrou-se na categoria de espécie em perigo. Esta é uma categoria de ameaça oficial”.

A regra geral estabelece que até 2.500 indivíduos, a espécie seria considerada criticamente em perigo; de 2.500 até 10 mil indivíduos, é considerada em perigo; e de 10 mil até 20 mil, é vulnerável.

A descoberta da espécie

Giovanni Maurício explica que o embrião da descoberta foi a investigação independente do professor da UFRJ Luiz Antonio Pedreira Gonzaga e colegas.

Numa homenagem a Gonzaga, a nova espécie foi baptizada com o seu nome.

À época, por volta de 1993,  os investigadores acreditaram que se tratava de um macuquinho-preto comum, encontrado no Sul e no Sudeste do país, razão pela qual “não foi descrita na altura como uma nova espécie”, explica Maurício.

Segundo o especialista, só em 2002 se começou a desconfiar que se tratava de uma nova espécie. “A cauda era menor e a asa, maior”, conta Maurício.

A cor foi outro factor de distinção, e o Scytalopus gonzagai apresenta um ritmo de canto mais forte, com diferentes vocalizações.

Duas expedições, feitas em 2004, com o apoio da Save Brasil, vinculada à ONG inglesa à Birdlife Internacional, e em 2006, promovida pela Fundação Grupo Boticário de Protecção à Natureza, puderam  investigar mais profundamente o pássaro, nas montanhas do sudeste da Bahia.

A informação recolhida nestas expedições permitiram que se chegasse à descoberta deste ano e à confirmação de que se tratava de uma espécie nova.

Maurício acredita que nos próximos um ou dois anos serão descobertas mais espécies, não ameaçadas de extinção, porque têm uma distribuição maior.

“Continuamos a trabalhar para isso”, diz o investigador.

ZAP / Agência Brasil

PARTILHAR

RESPONDER

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …