Nova Constituição proposta por Presidente chileno não tem apoio da oposição, nem de alguns membros do Governo

Elvis Gonzalez / EPA

O presidente do Chile, Sebastián Piñera

Exigiu-se a revisão da Constituição do país, o Presidente chileno Sebastián Piñera aceitou e apresentou uma proposta nesse sentido, mas nem a oposição nem mesmo alguns membros do Governo estão satisfeitos.

A principal crítica tem que ver com a autoria do documento, que se espera que seja redigido por um “Congresso Constituinte”, tudo indica que formado pelos atuais membros do Parlamento, e depois submetido a referendo, segundo indicações dadas no domingo passado pelo ministro do Interior, Gonzalo Blumel, citado pelo Expresso.

Para a oposição, trata-se de um processo “totalmente desadequado”, precisamente por envolver a participação de “legisladores em que os manifestantes não confiam”. Além disso, defenderam, o referendo deveria ser realizado antes de a Constituição estar escrita e não depois, “de modo a que a opinião de todos possa ser considerada”.

“Os cidadãos querem algo diferente”, afirmou Felipe Harboe, senador da oposição, citado pela Associated Press, referindo-se à necessidade de se criar uma Assembleia Constituinte ou garantir outra forma de participação direta.

“É necessário convocar uma votação para iniciar um processo constitucional e os chilenos devem pronunciar-se se querem ou não uma nova Constituição e também sobre o mecanismo de elaboração”, afirmou, por sua vez, Álvaro Elizalde, presidente do Partido Socialista do Chile.

Já para o líder do Partido Radical, Carlos Maldonado, é necessário um “amplo acordo com a oposição” para garantir que o processo é “legítimo, credível, claro e concreto”.

Dentro do próprio Governo há vozes dissonantes, como a do senador Manuel José Ossandón. “O Parlamento não tem credibilidade para fazer algo que não envolva uma maior participação da comunidade”, afirmou.

Criar a tão desejada Assembleia Constituinte, que seria formada por um grupo de cidadãos eleitos e com a responsabilidade de redigir a nova Constituição, não é contudo hipótese que o Governo considere, como ainda esta segunda-feira fez questão de salientar uma porta-voz, Karla Rubilar.

Por isso mesmo, os protestos continuam em Santiago do Chile, capital do país, estando marcada uma greve nacional para esta terça-feira.

Além de uma nova Constituição que substitua a atual, que foi aprovada durante a ditadura de Augusto Pinochet, os manifestantes exigem medidas concretas para resolver problemas graves no país, como a desigualdade, os salários baixos e as reformas que muitos consideram “indignas”, além de melhorias em áreas como a saúde e a educação.

Apesar de a maioria dos protestos ter decorrido de forma pacífica, morreram 20 pessoas em confrontos entre manifestantes e polícia.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …