Cientistas perto de criar exame de sangue universal para todos os tipos de cancro

Chama-se CancerSEEK e pode vir a revolucionar a luta contra o cancro. Os investigadores acreditam que este novo teste ao sangue pode detetar oito tipos comuns de cancro com bastante antecedência.

Uma equipa de cientistas da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, diz estar mais perto de criar um exame de sangue universal, capaz de identificar todos os tipos de cancro. Segundo a BBC, o teste foi capaz de identificar oito tipos de cancro e foi considerado bem-sucedido em 70% casos.

Segundo o estudo publicado esta quinta-feira na revista Science, o novo teste, designado CancerSEEK, é realizado através de uma biopsia líquida, que permite aceder ao material genético do tumor de forma não invasiva, recorrendo apenas a uma análise de sangue.

Através do novo teste, os cientistas conseguem procurar mutações em 16 genes – associadas à presença de um desses oito cancros – e a oito proteínas – libertadas no sangue por tumores malignos.

Segundo o Expresso, a descoberta está a ser classificada como “muito excitante” pelo potencial de salvar milhares de vidas. Cristian Tomasetti, que integra a equipa da Faculdade de Medicina de Johns Hopkins, nos EUA, considera que esta descoberta “pode vir a ter um enorme impacto na taxa de mortalidade por cancro”.

A equipa de investigadores desenvolveu esta nova análise e testou-a em 1005 doentes oncológicos. Em 70% dos casos, conseguiu apurar a existência de cancros no estômago, ovários, fígado, pâncreas, esófago, cólon, pulmão e mama antes de ser tarde demais.

As probabilidades de um cancro poder ser tratado aumentam quanto mais cedo for detetado e, até agora, não havia forma de detetar cinco dos oito tipos de cancro investigados.

“Estamos a ver, pela primeira vez, um potencial de teste sanguíneo que pode detetar vários tipos de cancros maus que, até agora, só eram diagnosticados muito tarde, quando surgiam os primeiros sintomas”, acrescentou à ABC News, Peter Gibbs, do Instituto Walter e Eliza, em Melbourne, que também integra a equipa.

Os cientistas vão agora testar a nova análise em dez mil pessoas que não foram diagnosticadas com cancro. O caso que mais entusiasma os investigadores é o cancro do pâncreas, que tem poucos sintomas e, na maioria das vezes, é diagnosticado demasiado tarde.

Além disso, este teste poderá igualmente identificar os tipos de cancro que um doente pode ter tido no passado, o que não sucede com os atuais exames. Não havendo dúvidas da importância e da utilidade do CancerSEEK, a maior questão prende-se agora com o preço.

“Suspeito que ronda os mil dólares ou algo assim, mas tal como acontece com a maioria das tecnologias, as coisas vão ficando mais baratas ao longo do tempo, pelo que temos esperanças de que o preço baixe para poucas centenas de dólares”, refere Gibbs.

No entanto, Paul Pharoah, professor de epidemiologia do cancro na Universidade de Cambridge, citado pela BBC, defende a necessidade de haver mais investigação em torno deste novo teste.

“Demonstrar que um teste consegue detetar cancros avançados não significa que esse mesmo teste venha a ser útil na deteção de cancros precoces e, menos ainda, os pré-sintomas de um cancro. A deteção de cancros de nível um foi apenas de 40%”, conclui.

ZAP // Nature

PARTILHAR

RESPONDER

João Félix é exigência de Guardiola no Manchester City

O campeão inglês, Manchester City, estará interessado na contratação de João Félix. O jovem de 19 anos está blindado por uma cláusula de rescisão de 120 milhões de euros. Depois de entrar na lista dos 23 …

Greve dos anestesistas no Amadora-Sintra adia 300 cirurgias

Os médicos anestesistas do Hospital Amadora-Sintra terminam esta sexta-feira às 20h00 uma greve de cinco dias para exigir a contratação de mais especialistas e reclamar condições de segurança clínica. A paralisação no Hospital Fernando Fonseca, que …

“No que depender do Governo”, a rede Multibanco vai continuar gratuita, garante Centeno

"No que depender do Governo, vai continuar gratuita para os portugueses" a utilização das caixas multibanco, cuja gratuitidade foi questionada recentemente por alguns líderes dos bancos. O ministro das Finanças, Mário Centeno, garantiu esta sexta-feira que …

Protecção Civil pagou combustível para participar em novela da SIC

A SIC não pagou qualquer valor pelo empréstimo de meios da Protecção Civil para as filmagens de uma novela que está a ser produzida pelo canal. A Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC) …

Liderança do Montepio pode voltar a mudar

Uma nova reviravolta na administração do Banco Montepio pode estar prestes a acontecer. Carlos Tavares, atual presidente da administração com poderes não executivos, pode voltar a ser presidente executivo deste banco. Se isso acontecer, Dulce Mota …

Berardo era peça na "estratégia" de Sócrates para dominar a banca

Em entrevista ao Jornal Económico, o empresário Patrick Monteiro de Barros defende que Joe Berardo foi uma das pessoas de quem José Sócrates se serviu para dominar a banca. Patrick Monteiro de Barros disse, em entrevista …

BCE arrasa propostas de Centeno. Reforma coloca em risco independência do BdP

O Banco Central Europeu teceu duras criticas às propostas de Centeno para a reforma da supervisão financeira em Portugal. O BCE admite que a independência do Banco de Portugal poderia ficar em risco. Depois da Comissão …

#MeToo. Acordo de 40 milhões para evitar processo contra Harvey Weinstein

O antigo produtor de Hollywood Harvey Weinstein terá chegado a um acordo no valor de 44 milhões de dólares (cerca de 40 millhões de euros) em indemnização com dezenas das suas vítimas, de forma a …

Paulo Sande, cabeça de lista do Aliança, recebeu salário de Belém. Mas vai devolver

O cabeça de lista do Aliança decidiu devolver o vencimento que lhe foi pago este mês pela Presidência da República enquanto assessor político de Marcelo Rebelo de Sousa. Paulo Sande começou por gozar uma licença sem …

Trump quer vender armas à Arábia Saudita sem aprovação do Congresso

Uma grande venda de bombas à Arábia Saudita pode estar na mira da Administração Trump. O Presidente dos Estados Unidos quer fintar o Congresso norte-americano e desbloquear 6,3 mil milhões de euros em vendas.  O jornal …