Cientistas perto de criar exame de sangue universal para todos os tipos de cancro

Chama-se CancerSEEK e pode vir a revolucionar a luta contra o cancro. Os investigadores acreditam que este novo teste ao sangue pode detetar oito tipos comuns de cancro com bastante antecedência.

Uma equipa de cientistas da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, diz estar mais perto de criar um exame de sangue universal, capaz de identificar todos os tipos de cancro. Segundo a BBC, o teste foi capaz de identificar oito tipos de cancro e foi considerado bem-sucedido em 70% casos.

Segundo o estudo publicado esta quinta-feira na revista Science, o novo teste, designado CancerSEEK, é realizado através de uma biopsia líquida, que permite aceder ao material genético do tumor de forma não invasiva, recorrendo apenas a uma análise de sangue.

Através do novo teste, os cientistas conseguem procurar mutações em 16 genes – associadas à presença de um desses oito cancros – e a oito proteínas – libertadas no sangue por tumores malignos.

Segundo o Expresso, a descoberta está a ser classificada como “muito excitante” pelo potencial de salvar milhares de vidas. Cristian Tomasetti, que integra a equipa da Faculdade de Medicina de Johns Hopkins, nos EUA, considera que esta descoberta “pode vir a ter um enorme impacto na taxa de mortalidade por cancro”.

A equipa de investigadores desenvolveu esta nova análise e testou-a em 1005 doentes oncológicos. Em 70% dos casos, conseguiu apurar a existência de cancros no estômago, ovários, fígado, pâncreas, esófago, cólon, pulmão e mama antes de ser tarde demais.

As probabilidades de um cancro poder ser tratado aumentam quanto mais cedo for detetado e, até agora, não havia forma de detetar cinco dos oito tipos de cancro investigados.

“Estamos a ver, pela primeira vez, um potencial de teste sanguíneo que pode detetar vários tipos de cancros maus que, até agora, só eram diagnosticados muito tarde, quando surgiam os primeiros sintomas”, acrescentou à ABC News, Peter Gibbs, do Instituto Walter e Eliza, em Melbourne, que também integra a equipa.

Os cientistas vão agora testar a nova análise em dez mil pessoas que não foram diagnosticadas com cancro. O caso que mais entusiasma os investigadores é o cancro do pâncreas, que tem poucos sintomas e, na maioria das vezes, é diagnosticado demasiado tarde.

Além disso, este teste poderá igualmente identificar os tipos de cancro que um doente pode ter tido no passado, o que não sucede com os atuais exames. Não havendo dúvidas da importância e da utilidade do CancerSEEK, a maior questão prende-se agora com o preço.

“Suspeito que ronda os mil dólares ou algo assim, mas tal como acontece com a maioria das tecnologias, as coisas vão ficando mais baratas ao longo do tempo, pelo que temos esperanças de que o preço baixe para poucas centenas de dólares”, refere Gibbs.

No entanto, Paul Pharoah, professor de epidemiologia do cancro na Universidade de Cambridge, citado pela BBC, defende a necessidade de haver mais investigação em torno deste novo teste.

“Demonstrar que um teste consegue detetar cancros avançados não significa que esse mesmo teste venha a ser útil na deteção de cancros precoces e, menos ainda, os pré-sintomas de um cancro. A deteção de cancros de nível um foi apenas de 40%”, conclui.

ZAP // Nature

PARTILHAR

RESPONDER

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …