A New Horizons da NASA está na trajetória ideal em direção a Ultima Thule

JHUAPL / NASA

A New Horizons a meio caminho entre Úrano e Neptuno

Sem perigos aparentes pelo caminho, a sonda New Horizons da NASA recebeu o sinal positivo para permanecer na trajetória ideal até Ultima Thule, à medida que se aproxima do “flyby”, dia 1 de janeiro, pelo objeto da Cintura de Kuiper situado a mais de mil milhões de quilómetros para lá de Plutão – a passagem rasante mais distante da história.

Depois de quase três semanas de buscas sensíveis por anéis, pequenas luas e outros potenciais riscos em torno do objeto, Alan Stern, o investigador principal da New Horizons, deu o “all clear” para a sonda permanecer no caminho que a leva a cerca de 3500 quilómetros de Ultima, em vez de um desvio evitando perigos que a teria empurrado para três vezes mais longe. Viajando a 50.700 km/h, uma partícula tão pequena quanto um grão de arroz seria letal para a sonda com o tamanho de um piano.

A equipa de observação de perigos, com uma dúzia de membros, tem usado a câmara telescópica mais poderosa da New Horizons, o instrumento LORRI (Long Range Reconnaissance Imager), para procurar possíveis perigos. A decisão de manter a New Horizons na sua trajetória original, ou de a desviar para um “flyby” mais distante, que teria produzido dados menos detalhados, teve que ser feita esta semana, uma vez que a última oportunidade de manobrar a sonda para outra trajetória era dia 18 de dezembro.

A New Horizons formou a sua equipa de vigilância de perigos em 2011 para preparar a passagem por Plutão, abordando as preocupações de que as recém-descobertas luas pequenas de Plutão pudessem espalhar detritos perigosos pelo percurso da sonda.

Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins

Esta imagem mostra a posição da New Horizons no dia 18 de dezembro. O segmento verde da linha mostra a viagem da sonda desde o seu lançamento; o vermelho indica o seu percurso futuro.

Uma pesquisa intensa não revelou nenhum risco potencial para a missão; a equipa optou pelo plano de voo original e a New Horizons realizou em julho de 2015, e em segurança, a sua exploração histórica do sistema de Plutão.

Este ano, a equipa de observação de perigos tem realizado análises semelhantes para a passagem por Ultima Thule, oficialmente designado 2014 MU69. Qualquer estrutura em forma de anel, refletindo apenas 0,5 milionésimos de luz solar que incidia sobre si, teria sido visível nas imagens, assim como quaisquer luas com mais de 3 km de diâmetro, mas a equipa não viu nenhuma. Os cientistas vão continuar a procurar anéis ou luas que estejam muito próximas de Ultima, mas esses objetos não representam um perigo.

“A nossa equipa sente-se como se estivesse a viajar com a nave, como se fôssemos marinheiros empoleirados no cesto da gávea de um navio, à procura de perigos,” comenta o líder da equipa de perigos, Mark Showalter, do Instituto SETI. “A equipa estava em completo consenso de que a sonda deveria permanecer na trajetória mais próxima, e a liderança da missão aceitou a nossa recomendação.”

“A sonda tem agora um percurso ideal, mais de três vezes mais próxima do que quando passou por Plutão,” acrescenta Stern. “Ultima, aqui vamos nós!”

A New Horizons fará a sua histórica aproximação a Ultima Thule às 05:33 de dia 1 de janeiro (hora portuguesa) – o primeiro “flyby” por um objeto da Cintura de Kuiper.

// CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Coronavírus abala mercados mundiais. Petróleo derrapa mais de 3%

A preocupação com as consequências económicas da propagação do coronavírus na China está a ter um efeito devastador nos mercados. A derrapagem nos mercados acontece numa altura em que o número de mortos pelo surto de …

Prémio Tyler 2020: Defensores de políticas verdes ganham "Nobel do Meio Ambiente"

O Prémio Tyler 2020, também conhecido como o "Nobel do Meio Ambiente", foi atribuído à bióloga Gretchen Daily e ao economista ambiental Pavan Sukhdev, foi hoje anunciado. A bióloga especialista em conservação e o economista são …

Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado "não é realista", diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é …

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …

Reconhecimento facial vai ser testado no acesso a serviços públicos online

O Governo quer criar um sistema de reconhecimento facial para usar a chave móvel digital, ferramenta que já permite aceder a vários serviços online do Estado. O Governo está a planear criar um sistema de reconhecimento …

Sem voz no clube, Raul José pondera abandonar o Sporting

Sem voz na pasta das contratações e construção do plantel, Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting, pode estar de saída do clube. Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting CP, estará …