Netflix responde a senadores norte-americanos e avança com série

Na passada sexta-feira, a Netflix respondeu aos cinco senadores do Partido Republicano dos Estados Unidos da América que, numa carta, questionaram a decisão de adaptar a trilogia O Problema dos Três Corpos, a série literária de ficção-científica do escritor chinês Liu Cixin.

Numa carta direcionada à plataforma de streaming, os senadores republicanos, liderados por Marsha Blackburn, do Tennessee, mostraram-se preocupados com alguns comentários depreciativos feitos pelo escritor Liu Cixin em relação aos muçulmanos uigures.

“Temos preocupações significativas com a decisão da Netflix de se associar a alguém que está a repetir propaganda perigosa do PCC [Partido Comunista Chinês]”, escreveram os senadores na carta. “Diante de tais atrocidades [em Xinjiang], não existem mais decisões corporativas de complacência, apenas cumplicidade“, terminaram.

Em entrevista ao The New Yorker, há mais de um ano, Liu deu a sua opinião quanto os campos de concentração em Xinjiang: “Prefeririam que eles estivessem a cortar corpos em estações de comboios ou escolas em ataques terroristas? Pelo menos assim o governo está a ajudar a sua economia e a tentar retirá-los da pobreza.”

Liu acabou por, na mesma entrevista, defender o sistema que o governo chinês adotou, acreditando que seria um “inferno” caso a China se transformasse numa democracia. Os senadores ainda exigiram à Netflix explicações sobre a maneira como pensam adaptar a trilogia escrita por Liu Cixin.

A resposta firme da Netflix

Após a carta dos senadores estadounidenses, a plataforma de streaming decidiu responder de maneira firme e direta, reforçando que, apesar de Liu ser o escritor de O Problema dos Três Corpos, não será o criador da série desenvolvida pela Netflix.

Os comentários do Sr. Liu não refletem as opiniões da Netflix ou dos criadores da série, nem fazem parte do enredo ou dos temas da série”, reforçou o vice-presidente de políticas públicas da Netflix, Dean Garfield, em resposta à carta dos senadores.

A plataforma ainda fez questão de realçar o facto de não partilharem e de não se identificarem com os comentários que Liu deu há um ano. “A Netflix julga projetos individuais perante o seu mérito. Liu é o autor do livro – O Problema dos Três Corpos – e não o criador desta série. Não concordamos com os seus comentários, que não têm qualquer relação com o seu livro ou com esta série da Netflix”, respondeu Garfield.

A PBS, tal como outras plataformas, partilhou um relatório sobre aquilo que se está a passar na China em relação os muçulmanos uigures.

De acordo com a sua publicação, existem, pelo menos, nove milhões de uigures em campos de concentração, onde são espancados, humilhados, forçados a quebrar os seus costumes culturais e expostos ao trabalho escravo. Soldados chineses nos campos de concentração foram também acusados de violar coletivamente as mulheres uigures.

PARTILHAR

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …