Netflix em “negociações” com casal Obama para produzir série

Pete Souza / White House

Barack Obama está em “negociações avançadas com o Netflix” para produzir uma série de programas no serviço de streaming, conforme anuncia o jornal The New York Times.

De acordo com a publicação, a Netflix estará a preparar um acordo em que paga a Obama e à mulher, Michelle, por “conteúdos exclusivos” para serem divulgados na plataforma que tem mais de 100 milhões de subscritores em todo o mundo.

Os “laços estreitos” que o ex-Presidente dos EUA mantém com o director de conteúdos do Netflix, Ted Sarandos, casado com a ex-Embaixadora de Obama nas Bahamas, Nicole A. Avant, podem ajudar a concretizar o acordo, salienta o The New York Times.

Obama não deverá usar os seus programas no Netflix para “responder directamente” a Donald Trump, nem a críticas dos conservadores, de acordo com fontes próximas das negociações citadas pelo jornal. O objectivo do ex-Presidente norte-americano será “produzir programas que destaquem histórias inspiradoras“.

Nesta futura série, Obama poderá moderar debates sobre os temas que lhe foram mais caros, durante a Presidência dos EUA, como os cuidados de saúde, os direitos de voto, a imigração e as alterações climáticas. Temas que continuam na ordem do dia e onde as opiniões de Obama chocam com as de Trump.

O The New York Times refere que Obama encara esta oportunidade como uma porta para manter “um método de comunicação sem filtros com o público”. Poderá, assim, exercer uma espécie de contra-informação, numa altura em que critica a abordagem feita por alguns órgãos de informação.

Recentemente, Obama manifestou-se preocupado com o que define como “a manipulação de notícias por medias conservadores“.

“Quando se vê a Fox News, vive-se num planeta diferente do que aquele onde se está quando se ouve a NPR”, disse o ex-chefe de Estado, durante uma entrevista a David Letterman em Janeiro passado, no âmbito de um programa no Netflix.

Por sua vez, na série da Netflix, a ex-primeira-dama Michelle Obama poderá abordar temas da área da nutrição, reforçando a mensagem de alimentação saudável que já tinha promovido quando estava na Casa Branca.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE