Ferramentas sugerem que os neandertais viveram numa ilha dinamarquesa há 120.000 anos

Antigas ferramentas enterradas nas encostas de uma ilha dinamarquesa deram aos arqueólogos uma pista valiosa: os neandertais podem ter lá vivido há 120.000 anos.

Uma equipa de arqueólogos de dois museus dinamarqueses, o Museu Nacional e o Museu Roskilde, encontrou restos de ferramentas que terão sido confecionadas por neandertais na ilha dinamarquesa de Ejby Klint. As pedras de sílex e as cascas de mexilhões terão sido raspadas para se tornarem lâminas afiadas, avança o Daily Mail.

A descoberta destes artefactos pode apontar para a presença do Homem nesta região muito antes do que se imaginava. Lasse Sorensen, do Museu Nacional da Dinamarca, acrescentou que pode reescrever a história do país, se se confirmar que as pedras foram mesmo trabalhadas por neandertais.

O investigador realçou que uma das implicações desta descoberta é que os neandertais teriam chegado ao país 80.000 anos antes do Homo sapiens chegar à Europa.

“Pensei que não encontraríamos nada, mas, na verdade, encontramos algumas pedras com possíveis vestígios de terem sido trabalhadas humanamente, e isso é incrível”, comentou. A ilha fica a 48 quilómetros da costa do continente, o que indica que os hominídeos teriam que ter navegado para chegar ao local.

Os artefactos serão agora estudados através de análises profundas. O solo ao redor do local da descoberta será também analisado, para que seja possível confirmar esta hipótese.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …