Navalny. Estados Unidos anunciam sanções contra responsáveis e empresas russos

Os relatórios de investigações revelam “com grande confiança” que Navalny foi envenenado por agentes dos serviços de informação russos, pelo que os Estados Unidos vão impor sanções contra o país.

Esta terça-feira, os Estados Unidos anunciaram sanções contra a Rússia pelo envenenamento e prisão do líder da oposição russa Alexei Navalny, que incluem proibições de vistos e restrições económicas.

A Casa Branca alega que os relatórios de investigações independentes revelam “com grande confiança” que Navalny foi envenenado por agentes dos serviços de informação russos com o agente químico Novichok.

Para já, ainda não são conhecidas as identidades dos funcionários russos que serão alvos diretos das sanções dos Estados Unidos, mas as autoridades norte-americanas indicaram que 14 empresas serão também alvo de medidas punitivas, por estarem envolvidas na produção de agentes químicos e biológicos.

As sanções anunciadas constituem o primeiro de vários passos do Governo do Presidente Joe Biden para “responder a uma série de ações desestabilizadoras” por parte do Kremlin, explicou um funcionário do Governo dos Estados Unidos.

Biden tinha prometido confrontar o Presidente russo, Vladimir Putin, pelos alegados ataques a Navalny e a outras figuras da oposição ao regime do Kremlin, tendo coordenado estas sanções com a União Europeia, que também já impôs sanções à Rússia por este mesmo caso.

Além das sanções por causa do envenenamento de Navalny e da sua prisão, os Estados Unidos anunciaram que tencionam ainda responder à invasão dos sistemas informáticos por parte de agências governamentais e empresas privadas russas, que expôs informações sensíveis a espiões de elite do Kremlin.

Alexei Navalny, de 44 anos, foi envenenado pelo agente químico Novichok, em agosto de 2020, tendo recuperado num hospital na Alemanha, antes de regressar a Moscovo, onde foi detido, julgado e condenado por não ter respeitado a liberdade condicional a que estava sujeito.

A sua prisão gerou protestos nas ruas de várias cidades russas, obrigando as forças de segurança a deter milhares de manifestantes.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O Budismo é a religião da paz. E não foi por acaso que conseguiu esta reputação

No ocidente, muitas pessoas associam o budismo à paz. No entanto, os budistas têm vindo a envolver-se em conflitos violentos desde o surgimento da religião. Num artigo assinado no The Conversation, Nick Swann, professor de Estudos …

Nikolai Glushkov. Exilado crítico de Putin morto em 2018 em Londres foi estrangulado

O exilado russo e crítico de Putin, Nikolai Glushkov, que foi encontrado morto e, 2018 na sua própria casa em Londres, no Reino Unido, foi estrangulado. O empresário Nikolai Glushkov, que criticava o presidente russo Vladimir …

Ivo Rosa levanta arresto a casa da rua Braamcamp e apartamento de Paris (e já há uma petição para o afastar)

O apartamento da rua Braamcamp, em Lisboa, onde residia o ex-primeiro-ministro José Sócrates, o Monte das Margaridas e a casa em Paris de Carlos Santos Silva deixaram de estar arrestadas na Operação Marquês por decisão …

O novo castelo da Disney em Hong Kong é uma celebração da diversidade

O novo castelo da Disney, no parque temático de Hong Kong, quer celebrar a diversidade, homenageando não apenas uma das suas princesas, mas várias. Walt Disney morreu há 55 anos e, desde então, muita coisa mudou. …

Vacinas (ainda) não são o princípio do fim. Sociólogo prevê que demorará anos a limpar “destroços” da covid-19

O médico e sociólogo norte-americano Nicholas Christakis defende, em entrevista à agência Lusa, que as vacinas não são ainda o princípio do fim da pandemia, considerando que demorará anos a limpar “os destroços” da covid-19. “Somos …

Jornalista grego especializado em crime assassinado a tiro. Primeiro-ministro pede rapidez na investigação

Um jornalista grego especializado em assuntos criminais foi esta sexta-feira morto por desconhecidos em frente da sua casa em Alimos, nos subúrbios de Atenas, anunciou fonte policial. Giorgos Karaïvaz, jornalista da televisão privada grega Star, foi …

Após 5 meses, alguns Boeing 737 MAX terão de voltar a ficar em terra. Há um "possível problema elétrico"

Cinco meses após voltar a voar após dois acidentes fatais, a Boeing voltou a pedir aos seus clientes que imobilizassem algumas das suas aeronaves para corrigir um "possível problema elétrico". De acordo com a AFP, esta …

25 de Abril marca revolução na linha do Minho. CP vai pôr a circular comboios eléctricos

Os comboios eléctricos vão começar a circular na linha do Minho, nos serviços inter-regional e regional, no próximo dia 25 de Abril. Além disso, o comboio Intercidades também vai chegar a Valença. Estas novidades constituem uma …

Em homenagem ao príncipe Filipe, salvas de canhão ouviram-se em todo o Reino Unido (e Buckingham encheu-se de flores)

Salvas de tiros de canhão foram disparadas este sábado ao meio-dia em todo o Reino Unido em homenagem ao príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II, que morreu na sexta-feira aos 99 anos. A partir da …

Fátima avança com 13 de Maio com peregrinos (se situação pandémica se mantiver estável)

Ao contrário do ano passado, as celebrações do 13 de Maio deste ano, em Fátima, deverão ocorrer com a presença de peregrinos caso a situação pandémica se mantenha estável.  O Santuário de Fátima prevê que as …