NASA vai criar “o lugar mais frio do Universo” na EEI

Jet Propulsion Laboratory / NASA

Conceito artístico do chip atómico que o Laboratório de Átomos Frios da NASA vai usar na Estação Espacial Internacional

Conceito artístico do chip atómico que o Laboratório de Átomos Frios da NASA vai usar na Estação Espacial Internacional

Neste verão, a NASA vai enviar à Estação Espacial Internacional (EEI) um laboratório especial onde será criado “o lugar mais frio do universo”, para estudar o comportamento dos átomos e da gravidade em tais condições, informa o Laboratório de Propulsão a Jato da NASA.

“As experiências com tais átomos podem mudar a nossa ideia sobre o que é a matéria e vão ajudar a entender a natureza fundamental da gravidade”, disse Robert Thompson, responsável pelo projeto CAL – Laboratório de Átomos Frios.

“Além disso, o CAL vai permitir uma aproximação da compreensão do que é a energia escura, uma das substâncias mais misteriosas do Universo”, acrescentou Thompson.

O condensado de Bose-Einstein é um estado incomum de agregação da matéria, semelhante ao gás e ao líquido, que se comporta como um único átomo e tem típicas propriedades “nucleares”.

Isto, diz o cientista, permite manipular facilmente as propriedades desses “átomos” artificiais e usá-los como qubits, células de computadores quânticos e protótipos de estruturas supercondutoras.

Há muito tempo que os físicos questionam como é que os “átomos” coletivos se comportam no espaço. No entanto, a verificação das ideias foi dificultada porque a instalação capaz de arrefecer os átomos de metais alcalinos para convertê-los no condensado de Bose-Einstein ocupa vários edifícios.

Recentemente, engenheiros alemães criaram uma versão em miniatura deste sistema, que enviaram para o espaço, criando o primeiro condensado “espacial” de Bose-Einstein.

NASA

A EEI – Estação Espacial Internacional

A EEI – Estação Espacial Internacional

Os cientistas norte-americanos vão agora realizar uma experiência mais prolongada e de maior escala com o condensado de Bose-Einstein a bordo da EEI, enviando para o espaço o dispositivo CAL, uma espécie de geleira do tamanho de uma mala.

No seu interior será mantida a temperatura de apenas um bilionésimo de grau Kelvin acima do zero absoluto. Tal indicador é cerca de 100 milhões de vezes inferior à temperatura típica do espaço – isso fará do interior do CAL o lugar mais frio do Universo.

A ausência de gravidade a bordo da EEI, de acordo com os cientistas, irá prolongar a vida útil do condensado, permitindo que os físicos estudem as suas propriedades durante mais tempo e utilizem tais “átomos coletivos” para várias experiências.

Thompson espera que, no espaço, o condensado de Bose-Einstein viva entre 5 a 10 segundos. No futuro, quando as novas versões do CAL forem enviadas para a EEI, este número poderá aumentar em centenas de vezes.

Além da ciência fundamental, tais experiências, diz a NASA, ajudarão a criar relógios atómicos mais precisos, permitindo também o desenvolvimento de computadores quânticos e sensores ultrassensíveis.

ZAP ZAP // Sputnik News

PARTILHAR

RESPONDER

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …

O Budismo é a religião da paz. E não foi por acaso que conseguiu esta reputação

No ocidente, muitas pessoas associam o budismo à paz. No entanto, os budistas têm vindo a envolver-se em conflitos violentos desde o surgimento da religião. Num artigo assinado no The Conversation, Nick Swann, professor de Estudos …