NASA descobre mar subterrâneo congelado em Marte

Os equipamentos da sonda MRO estão a ajudar os cientistas a medir o volume das reservas de água gelada em Marte, encontradas no subsolo de uma das planícies do planeta.

A massa total das reservas pode ser comparada com o volume de água nos Grandes Lagos, o maior reservatório de água doce no mundo, destacam os especialistas, no artigo publicado na revista Geophysical Research Letters.

“É provável que a água nessas reservas seja mais acessível para nós do que outros sedimentos de gelo em Marte, porque está a latitudes relativamente baixas e no subsolo de uma planície plana, onde é mais fácil aterrar uma nave espacial do que em outras regiões”, disse Jack Holt, investigador da Universidade do Texas, em Austin, EUA.

Nos últimos anos, os cientistas descobriram várias provas de que na superfície de Marte, em tempos antigos, havia rios, lagos e oceanos inteiros – que continham quase a mesma quantidade de água que o oceano Ártico.

Por outro lado, alguns especialistas acreditam que Marte poderá ter sido sempre demasiado gelado para a existência permanente de oceanos, e a água podia estar em estado líquido só durante erupções vulcânicas.

As observações recentes de Marte com ajuda de telescópios terrestres mostraram que nos últimos 3,7 mil milhões de anos, o Planeta Vermelho perdeu água que seria suficiente para cobrir toda a sua superfície com um oceano de 140 metros de profundidade – agora, os cientistas tentam descobrir para onde foi essa água.

Jack Holt e os seus colegas descobriram um possível indício dessa água “desaparecida” ao estudarem a estrutura incomum da planície de Utopia, com os instrumentos da sonda MRO, que está a recolher dados de Marte desde 2005.

Vários “buracos” incomuns, fendas e estruturas parecidas com um solo rachado, fizeram os cientistas suspeitar que reservas significativas de água podiam estar escondidas debaixo da planície.

Os especialistas verificaram a ideia com o radar SHARAD a bordo do MRO, que permite “ver” através do solo a centenas de metros de profundidade e determinar a sua composição química e estrutura.

A intuição dos cientistas não os enganou — debaixo da planície Utopia esconde-se um mar inteiro de água, que tem um tamanho aproximadamente igual ao do Mar Cáspio ou do maior país europeu.

Este mar “secreto” tem cerca de 80-170 metros de espessura, e é constituído por 85% de água, e 15% de pó ou pedras grandes.

A água, de acordo com os investigadores, conseguiu “sobreviver” em Marte – um planeta atualmente muito seco – e não se evaporar graças a uma camada de 10 metros de pó e de solo que a protege da atmosfera.

Os cientistas sugerem que este oceano gelado se formou nos tempos antigos, quando o eixo de Marte estava inclinado no sentido contrário e a planície Utopia ficava mais perto dos polos do Planeta.

Para além dos objetivos óbvios de colonizar Marte, estas reservas de gelo podem ajudar a revelar os segredos do clima de Marte no passado, concluem os especialistas.

ZAP / Sputnik News

PARTILHAR

RESPONDER

"Tão lentamente quanto humanamente possível". Site simula como era usar a Internet nos anos 90

Se é jovem e gostaria de experimentar as velocidades lentas da Internet dos anos 90, está com sorte. Um novo site simula a experiência dolorosa à qual já não estamos habituados com as redes atuais. Nos …

Novembro vai ser “muito duro e muito exigente” (e fechar escolas seria uma "grande falta de respeito")

O primeiro-ministro, António Costa, avisou hoje que “convém não criar falsas expectativas”, porque novembro vai ser “muito duro e muito exigente”, sendo maior a probabilidade de, daqui a 15 dias, acrescentar mais concelhos à lista …

O Torsus Praetorian é o autocarro mais radical de sempre (e não permite faltas à escola)

Cheias, árvores caídas ou tempestades. Há muitas razões para faltar à escola ou, neste caso, haviam. É que a Torsus lançou um novo autocarro capaz de enfrentar todos os obstáculos e transportar as crianças até …

Spot, o cão-robô, visitou Chernobyl (e analisou os seus níveis de radiação)

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Bristol visitou a Central Nuclear de Chernobyl na semana passada para testar Spot, um robô de quatro patas feito pela empresa norte-americana Boston Dynamics. O Spot é o robô …

Sangue de porco é mais proteico do que qualquer proteína do mercado (e pode ser consumido em smoothies)

Uma equipa de investigadores do departamento de ciência alimentar da Universidade de Copenhaga desenvolveu um método para extrair proteínas do sangue de porco. O resultado é um pó fino, branco, com sabor neutro e com …

Costa anuncia cinco medidas restritivas para 121 concelhos "de elevado risco" e reforços da capacidade de resposta

Após um Conselho de Ministros extraordinário que durou mais de 8 horas, o primeiro-ministro anunciou este sábado novas "medidas imediatas" de combate à pandemia de covid-19. Concelhos "de elevado risco" estão sujeitos a medidas restritivas, …

Escola na China transformou-se num "edifício andante" para evitar a demolição

Os residentes da cidade chinesa de Xangai que, no início deste mês, passaram pelo distrito de Huangpu podem ter encontrado uma visão incomum: um "edifício andante". De acordo com a cadeia de televisão CNN, uma escola primária …

Joke Boon, a chef holandesa que não tem olfato nem paladar

Joke Boon perdeu o paladar e o olfato quando ainda era criança, mas isso não a impediu de viver da culinária, área na qual estes requisitos são, à partida, essenciais.  "Como seria a minha vida se …

Portugal com mais 39 mortos, mais 4007 casos e recorde de internamentos graves

Portugal registou hoje 39 mortos e mais 4.007 casos de novas infeções pelo novo coronavírus, tendo alcançado um novo recorde de 286 doentes internados nos cuidados intensivos por covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Registou-se este …

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …