Cientistas recomendam que não mate aranhas dentro de casa

Da próxima vez que encontrar uma aranha dentro de casa, talvez seja melhor pensar duas vezes antes de a matar. A recomendação parte de um entomologista norte-americano.

A esmagadora maioria das aranhas são seres inofensivos, que até preferiam evitar dar de caras com um humano. Mesmo assim, ao ver um destes aracnídeos dentro de casa, o ser humano tem tendência para matar o aracnídeo. Mas o entomologista Matthew Bertone recomenda que não as mate, uma vez que elas até podem ser bastante úteis para nós.

Primeiramente, porque tal como nós, são organismos com direito à vida. Caso os mais narcisistas não fiquem convencidos com este argumento, as aranhas são também uma peça vital do ecossistema da nossa casa. Os aracnídeos são excelentes para controlar pestes, já que comem outro tipo de insetos — até mesmo outras aranhas, explica a Associated Press.

Em último caso, Matthew Bertone recomenda que tente capturar a aranha e a liberte no exterior, pelo que, assim, ambos ficam a ganhar. Ainda assim, o cientista relembra que, mesmo quando não as vemos, elas muito provavelmente estão lá.

Num estudo, realizado por cientistas norte-americanos em habitações da Carolina do Norte e publicado em 2016 na revista PeerJ, os investigadores observaram que todas as 50 casas tinham aranhas debaixo dos seus telhados.

As aranhas são predadores generalistas, comendo vários tipos de insetos. No entanto, regularmente comem pragas incómodas e insetos portadores de doenças, como por exemplo mosquitos. Por isso, matar uma aranha elimina um importante elemento de equilíbrio dentro dos lares.

Além disso, não há razão para temer as aranhas, já que muitas, embora tenham veneno, este é demasiado fraco para fazer mazela em humanos. Aliás, mordidas de aranhas são bastante mais raras do que pensamos.

A aracnologista neozelandesa Fiona Cross, investigadora da Universidade da Florida, nos EUA, explica no seu site oficial que quando era pequena, antes de se tornar obcecada com estas criaturas, costumava ter fobia de aranhas.

“Eu sou um excelente exemplo de alguém que consegue superar o medo de aranhas e tornar-se fascinado por elas”, diz a cientista, agora conhecida como… Doutora Aranha.

ZAP //

PARTILHAR

36 COMENTÁRIOS

  1. Já há muitos anos que sigo este conselho. Se for dentro de casa eu coloco-as fora. Se for no anexo ou garagem deixo-as lá. Faço isso também com as centopeias, que são predadores como as aranhas. É preferível ter meia dúzia de aranhas e centopeias do que umas dezenas de bichinhos a passear em casa escondidos.

    • A picada não mata e não existem em Portugal. Senão metia num frasquinho e punha longe de casa.

      Curiosamente gostam de cheiro e Gasolina e os fabricantes japoneses da Mazda descobriram que muitas nidificaram nos interiores dos carros e tiveram de pedir para recolher bastantes carros já vendidos. Eu tive um Mazda 6 durante algum tempo… Não vei foi com brinde.

    • Nem a infestação do piolho violeta em Alguidares de Baixo. Mas também não se pode conhecer tudo o que se passa em cada canto do mundo. Isto é refere-se à maioria dos casos no mundo em geral, e em particular na região de onde o cientista é: Carolina do Norte, EUA.

      • Existe sim senhor, é a aranha reclusa-mediterrânica (Loxosceles rufescens), não existe é a aranha armadeira mas que pode vir nas bananas e a picada potencialmente mortal.

  2. Passei muito tempo admirando aranhas e acreditando que no ciclo de vida elas fazem o bem! Do ano passado para ca ja gabhei umas dez picadas que deixam o local vermelho e dolorido depois de 3 dias cocando insuportavelmente. O pior é que a gente nem ve quem picou, so percebe q fou picado depois de horas. Binguem merece ser picado por arabha.Apenas uma vez, sentada no sofá da sala, o tempo estava nudado para chuva, escrevendo uma dissertacao sebti algo caninhando em meu tornozelo. Olhei e vi uma armadeira cinza brilhante, levei a para o jardim e doze horas depous minha perna ficou roxeada e dolorida. Aranha nao apebas come inseto, silenciosamente nos ataca

  3. Fui mordido em Lisboa por uma aranha marron que vem nas caixas de fruta da América do Sul. A aranha é venenosa e pode provocar a morte em crianças ou adultos com o sistema imunitário debilitado, a mim provocou-me necrose dos tecidos à volta da mordedura. Quando fui às urgências do hospital, os médicos só diziam, nunca vi nada parecido e obrigaram-me a ir todos os dias à enfermagem raspar os tecidos mortos da perna e fazer o penso durante 15 dias. Já passaram uns anos e a marca ficou.

  4. Tenho fobia de aranhas não as suporto. Quanto mais eu mato mais aparece. Tenho medo e se aparecerem em minha casa eu as mato. Onde moro tem armadeiras que entram em casa e estão prontas para pularem. Tenho crianças. Já vi mordidas delas e não quero isso para minha família. Desculpem os cientistas e adoradores desses bichinhos.

  5. Também já fui picada sem perceber e no outro dia já estava com o local todo roxo e doído onde tive que procurar um médico para tomar antibiótico .

  6. Tenho uma amiga que foi picada na testa por uma aranha há cerca de 2 meses (em casa no Algarve) e ficou com um sinal de 2cm que mostra uma mancha vermelha e parece que a carne por baixo foi removida, uma vez que faz uma “cova”.

  7. Este cientista talvez seja também mais um que acredita que os milhões de armas que os americanos têm em seu poder servem apenas para se defenderem.

    • Hahahaaa!…
      Exacto, tal como esses americanos pro-“loucos com armas”, este cientista “anti-extermínio das aranhas”, quer é ajudar a diminuir a população… e, se calhar, até não é má ideia!….

  8. Reforço o pedido de José Pereira. Entomologista é a designação de um especialista em insetos. Aracnologista é o especialista em aranhas (aracnídeos).

    • Caro António Nogueira,
      Obrigado pelo seu reparo. Tem razão.
      No entanto, o cientista citado (Matthew Bertone) apresenta-se como entomologista.
      Presumivelmente não há nada que impeça que um entomologista seja também perito em aranhas.
      Já a Doutora Aranha, Fiona Cross, segundo pudemos apurar é considerada aracnologista – razão pela qual alterámos a forma como a ela nos referimos no texto.

  9. Este homem não sabe o que fala, quero ver ele ser picado por uma aranha marrom e ver o estrago que ela faz, sei bem como é!

  10. Ninguém é obrigado a conhecer as centenas de tipos de aranhas. Existem dezenas que causam morte, coma, necrose, entre outros problemas graves. Logo, se apresentar ameaça, escolha sua vida, nao a dela.

    • Se apresentar ameaça, capture e jogue longe de casa. De certeza que já não vai ter de escolher entre a vida dela e a sua. Deixe-se de dramas…

      • Sim, claro. Porque a vida de uma aranha e a de um humano é tudo igual.

        Há alguma doença mental a espalhar-se pelo planeta? Ficou tudo doido de repente?

  11. A única aranha que eu jamais teria coragem de matar é a aranha “papa mosca”. É parceira demais e totalmente inofensiva.

  12. Capturar? Negativo, Capturar é uma ameaça, eu mato mesmo, e aconselho fazerem o mesmo caso encontradas no interior de residencias, principalmente em teias. Tentar capturar pode resultar em uma picada que pode trazer complicações desnecessárias. As unicas aranhas que pode se deixar de boa são as SALTICIDAE, ou as saltadeiras, que não fazem teias, caçam de forma ativa. Matar uma armadeira dentro de casa ou uma aranha marrom não vai impactar no mundo não, tenho certeza absoluta. Drama é ter que sair correndo pro hospital com a pele necrosando.

  13. Cientista peba que é este..querendo trocar a largaticha por aranha.. as largaticha e que limpa a casa de insetos..até aranha as largaticha come..

RESPONDER

Aumento da temperatura pode vir a matar 1,5 milhões de indianos por ano

Se as emissões globais de gases de efeito de estufa não forem interrompidas, cerca de 1,5 milhões de indianos podem vir a morrer anualmente até 2100 devido ao aumento das temperaturas. Os números contam de …

O vencedor do Tour de France, Egan Bernal, pode ter beneficiado de uma vantagem genética

O ponto de viragem da Tour de France deste verão ocorreu no alto de uma montanha nos Alpes franceses. Foi o resultado de anos de treinamento e, de acordo com um estudo divulgado na segunda-feira, …

Mina Chang utilizou uma capa falsa da Time no CV e conseguiu chegar ao Governo de Trump

Mina Chang, vice-secretária adjunta do Gabinete de Operações de Conflitos e Estabilização do Departamento de Estado dos Estados Unidos, mentiu no seu currículo para conseguir alcançar um lugar no Governo de Donald Trump. De acordo com …

Jovem norueguesa controla 450 perfis no Instagram para tentar evitar suicídios

Uma norueguesa de 22 controla 450 perfis privados no Instagram para tentar evitar suicídios, conta a emissora britânica BBC, revelando ainda que a jovem recebeu já o apelido de "salva-vidas" devido ao trabalho que leva …

Espanha vai tentar exumar 31 corpos que se encontram no Vale dos Caídos

As autoridades espanholas vão tentar exumar 31 dos milhares de corpos de pessoas enterradas no Vale dos Caídos, um grande mausoléu onde esteve enterrado o ditador Francisco Franco até ao mês passado. Segundo a agência Associated …

Holanda reduz velocidade máxima nas autoestradas em prol da qualidade do ar (e deixa o primeiro-ministro "muito infeliz")

O Governo holandês vai baixar os limites de velocidade nas autoestradas do país para travar as emissões de monóxido de nitrogénio, que contribui para a degradação da camada de ozono. O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, anunciou …

Facebook para iOS utiliza câmara do iPhone sem que o utilizador note

Há um erro na aplicação do Facebook para iOS - sistema operativo do iPhone - que liga a câmara do telemóvel sem que o utilizador se aperceba quando este faz scrool no feed de …

Tesla vai abrir a sua primeira fábrica na Europa

O construtor de carros elétricos Tesla vai abrir uma fábrica nos arredores de Berlim, anunciou o presidente executivo da empresa, Elon Musk, na terça-feira à noite ao receber um prémio na capital alemã. “Tenho uma informação …

Continental vai contratar 300 engenheiros para o Porto

A Continental vai instalar no Porto um centro de desenvolvimento de tecnologias que poderá empregar "cerca de 300 engenheiros" e apoiará o desenvolvimento de soluções para veículos elétricos, condução autónoma e cibersegurança, anunciou esta quarta-feira …

Comissão Europeia aprova comercialização da primeira vacina para o Ébola

A Comissão Europeia anunciou no início da semana que concedeu uma autorização para a comercialização da primeira vacina contra o Ébola, designada Ervebo e produzida pela farmacêutica Merck. A vacina estava a ser produzida desde o …