Não mantenha o telemóvel perto do corpo

A ciência ainda não conseguiu esclarecer a relação dos telemóveis com tumores e outros tipos de riscos para a saúde humana. Enquanto alguns estudos apontam que a relação existe, outros desmentem-na.

A única certeza é a de que os telemóveis modernos transmitem radiação, e talvez a prevenção seja a melhor solução para evitar qualquer perigo. Por isso, o CDPH, Departamento de Saúde Pública da Califórnia, nos EUA, emitiu esta semana um aviso contra os perigos da radiação de celulares.

O CDPH pede que as pessoas diminuam o uso desses dispositivos e sugere manter a maior distância possível dos telemóveis.

“Apesar de a ciência ainda estar em evolução, há uma preocupação entre alguns profissionais da saúde pública em relação à exposição a longo prazo e alto uso da energia emitida pelos telefones”, diz a Dra. Karen Smith, diretora do CDPH.

O CDPH iniciou um relatório em 2009 sobre o uso dos telemóveis e a sua relação com a saúde dos utilizadores, mas os resultados só começaram a ser divulgados agora, após ordem judicial, depois de Joel Moskowitz, professor da Universidade da Califórnia, ter iniciado um processo para que o departamento divulgasse os resultados depois de começar a examinar se o uso de telemóveis aumentou o risco de tumores.

Os fabricantes de telemóveis querem que você mantenha uma distância mínima do corpo e deve descobrir qual é essa distância”, disse Moskowitz logo após o lançamento do rascunho do estudo.

A Comissão Federal de Comunicação dos EUA exige que os fabricantes de telemóveis assegurem que todos os telefones atendam a “limites objetivos para uma exposição segura”, mas não define qual seria essa distância.

O relatório do CDPH recomenda “não manter o telefone no bolso, não colocá-lo no ouvido durante um período de tempo prolongado, manter um uso baixo se houver pouca bateria, não dormir perto do aparelho e estar ciente de que se você estiver num carro, autocarro ou comboio em movimento rápido, o telefone emitirá mais energia de radiofrequência para manter a ligação”.

Outras organizações americanas já alertaram sobre os perigos da exposição à radiação do telemóvel, incluindo o Departamento de Saúde Pública de Connecticut, que emitiu recomendações semelhantes em maio de 2015.

“A preponderância das pesquisas indica que a radiação do telemóvel representa um grande risco para a saúde”, afirma Moskowitz.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Nesse caso… fora com os telemóveis! Arranjem outra solução para as pessoas comunicarem ou instalem protecções anti-radiação, por exemplo, nas carcassas deles…

  2. E as milhentas torres carregadas de antenas esquisitas, que mais parecem painéis ou colunas de som, algumas até globalmente disfarçadas de árvores, não contam?
    Radiação para cá e para lá, só que em modelo imersão total, não conta?
    Quando se pensa nos imensos pruridos que a radiação das míseras antenas emissoras de televisão causaram nos anos 50 e o que se pratica agora, tá-se realmente num admirável chiqueiro novo.

RESPONDER

Afinal comer um ovo por dia é mau outra vez

Afinal, comer um ovo por dia não é assim tão bom para a saúde como estudos recentes sugeriam. O maior consumo de ovos e colesterol pode aumentar o risco de doenças cardíacas e de morte …

Na Colômbia, há um "arco-íris líquido" que é descrito como a 8ª maravilha do mundo

Escondido nos confins da Serra da Macarena, na Colômbia, está o rio Caño Cristales. De dezembro a maio, o curso de água é como outro qualquer, apesar de estar rodeado de um dos ecossistemas mais …

Com uma nova interface neural, a telepatia já é possível

Uma equipa internacional de cientistas deu um passo adiante no desenvolvimento de interfaces neuronais para propor uma interface que envolve a transferência de informação entre as pessoas diretamente. As interfaces cérebro-computador podem melhorar as habilidades individuais …

Bombeiros profissionais ameaçam deixar de prestar serviço voluntário nas corporações

Os bombeiros voluntários das associações humanitárias admitem deixar de prestar serviço voluntário nas corporações, caso a Liga dos Bombeiros Portugueses continue por concluir o acordo coletivo de trabalho, que está em negociação há mais de …

Baleia encontrada morta nas Filipinas com 40 quilos de plástico no estômago

Uma baleia foi encontrada morta na sexta-feira, na costa sudeste das Filipinas, com 40 quilos de plástico no estômago, informou a imprensa local. O cetáceo, uma baleia-bicuda-de-cuvier, apareceu na sexta-feira à beira-mar no município de Mabini, …

Macron convoca reforços após novos confrontos de coletes amarelos

A nova manifestação de "coletes amarelos", no sábado, registou distúrbios violentos na capital francesa. Como resposta, o presidente francês Emmanuel Macron convocou um reforço das forças de segurança. O dia de sábado marcou mais um protesto …

Pedidos de nacionalidade portuguesa aumentaram 50% em dois anos

Nos últimos dois anos, o número de pedidos de nacionalidade portuguesa aumentou cerca de 50%, avança o jornal Público esta segunda-feira. Se em 2016 foram 117.629 os cidadãos estrangeiros que pediram a nacionalidade portuguesa, em 2018 …

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …