Nagorno-Karabakh. Alta Comissária da ONU insta a um “cessar-fogo imediato”

Michelle Bachelet

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos manifestou, esta terça-feira, a sua preocupação face ao aumento das hostilidades entre o Azerbaijão e os separatistas arménios no enclave de Nagorno-Karabakh, instando as partes a declararem um “cessar-fogo imediato”.

Estou consternada com as informações sobre mortos e civis feridos, bem como sobre a destruição de bens e infraestruturas”, declarou a ex-Presidente chilena Michelle Bachelet, que foi designada Alta Comissária para os Direitos Humanos em 2018, em declarações citadas pelas agências internacionais.

Bachelet também apelou para que todas as partes “respeitem tanto a lei internacional dos Direitos Humanos como o Direito Internacional Humanitário e, em particular, a proteção da população civil e das pessoas não envolvidas no combate”.

Também o secretário de estado norte-americano, Mike Pompeo, apelou ao Azerbaijão e aos separatistas arménios em conflito no Nagorno-Karabakh para porem “fim à violência” e iniciarem negociações o mais rapidamente possível.

“As duas partes devem pôr fim à violência e trabalhar com o ‘Grupo de Minsk’ (…) no sentido de iniciarem negociações o mais rapidamente possível”, disse o chefe da diplomacia dos Estados Unidos, no segundo dia de uma visita oficial à Grécia.

A chanceler alemã, Angela Merkel, também pediu “um cessar-fogo imediato” na região e sublinhou que “é urgente um regresso à mesa de negociações” em duas conversas telefónicas separadas com os líderes do Azerbaijão e da Arménia.

Confrontos mantêm-se desde domingo

A Arménia afirmou, esta terça-feira, que a Turquia abateu um dos seus aviões militares. “Um avião SU-25 arménio foi abatido por um F-16 turco vindo do território do Azerbaijão”, afirmou a porta-voz do Ministério da Defesa da Arménia, Chuchan Stepanian, numa mensagem através do Facebook, especificando que o piloto arménio do aparelho “morreu como um herói”.

No entanto, a Turquia respondeu de imediato, negando ter abatido o avião. “A alegação de que a Turquia abateu um caça arménio é absolutamente falsa“, afirmou o diretor de comunicações da Presidência turca, Fahrettin Altun.

Desde domingo que as forças do enclave separatista, apoiado politicamente, economicamente e militarmente pela Arménia, um país de religião cristã ortodoxa, e as do Azerbaijão se confrontam nos combates mais sangrentos desde 2016. No centro das deterioradas relações entre Erevan e Baku encontra-se a região do Nagorno-Karabakh.

Integrada em 1921 no Azerbaijão pelas autoridades soviéticas, a região proclamou unilateralmente a independência em 1991, com o apoio da Arménia.

Na sequência da uma guerra que provocou 30 mil mortos e centenas de milhares de refugiados, foi assinado um cessar-fogo em 1994 e aceite uma mediação russo-norte-americana-francesa designada Grupo de Minsk. No entanto, as escaramuças armadas permaneceram frequentes.

Em julho deste ano, os dois países envolveram-se em confrontos a uma escala mais reduzida que provocaram cerca de 20 mortos.

Os combates recentes mais significativos remontam a abril de 2016, com um balanço de 110 mortos.

O regresso do conflito armado a esta região separatista arménia do Nagorno-Karabakh está a suscitar receios sobre uma guerra em larga escala entre a Arménia e o Azerbaijão no Cáucaso do sul, onde Ancara e Moscovo disputam zonas de influência.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo não se pronuncia sobre pedidos de demissão de Cabrita

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recusou pronunciar-se sobre os pedidos de demissão de Eduardo Cabrita. Marcelo Rebelo de Sousa entende que os pedidos de demissão de ministros são "típicos da luta político-partidária" e …

TAP vai pedir a insolvência da Groundforce

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, disse esta segunda-feira aos representantes dos trabalhadores que a TAP vai avançar com um pedido de insolvência da Groundforce. A TAP anunciou esta segunda-feira que vai avançar, ainda hoje, com …

Ida de Luís Filipe Vieira para o Benfica "foi um pedido de várias instituições financeiras"

Luís Filipe Vieira diz que os bancos quiseram, no início dos anos 2000, que fosse para o SL Benfica devido à sua situação financeira, pois estavam interessados na sua viabilização. Aos deputados, o presidente das …

Alemanha autoriza vacina da Johnson & Johnson a menores de 60 anos

A Alemanha recomenda a vacina da Johnson & Johnson (Janssen) contra o novo coronavírus a partir dos 60 anos, mas permitirá o seu uso em pessoas abaixo desta idade após consulta médica e decisão pessoal. O …

Livatino é o primeiro juiz a ser beatificado. Foi morto pela máfia italiana

A Igreja Católica beatificou este domingo o juiz italiano Rosario Livatino, assassinado em 1990 pela máfia em Agrigento, na Sicília, Itália. Rosario Livatino, que hoje teria 69 anos, foi assassinado em 21 de setembro de 1990 …

Castelo do Drácula oferece vacinas contra a covid-19 aos visitantes

O castelo do Drácula, na Roménia, está a oferecer vacinas contra a covid-19 a todos os que o visitem. Nas ilhas Baleares, os turistas vão poder contar com um seguro de repatriamento. Segundo conta a BBC, …

Trabalho ilegal. Bloco propõe alteração à lei para criminalizar "toda a cadeia"

Catarina Martins anunciou, esta segunda-feira, que o Bloco de Esquerda quer alterar a lei de 2016 para garantir uma melhor fiscalização e condenação dos responsáveis pela exploração de trabalhadores em Portugal. Em Odemira, a coordenadora do …

Laos regista primeira morte por covid-19 desde o início da pandemia

Uma mulher de 53 anos - que tinha diabetes e outros problemas de saúde - foi a primeira vítima mortal por covid-19 em Laos, em mais de um ano de pandemia. Segundo noticiou a agência …

Arábia Saudita vai impor vacinação aos funcionários que queiram voltar ao local de trabalho

A Arábia Saudita quer alcançar a imunidade de grupo o quanto antes. Para aumentar os esforços de vacinação, foram abertos mais de 580 locais de vacinação no país. Além disso, os residentes já podem reservar …

Elon Musk revela que tem síndrome de Asperger

O empresário Elon Musk, de 49 anos, revelou este fim de semana, no Saturday Night Live (SNL), que tem síndrome de Asperger. Musk foi convidado para apresentar o Saturday Night Live - um papel cobiçado que …