Nagorno-Karabakh. Alta Comissária da ONU insta a um “cessar-fogo imediato”

Michelle Bachelet

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos manifestou, esta terça-feira, a sua preocupação face ao aumento das hostilidades entre o Azerbaijão e os separatistas arménios no enclave de Nagorno-Karabakh, instando as partes a declararem um “cessar-fogo imediato”.

Estou consternada com as informações sobre mortos e civis feridos, bem como sobre a destruição de bens e infraestruturas”, declarou a ex-Presidente chilena Michelle Bachelet, que foi designada Alta Comissária para os Direitos Humanos em 2018, em declarações citadas pelas agências internacionais.

Bachelet também apelou para que todas as partes “respeitem tanto a lei internacional dos Direitos Humanos como o Direito Internacional Humanitário e, em particular, a proteção da população civil e das pessoas não envolvidas no combate”.

Também o secretário de estado norte-americano, Mike Pompeo, apelou ao Azerbaijão e aos separatistas arménios em conflito no Nagorno-Karabakh para porem “fim à violência” e iniciarem negociações o mais rapidamente possível.

“As duas partes devem pôr fim à violência e trabalhar com o ‘Grupo de Minsk’ (…) no sentido de iniciarem negociações o mais rapidamente possível”, disse o chefe da diplomacia dos Estados Unidos, no segundo dia de uma visita oficial à Grécia.

A chanceler alemã, Angela Merkel, também pediu “um cessar-fogo imediato” na região e sublinhou que “é urgente um regresso à mesa de negociações” em duas conversas telefónicas separadas com os líderes do Azerbaijão e da Arménia.

Confrontos mantêm-se desde domingo

A Arménia afirmou, esta terça-feira, que a Turquia abateu um dos seus aviões militares. “Um avião SU-25 arménio foi abatido por um F-16 turco vindo do território do Azerbaijão”, afirmou a porta-voz do Ministério da Defesa da Arménia, Chuchan Stepanian, numa mensagem através do Facebook, especificando que o piloto arménio do aparelho “morreu como um herói”.

No entanto, a Turquia respondeu de imediato, negando ter abatido o avião. “A alegação de que a Turquia abateu um caça arménio é absolutamente falsa“, afirmou o diretor de comunicações da Presidência turca, Fahrettin Altun.

Desde domingo que as forças do enclave separatista, apoiado politicamente, economicamente e militarmente pela Arménia, um país de religião cristã ortodoxa, e as do Azerbaijão se confrontam nos combates mais sangrentos desde 2016. No centro das deterioradas relações entre Erevan e Baku encontra-se a região do Nagorno-Karabakh.

Integrada em 1921 no Azerbaijão pelas autoridades soviéticas, a região proclamou unilateralmente a independência em 1991, com o apoio da Arménia.

Na sequência da uma guerra que provocou 30 mil mortos e centenas de milhares de refugiados, foi assinado um cessar-fogo em 1994 e aceite uma mediação russo-norte-americana-francesa designada Grupo de Minsk. No entanto, as escaramuças armadas permaneceram frequentes.

Em julho deste ano, os dois países envolveram-se em confrontos a uma escala mais reduzida que provocaram cerca de 20 mortos.

Os combates recentes mais significativos remontam a abril de 2016, com um balanço de 110 mortos.

O regresso do conflito armado a esta região separatista arménia do Nagorno-Karabakh está a suscitar receios sobre uma guerra em larga escala entre a Arménia e o Azerbaijão no Cáucaso do sul, onde Ancara e Moscovo disputam zonas de influência.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal "não está livre de uma quarta vaga" de contágios quando desconfinar

Na quarta-feira, Graça Freitas admitiu que Portugal pode voltar a enfrentar uma nova vaga da pandemia de covid-19 nos próximos meses. O epidemiologista Manuel Carmo Gomes repete o alerta da diretora-geral da Saúde. Portugal pode enfrentar …

PCP propõe estender moratórias por seis meses. BE quer ouvir Centeno

O PCP quer estender as moratórias bancárias, que vão terminar dentro de algumas semanas, por seis meses. O Bloco de Esquerda entregou um requerimento, com carácter de urgência, para ouvir o Governador do Banco de …

Plano de desconfinamento tem várias velocidades, mas não tem datas

O primeiro esboço do plano de desconfinamento já chegou a São Bento e será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A equipa de peritos - liderada por Óscar Felgueiras, da ARS/Norte, e …

Átomo extinto revela segredos da infância do Sistema Solar

Usando o átomo extinto nióbio-92, uma equipa de investigadores da ETH Zurich, na Suíça, conseguiu explicar eventos do início do sistema solar com a maior precisão de sempre. Se um átomo de um elemento químico tiver um …

Marcelo cria nova equipa em Belém para controlar "bazuca" europeia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, criou uma equipa para manter uma vigilância apertada sobre a gestão do dinheiro que chega da "bazuca" europeia. Marcelo Rebelo de Sousa criou uma nova equipa para a …

Espanha vai proibir viagens durante a Páscoa. França, Hungria e Brasil com novas restrições

Espanha prepara-se para aprovar um plano de desconfinamento para as próximas semanas, particularmente para a Páscoa, que prevê a proibição de viajar entre as suas comunidades autónomas e recolher obrigatório entre as 22h00 e as …

FBI detém funcionário de Donald Trump pela invasão ao Capitólio

O Departamento Federal de Investigação (FBI) deteve na quinta-feira um funcionário do ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump pela invasão ao Capitólio a 6 de janeiro, noticiaram os media norte-americanos. Trata-se de Federico Klein, um homem …

Bebidas, fatos e centro "fantasma". Presidência portuguesa da UE debaixo de fogo após gastos "incomuns"

A presidência portuguesa do Conselho Europeu está no olho do furacão depois de uma reportagem que evidencia as "despesas incomuns" com bebidas, fatos e um centro de imprensa "fantasma", em contratos que custaram "centenas de …

Padres, provedores e autarcas. MP investiga casos de vacinação indevida

A investigação do Ministério Público (MP) e da Polícia Judiciária (PJ) conta já com 33 casos suspeitos de vacinação indevida, estendendo-se a padres, provedores de misericórdias, administradores hospitalares e autarcas. Desde o início da campanha da …

Atrasos na vacina da Pfizer condicionam vacinação de doentes de risco entre os 65 e os 79

A vacinação de doentes de risco entre 65 e os 79 anos está condicionada pela chegada de mais vacinas da Pfizer. Na união Europeia, Portugal é o quinto país com a percentagem mais elevada de doses …