Mustafá acusa ex-inspetor da PJ Pereira Cristóvão de ser o mandante dos assaltos

Nuno Mendes, conhecido por Mustafá, disse esta quarta-feira que o ex-inspetor da PJ Pereira Cristóvão foi o mandante dos assaltos a duas residências em Cascais e em Lisboa, acusando-o de ser “um mentiroso compulsivo”.

Em mais uma sessão do julgamento de 17 arguidos acusados de pertencerem a uma alegada rede criminosa de assaltos violentos a residências na Área Metropolitana de Lisboa, que decorre no Tribunal de Cascais, o arguido explicou que conheceu Pereira Cristóvão quando este era vice-presidente do Sporting e ele líder da claque Juventude Leonina.

Nuno Vieira Mendes afirmou que foi “usado” por Pereira Cristóvão e que só aderiu ao esquema criminoso para “fazer um favor a um amigo”, em alusão ao antigo vice-presidente do Sporting, reconhecendo, contudo, “com uma contrapartida financeira”.

“Quero assumir aqui as culpas, estou arrependido, quero pedir desculpas às vítimas e estou disposto a compensar as vítimas. Longe de mim pensar que aquilo eram roubos, para mim eram cobranças. Nunca fui a casa de ninguém nem apontei armas. A pior coisa que me aconteceu na vida foi ter conhecido este senhor”, disse Mustafá, apontando na direção de Pereira Cristóvão.

O arguido contou ao coletivo de juízes que foi Pereira Cristóvão quem lhe passou as informações sobre as vítimas e as residências a assaltar: uma em Cascais, em fevereiro, de 2014, e outraa em abril desse ano, na Avenida do Brasil, em Lisboa.

Segundo Mustafá, Pereira Cristóvão precisava de fazer uma “cobrança” a alguém que morava em Cascais por ter uma dívida de meio milhão de euros, devido a um negócio da venda de uns terrenos no Brasil, perguntando-lhe se tinha “umas pessoas para fazer essa cobrança”, pois a vítima tinha, nessa habitação, “um milhão” de euros, em dois cofres.

Nuno Vieira Mendes contou que falou depois com o arguido Paulo Santos, seu irmão e com a alcunha de ‘Bábá’, que, por sua vez, arranjou os “operacionais” que se deslocaram à casa, entre os quais dois agentes da PSP, um deles responsável por forjar os mandados de busca domiciliária.

O arguido referiu que desse assalto conseguiram 80.000 euros. Pereira Cristóvão recebeu metade e ele outra metade, sendo que, desses 40.000 euros, ficou com 10.000 euros e deu o restante ao irmão para ele dividir pelos restantes arguidos envolvidos.

“Foi o senhor Paulo Pereira Cristóvão que explicou tudo”

Quanto a este assalto à residência em Cascais, realizado em 27 de fevereiro de 2014, o antigo inspetor da PJ apresentou ao tribunal, em 23 de março deste ano, uma versão diferente, dizendo que foi o arguido Celso Augusto quem lhe disse que pretendia fazer uma “cobrança” de uma comissão de 100.000 euros a um empresário do ramo imobiliário, com negócios no Brasil, relativos a 10% de um negócio de um milhão de euros.

Mustafá frisou esta terça-feira que “nunca conheceu” o arguido Celso Augusto, a não ser no dia em que Paulo Pereira Cristóvão o levou à casa deste para ver “uma folha” que confirmaria a alegada dívida de meio milhão de euros.

Em relação ao assalto à residência na Avenida do Brasil, em Lisboa, em abril de 2014, Mustafá explicou que o ‘modus operandi’ foi o mesmo do assalto à residência a Cascais.

Em julgamento, o antigo inspetor da PJ afirmou, na mesma sessão de 23 de março, que, nessa habitação, moraria alguém responsável por alegadas burlas ao banco BPN, que estaria em dívida com o arguido Celso Augusto e guardaria dinheiro “debaixo dos tacos”.

Na sessão desta quarta-feira, Mustafá manteve a mesma versão apresentada no assalto à residência de Cascais, dizendo que foi o antigo inspetor da PJ quem passou todas as informações sobre o assalto. “Foi o senhor Paulo Pereira Cristóvão que explicou tudo: que havia dois cofres, um no armário e outro num cofre no chão”, sublinhou o arguido, desconhecendo como Pereira Cristóvão obteve essas informações.

Neste assalto, os arguidos “operacionais” não encontraram nenhum dinheiro debaixo dos tacos da residência, o que levou a que Nuno Mendes se afastasse de Pereira Cristóvão.

“Paulo Pereira Cristóvão foi ter comigo nessa noite [do assalto] e disse-lhe: para mim acabou. Isto é uma palhaçada. Eu não sou mentiroso compulsivo. Mentiroso compulsivo é este senhor aqui. Afastei-me completamente, pois isto não é para mim”, declarou Nuno Vieira Mendes, contado que, nesse encontro, Pereira Cristóvão ainda tentou convencê-lo a ir ao Algarve assaltar uma casa, na qual estariam joias.

Já no fim do seu depoimento, Mustafá, que se encontra em prisão preventiva ao abrigo do processo do ataque à Academia do Sporting, em Alcochete, relatou que o antigo inspetor da PJ, em março de 2015, foi à festa do seu filho e pediu-lhe para se manter calado, pois outros arguidos no processo, detidos oito meses antes, já os teriam denunciado.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Quando as pessoas se imaginam mais espertos que os outros pondo a honestidade de parte e decidem tomar iniciativas a seu belo prazer confiando nas amizades, chegado o dia do apertar dos calos cada qual tenta safar a sua pele, aqui parece ter sido o caso.

RESPONDER

Ljubomir Stanisic rescindiu contrato “de forma unilateral” com a TVI

A caminho da SIC, o apresentador rescindiu o contrato com a estação de Queluz, avança a TVI. Ljubomir Stanisic tinha contrato até dezembro de 2020. “O Chef Ljubomir Stanisic rescindiu hoje [esta sexta-feira], unilateralmente, o contrato …

Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos. A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que …

Cientistas transformam tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade

Uma equipa de investigadores descobriu como converter o pigmento vermelho dos tijolos num plástico condutor de eletricidade. Esse processo permitiu transformar os tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade. Esses supercapacitores de tijolo podem ser …

Primeiro Museu do Godzilla abre no Japão (e os visitantes podem entrar na boca do monstro)

O primeiro Museu do Godzilla do mundo está agora aberto no Japão e tem uma estátua enorme do icónico monstro, em cuja boca se pode entrar de slide. De acordo com a Newsweek, atualmente, os visitantes …

Hubble faz a primeira observação de um eclipse lunar total

Tirando vantagem de um eclipse lunar total, astrónomos usaram o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA para detetar ozono na atmosfera da Terra. Este método serve como um substituto de como vão observar planetas semelhantes à Terra …

Biden tem 71% de probabilidade de vencer as eleições contra Trump

Joe Biden, candidato democrata à Casa Branca, tem 71% de probabilidade de vencer as eleições presidenciais norte-americanas frente a Donald Trump, o atual Presidente dos Estados Unidos, aponta uma nova sondagem. A pesquisa de opinião, levada …

Barcelona 2-8 Bayern | Atropelamento histórico na Champions

Noite histórica no Estádio da Luz. Em jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Bayern goleou o Barcelona por impensáveis 8-2 – com 4-1 em cada uma das metades. Um resultado que se tornou …

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …