Múmias milenares tinham tatuagens escondidas (e já podemos vê-las)

Anne Austin

As tatuagens escondidas em antigas múmias egípcias estão agora a ser reveladas pelos cientistas, usando uma nova tecnologia de infravermelho, permitindo vislumbrar como os membros da sociedade há três mil anos viviam e trabalhavam.

Tatuagens semelhantes já tinham sido previamente identificadas pela arqueóloga Anne Austin num estudo publicado em 2017, que descreveu símbolos identificáveis de conotação religiosa, bem como representações de motivos florais, animais e divindades.

Na época, as medidas fotográficas revelaram dezenas de tatuagens no pescoço, ombros, braços e costas da múmia, incluindo um “par de tatuagens de flor de lótus” conectado por uma linha pontilhada nos quadris de uma mulher. Foi determinado que todas as tatuagens foram feitas antes da mumificação e em locais que exigiam que alguém as aplicasse.

“Em 2014, a missão do Institut Français d’Archéologie Orientale (IFAO) identificou uma múmia amplamente tatuada da necrópole de Deir el-Medina, a comunidade dos trabalhadores que cortavam e decoravam os túmulos reais do Novo Reino”, de acordo com o resumo do estudo. “Desde então, identificamos vários outros indivíduos com tatuagens entre os muitos restos humanos não publicados no local”.

Anne Austin, juntamente com a sua equipa, examinou as múmias em 2016 e, novamente, este ano. As novas descobertas, que foram apresentadas na reunião anual da American Schools of Oriental Research identificam novos indivíduos tatuados, além dos descritos anteriormente.

No entanto, os investigadores ainda não conseguiram identificar os símbolos ou para que podem ter sido utilizados. As identidades das múmias também permanecem desconhecidas.

Anne Austin

Os desenhos e a colocação das tatuagens variam amplamente entre os indivíduos, mas o número de tatuagens descobertas sugere que a prática provavelmente terá sido uma grande parte da cultura Deir el-Medina.

“A distribuição, exibição e conteúdo dessas tatuagens revelam como foram usadas na prática religiosa e para forjar identidades públicas permanentes”, escreveram os investigadores, citados pelo IFLScience. “As tatuagens extensas numa múmia feminina demonstram o uso de tatuagens para identificar e permitir que essa mulher atue como uma praticante religiosa essencial para a comunidade Deir el-Medina.”

Deir El-Medina foi uma antiga vila onde viviam artesãos que construíram os túmulos reais no Vale dos Reis e no Vale das Rainhas, de acordo com a Enciclopédia da História Antiga. Ao contrário de muitas outras civilizações da época, Deir El-Medina era uma comunidade planeada com o objetivo de abrigar trabalhadores que eram conhecidos como “Servos no Lugar da Verdade”.

O local foi escavado desde o início do século XX e fornece uma riqueza de informações sobre a vida quotidiana das pessoas que lá moravam, bem como o seu papel na construção dos eternos lugares de descanso da realeza.

Estas descobertas oferecem algumas das “evidências mais abrangentes que temos até hoje sobre a prática de tatuar no Egito antigo”. Os egiptólogos identificaram tatuagens em apenas algumas múmias que abrangem a história com mais de três mil anos do Egito faraónico – e pouco se sabe sobre a importância da prática no Egito Antigo.

As tatuagens figurativas mais antigas foram eternizadas em duas múmias egípcias alojadas no Museu Britânico de Londres, datadas de 5.300 anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Davos comemora 50 anos entre o apocalipse climático e um fraco crescimento económico

O Fórum Económico Mundial comemora este ano o seu 50º aniversário. O evento decorre sob o signo das alterações climáticas e da necessidade de transformar a economia. Davos, na Suíça, recebe esta semana mais um Fórum …

Precários da RTP entregam suplemento para a memória à ministra do Trabalho

Os trabalhadores precários da RTP entregaram esta segunda-feira uma carta e uma caixa de "Cerebrum Forte", um suplemento para a memória, à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. De acordo com o Expresso, que avança …

Governo está a "tomar medidas" para responder ao novo vírus mortal que vem da China

Portugal está a acompanhar "com grande atenção" o fenómeno de propagação do novo vírus mortal que surgiu na China. A garantia é dada pela ministra da Saúde, Marta Temido, que assegura que estão já a …

Revelada a identidade do novo líder do Estado Islâmico

Um dos membros fundadores do Estado Islâmico, Amir Mohammed Abdul Rahman al-Mawli al-Salbi, foi confirmado por vários serviços de inteligência como novo líder do grupo terrorista. Após a morte de Al Baghdadi numa operação norte-americana na …

Polícias em protesto em Braga, Porto e Lisboa. Esperam um sinal de apoio de Marcelo

Elementos da PSP e da GNR realizam esta terça-feira protestos em simultâneo em Braga, Lisboa e Faro, numa ação convocada pelos sindicatos, enquanto o Movimento Zero (M0) inicia uma vigília nos aeroportos portugueses. Organizadas por sete …

Investigação confirma que avião ucraniano foi abatido por dois mísseis iranianos

Um relatório de investigação preliminar da Organização de Aviação Civil Iraniana (CAO) acaba de confirmar que foram lançados dois mísseis contra o Boeing 737 da Ukraine International Airlines, abatido a 8 de janeiro pelas forças …

Real Madrid contrata Reinier. É a transferência de inverno mais cara de sempre do clube

O Real Madrid confirmou hoje a contratação do médio ofensivo brasileiro Reinier, que atuava no Flamengo de Jorge Jesus, num negócio que envolve uma verba de 30 milhões de euros, segundo a imprensa espanhola. Os 'merengues' …

Hospitais de Santa Maria e Pulido Valente querem "internar" em casa 1.800 pacientes por ano

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN) vai começar no princípio de fevereiro a “internar” doentes em casa, projetando que, dentro de três anos, seja o maior serviço de hospitalização domiciliária do país, tratando 1.800 …

Pneumonia viral na China já fez seis vítimas mortais

Subiu para seis o número de mortos na China devido ao vírus de pneumonia que está a assolar o País. Esta terça-feira registaram-se 77 novos casos da misteriosa doença com origem na cidade Wuhan, elevando …

Gil Vicente tem um registo único em Portugal e apenas igualado por "gigantes" europeus

O Gil Vicente é a única equipa imbatível em casa na liga portuguesa. Apenas oito equipas no resto da Europa conseguem equiparar este registo de invencibilidade. O Gil Vicente é a única equipa da Liga NOS …