Muitos animais “contam” e isso ajuda-os a sobreviver

Andreas Nieder

Muitos animais têm algo conhecido como competência numérica – a capacidade de processar e representar números. Este traço ajuda-os em vários aspetos da sua vida, nomeadamente na sobrevivência.

Os animais não podem literalmente contar, mas podem entender o que é mais e o que é menos. Os investigadores acreditam que esta capacidade de processar e representar números, conhecida como competência numérica, desempenha um papel importante na maneira como os animais tomam decisões e influencia a probabilidade de sobrevivência.

Numa análise publicada esta semana na revista científica Trends in Ecology and Evolution, Andreas Nieder, explora como as diferentes espécies animais entendem os números e o impacto que isto tem na sua sobrevivência.

“Curiosamente, agora sabemos que a competência numérica está presente em quase todos os ramos da vida animal”, explica Nieder, que trabalha com espécies diferentes para explorar como os animais treinados distinguem e representam números, bem como é que os números são representados no cérebro.

“Diferentes grupos de animais obviamente desenvolveram este traço independentemente de outras linhagens e isso indica fortemente que ele deve ter um valor adaptativo. Portanto, a capacidade de distinguir números deve ter um grande benefício de sobrevivência e reprodução”, acrescenta Nieder.

As abelhas, por exemplo, conseguem lembrar-se do número de pontos de referência que passam quando procuram comida para encontrar o caminho de volta à colmeia.

“O último ancestral comum entre as abelhas e os primatas americanos viveu há cerca de 600 milhões de anos”, explica o autor. “Mas ainda assim, desenvolveram uma competência numérica que é, de muitas maneiras, comparável à competência numérica dos vertebrados”.

Outro caso é o dos lobos, em que é mais provável que cacem com sucesso se tiverem o número correto de lobos na sua matilha tendo em conta o tamanho da presa. Com presas como alces, são necessários apenas seis a oito lobos, enquanto a caça ao bisonte exige grupos de nove a treze.

“Obviamente, eles estão a avaliar o número de indivíduos nos seus grupos para as situações quotidianas”, salienta o investigador, citado pela Europa Press. Além disso, a competência numérica também se revela útil na atração de um parceiro sexual.

Apesar dos vários exemplos que existem, este tema não foi objeto de muitos estudos. “Muitas destas descobertas comportamentais na natureza geralmente foram recolhidas como subprodutos ou descobertas acidentais de outras questões de investigação”, lamenta Nieder.

O cientista argumenta que são necessários mais estudos para entender completamente as pressões seletivas e os benefícios da aptidão física da competição numérica.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Sou brasileira, mas creio que a palavra “cacem”, na frase “provável que caçem”, se escreva da mesma maneira, tanto no português de Portugal quanto no português do Brasil. Sugiro cordialmente a correção.

RESPONDER

Leão está mais otimista (e acredita que PIB vai crescer acima da meta)

O ministro das Finanças, João Leão, está mais confiante numa subida do PIB acima da de 4%, prevista no Programa de Estabilidade para este ano. João Leão acredita que o Produto Interno Bruto (PIB) vai …

Reino Unido inicia nova etapa de desconfinamento com viagens para Portugal

O Reino Unido inicia hoje uma nova etapa do plano de desconfinamento, incluindo autorização para viajar de férias para o estrangeiro, mas apenas alguns países, entre os quais Portugal, permitem a entrada a britânicos. Dos 12 …

Sporting campeão da Europa de hóquei em patins pela terceira vez

O Sporting conquistou, este domingo, a Liga Europeia de hóquei em patins pela terceira vez, a segunda consecutiva, ao vencer o FC Porto, por 4-3, após prolongamento, na final disputada no Luso. Os leões revalidaram o …

Romanos tinham um sistema para manter o seu maior aqueduto limpo

Cientistas conseguiram perceber qual foi o sistema usado pelos Romanos no Aqueduto de Valente, situado na atual Turquia, para manter esta poderosa infraestrutura tão limpa. O Aqueduto de Valente, em Istambul, na Turquia, já foi uma …

PS reforça liderança. PSD abaixo do resultado das legislativas de 2019

A mais recente sondagem da Intercampus para o CM/CMTV e Jornal de Negócios mostra que o PS continua a subir nas intenções de voto (e o PSD a descer). Segundo o Correio da Manhã, o fosso …

Costa deve remodelar o Governo em outubro (e "Eduardo Cabrita vai sair nessa ocasião")

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes antecipou que António Costa se prepara para fazer uma remodelação do Governo após as eleições autárquicas. O conselheiro de Estado disse também que o …

Ataque mais mortífero. Aviões israelitas lançam novos ataques em Gaza

Este domingo foi o dia mais mortal do conflito. O exército israelita voltou a fazer dezenas de ataques na Faixa de Gaza, enquanto grupos armados disparavam foguetes contra Israel. Este domingo, ataques aéreos israelitas à cidade …

Dos ecossistemas à economia. Vespas são mais importantes do que se pensa

As vespas trazem grandes benefícios para os ecossistemas, a nossa saúde e até a economia mundial, mostra um novo estudo feito por investigadores britânicos. Ao ver uma vespa, o instinto da grande maioria das pessoas é …

Portugal com um recorde de 200 mil vacinados este fim-de-semana

A task force que coordena o programa de vacinação contra a covid-19 em Portugal previu que este fim-de-semana tenham sido vacinadas 200 mil pessoas. "De acordo com dados provisórios, neste fim-de-semana foram, até às 18h00, …

Gases de efeito de estufa estão a fazer encolher a estratosfera

Um novo estudo mostra que as enormes emissões de gases de efeito de estufa estão a fazer encolher a estratosfera. Tal como explica o jornal The Guardian, os investigadores descobriram que a espessura desta camada atmosférica …