Cientistas descobrem novo movimento em espécie de cobra (o que a torna ainda mais perigosa)

Uma equipa de investigadores da Colorado State University e da University of Cincinnati descobriu um novo modo de locomoção da cobra arbórea castanha, que permite que esta suba cilindros muito mais altos do que seria expectável.

As cobras arbóreas castanhas conseguiram extinguir cinco sextos das espécies de pássaros de Guam. Se chegarem a outras ilhas do Pacífico teme-se que possam desencadear uma situação semelhante. Parte da eficácia mortal dessas cobras reside numa forma de movimento nunca antes vista que lhes permite escalar a sítios onde outras cobras não conseguem chegar.

Estas cobras compensam a falta de pernas com quatro formas de locomoção, conhecidas como modos retilíneo, ondulação lateral, sidewinding e concertina, documentados há quase cem anos. Agora, a professora Julie Savidge, observou outra, à qual chamou de “locomoção do laço”.

Savidge e a sua equipa estão a trabalhar para preservar os estorninhos da Micronésia, uma das duas únicas espécies de pássaros que sobreviveram à destruição que a cobra causou em Guam. “O estorninho tem uma função ecológica importante ao dispersar frutas e sementes que podem ajudar a manter as florestas de Guam”, explicou a professora num comunicado.

A equipa está a construir caixas de pássaros resistentes a cobras, mas descobriram que este réptil consegue chegar a lugares inesperados. Vídeos noturnos revelaram a metade posterior da cobra enrolada numa árvore ou poste, enquanto a frente se estende para cima, como um laço reverso.

Segundo o IFL Science, ao fazer pequenas curvas dentro do laço, a cobra arbórea – Boiga irregularis – pode escalar cilindros muito largos.

“Entender o que as cobras arbóreas podem e não podem escalar tem implicações diretas no desenho de barreiras para reduzir a dispersão e alguns dos efeitos desta espécie altamente invasiva”, afirmou o co-autor, Bruce Jayne, professor na Universidade de Cincinnati.

Os investigadores estão ansiosos por usar o seu recente conhecimento para projetar um espaço que vá além da capacidade da cobra. O novo método pode não apenas salvar o estorninho, como pode permitir a reintrodução de algumas das espécies de pássaros perdidos de Guam em ilhas livres de cobras.

Outra preocupação dos biólogos é descobrir se estas cobras são as únicas a usar o método “locomoção em laço”, ou se outros membros da família podem fazer o mesmo.

Algumas pesquisas mais recentes mostraram que, embora o seu veneno seja cem vezes mais letal para as aves do que para os mamíferos, estas cobras também representam um risco para as populações das ilhas.

O estudo foi recentemente publicado na Currrent Biology.

Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …

China anuncia fim de novas centrais a carvão no estrangeiro

Segundo os especialistas, o impacto da medida deverá depender da forma como será implementada, podendo ter um grande impacto na luta contra as alterações climáticas. Num anúncio bem recebido por ativistas e organizações ambientes, a China …

Roménia vai distribuir €200 mil a quem tiver vacinação completa contra a covid-19

A Roménia anunciou uma "lotaria de vacinação" que distribuirá prémios de até 200.000 euros entre aqueles que tiverem a vacinação completa, na tentativa de elevar a taxa de imunização, a segunda mais baixa da União …

Antes da invasão ao Capitólio, Bannon ajudou a planear estratégia para "matar a presidência de Biden no berço"

O estrategista-chefe da campanha de Donald Trump, Steve Bannon, revelou que falou com o ex-Presidente antes da invasão ao Capitólio, a 06 de janeiro, discutindo as condições para "matar a presidência de [Joe] Biden no …

Costa prepara novo alívio de restrições para vigorar a partir de 1 de outubro

António Costa prepara-se para anunciar, na quinta-feira, o levantamento de um conjunto de restrições que vigoraram por causa da covid-19. O primeiro-ministro, António Costa, prepara-se para anunciar na quinta-feira o levantamento de um conjunto de restrições …