Há uma mosca que pode acabar com a fome e salvar o planeta

A mosca soldado negra tem o potencial para nos alimentar e acabar com o desperdício. O seu cultivo pode até mesmo ajudar a salvar o planeta.

A Symton BSF é uma empresa onde as larvas da mosca soldado negra são colhidas e vendidas como alimento para vários animais exóticos. No entanto, estas larvas podem agora ser a solução para nos alimentar. Elas conseguem transformar qualquer tipo de resíduo orgânico em proteína de alta qualidade — tudo isto com uma mínima emissão de gases com efeito de estufa.

Esta é uma indústria em crescimento e é compreensível dadas as suas inúmeras vantagens. Por exemplo, meio hectare destas larvas produz mais proteína do que 1214 hectares de gado ou 52 hectares de soja. Com previsões a apontarem a população mundial para os 9,8 mil milhões em 2050 é então fundamental encontrar meios alternativos, mais baratos, menos espaços e menos poluentes.

“Há vinte anos, eu teria rido” com a ideia de alimentar o mundo com insetos, confessou Liz Koutsos, CEO da empresa EnviroFlight, que também tem como negócio o cultivo destas larvas.

“Não há razão para não estarmos a fazer isto numa escala mundial”, disse Jeff Tomberlin, professor de entomologia na Universidade do Texas. Só na China, as larvas da empresa JM Green processam cerca de 50 toneladas de resíduos alimentares por dia.

Aliás, os entomologistas já têm conhecimento do potencial das moscas soldado negras há décadas, tendo proposto em 1970 usá-las para converter estrume em proteína. O problema na altura, de acordo com o The Washington Post, era que ninguém sabia como fazê-lo de uma maneira viável. Em 2002, o panorama mudou, quando conseguiram criar estes insetos em cativeiro e garantir que eles acasalavam com sucesso.

As moscas não têm preferências alimentares e parecem comer praticamente tudo o que lhes é dado — “são generalistas”, explica Tomberlin. Estrume de vaca, dejetos humanos e restos de comida são exemplos de alimentos que as larvas consomem. Até ao momento, apenas torceram o nariz a ossos, cabelo e cascas de abacaxi.

Assim, as larvas podem ser usadas para acabar com o desperdício de comida de uma forma mais amiga do ambiente. As moscas soldado são “onde o carbono vai para morrer”, diz Tomberlin.

“As larvas de mosca soldado negra podem produzir mil vezes mais proteína do que os animais terrestres ou plantas”, diz Liz Koutsos.

Um hectare de terra usado para criar colónias de moscas soldado negras pode produzir quase 60 toneladas de proteína por ano, segundo várias estimativas de especialistas. Por outro lado, o mesmo espaço para gado só permite a produção de 4,5 quilogramas de proteína; para soja, 430 quilogramas; e para galinhas, cerca de 815 quilos.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Deus escolheu este magnífico local para nós, pois é cheio de riqueza e é de uma adaptabilidade incrível.
    Deus no comando!

  2. Pelos vistos vistos em vez de se procurar combater o problema (excesso de humanos), procura-se maneira de o alimentar.

  3. Cara Zap
    Muito interessante a matéria sobre a mosca soldado negra!
    É bastante promissor, principalmente na questão da economia de água.
    Grande Abraço

  4. Em 2050 nove bilhões de humanos em 2100 talvez 15 bilhões. Haja moscas!! Não será a ignorância nosso maior problema?

RESPONDER

Cientistas criam tinta ultra-branca que ajuda a arrefecer as superfícies

Cientistas criaram uma nova tinta ultra-branca que pode refletir 95,5% da luz solar que chega à sua superfície. De acordo com o site IFLScience, esta propriedade permite que algo revestido com esta tinta ultra-branca, como, por …

Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos

O empresário Sindika Dokolo faleceu, nesta quinta-feira, no Dubai, aos 48 anos de idade, durante a prática de mergulho. A morte do empresário de origem congolesa já foi confirmada à Lusa por uma fonte ligada à …

Lagostins autoclonados invadiram (e conquistaram) um cemitério na Bélgica

Um cemitério na Bélgica foi completamente invadido por lagostins marmoreado. De acordo com o Instituto Flamengo para Pesquisa da Natureza e da Floresta (INBO), a espécie representa uma grande ameaça para a biodiversidade local. Segundo o …

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …