“Morte aos portugueses” em França

A sede do clube português de Brie-Comte-Robert foi vandalizada na noite de terça para quarta-feira, com frases nas paredes a desejar a morte dos portugueses e apelando ao partido da Frente Nacional.

Na noite de terça para quarta-feira, as paredes brancas do clube português de Brie-Comte-Robert, a sudeste de Paris, foram inundadas pelo vermelho de alguns comentários racistas.

Segundo o Diário de Notícias, “Morte aos portugueses”, “Morte aos estrangeiros” e aos “ciganos” foram algumas das frases escritas na fachada do clube e da associação de solidariedade social conhecida por Restos.

Também nas paredes era visível o apoio à Frente Nacional, através de frases como “Viva a FN”, e ainda a ideologias mais radicais com a representação da cruz suástica.

Perante esta situação, as autoridades locais mandaram pintar a fachada de imediato, algo que parece ter sido suficiente para o clube português.

Os responsáveis não tencionam apresentar queixa do incidente, ao contrário da própria cidade que já optou por o fazer.

https://twitter.com/ActusOvernewz/status/674662405134266368

O nome do representante local do partido, Morgann Vanacker, também estava escrito na parede, mas o político já veio negar que os membros do partido possam estar envolvidos no caso.

“Vou fazer queixa porque os autores estão a envolver o nosso partido, a persegui-lo. Mas eles estão completamente enganados, não somos racistas“, afirmou.

Recorde-se que a Frente Nacional, partido de Marine Le Pen, venceu a primeira volta das eleições regionais francesas no início da semana.

“Claro que as pinturas feitas nos nossos muros têm a ver com as eleições”, disse José Rodrigues, o presidente do clube, citado pelo mesmo jornal.

ZAP

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Não é difícil perceber que essas frases não foram escritas por franceses . Se virmos bem a palavra PORTUGUAIS esta mal escrita em frances escreve-se PORTUGAIS.
    Da para perceber que quem escreveu isso foi um portugues . Porque digo isso porque nos escrevemos PORTUGUESES e la esta escrito PORTUGUAIS.
    O Franceses do FN não cometem erros a escrever porque são verdadeiros franceses que estudaram na França. É so a minha ideia . mas acho que a pesso eque escreveu isso deveu ser proibida de la entrar e vingou-se assim.

    • Hahahaa…
      Que brilhante dedução!…
      Deves andar a ver muitos filmes “manhosos”!!..
      Com “ideias” dessas, vais longe…
      Sim, sim, a FN são os “verdadeiros franceses”, mas, além de pouco inteligentes, devem ter pouco mais do que a 4ª classe (assim como tu – tal é a tua brilhante capacidade de raciocínio), por isso…

    • Tem toda a razão! A mensagem está cheia de erros e só um perfeito ignorante, não repara nisso! Isto, quase de certeza não foi escrito por franceses, quando muito escreveriam “Mort aux Portugais!” Mas eis que logo os “intelectuais de pacotilha se levantaram logo contra a sua pertinente observação! Isto é uma triste e trapalhona tentativa de alguém, não português ou francês de criar conflitos, entre as duas comunidades que se dão bem e que fora as intervenções de alguns tristes, como aqui vemos exemplos claros na resposta ao seu comentário, têm uma relação normal entre povos civilizados.

  2. O Domingues fez uma análise sustentada em premissas correctas. Um dos perigos do fascismo, muitas vezes apoiado num nacionalismo mal entendido, que renasce por toda a Europa é o aproveitamento que terceiros podem fazer das suas “ideias” mais radicais.

  3. Pois, pois, vão discutindo erros de ortografia; se esses neo-nazis fascistas tiverem hipóteses logo vão ver como elas mordem. Ou pensavam que só calhava aos “outros”?? É que “os outros” também somos nós, basta mudar de prespetiva.

  4. Eu cresci a ler ” morte aos pretos” em inúmeras paredes aqui em Portugal. Não vi, nem verei, uma atitude semelhante às autoridades francesas por parte das autoridades portuguesas. Eles estão errados, mas os tugas são bem piores.

  5. Isso foi algum enfurecido por um Tuga lhe ter comido a mulher ou como é sabido algumas francesas gostam de passar por clubes portugueses para um engate de sangue latino.

  6. Morte aos portugaijes, morte aos franchaijes, serve qualquer um desde que não cheguem a mim, tantas mortes?, f***-**, vou mudar de profissão, vou para cangalheiro, sempre dá mais e não sujo as mãos.

  7. Isto foi inscrito, por pessoas que querem armar guerra , por isso vamos la com calma, e ver se descobrimos os autores, se calhar teremos uma surpresa.

  8. Não é novidade. Leiam a história, pois já desde as invasões francesas os franceses maltrataram os tugas. Por onde passavam pilhavam violavam matavam e quando saiam das localidades por onde passavam incendiavam o que restava. Os nossos emigrantes nos anos 50/60 foram para lá trabalhar para fugir à fome e à miséria mas afinal iam para trabalho escravo. Agora invadem-nos com intermarchés e similares com preços altos na prateleira e com trabalhadores pagos também a soldo de escravo. Esses franceses sempre foram uns pulhas. Mas os tugas até no cinema se rebaixam pois fizeram o filme a gaiola dourada que mais não foi um filme de tugas a falar de tugas e a gozar com os tugas para francês rir, e até (apanágio dos tugas) foi falado em francês. Temos (têm) aquilo que merecemos.

RESPONDER

Presidente da Samsung morre aos 78 anos

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee, morreu este domingo aos 78 anos, disse o grupo sul-coreano em comunicado. Lee, que transformou o grupo num gigante global das telecomunicações, estava acamado desde um ataque cardíaco em …

Chuva de críticas à F1 em Portimão. Organização promete expulsar quem não cumprir distanciamento

Fotografias das bancadas da Fórmula 1 em Portimão começaram a correr este sábado nas redes sociais, gerando alguma polémica e descansando uma série de críticas, uma vez que as bancadas pareciam ter mais público do …

Ordem dos Médicos alerta para “grave sobrecarga” nas urgências pela Linha SNS 24

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) alertou que a atuação da Linha SNS 24, no âmbito da covid-19, causa uma “grave sobrecarga” nas urgências, pelo que defende alterações na referenciação dos …

"Votei num tipo chamado Trump". Presidente dos EUA votou antecipadamente na Florida

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, votou este sábado antecipadamente em West Palm Beach, na Florida, para as eleições presidenciais, juntando-se aos quase 55 milhões de americanos que também já o fizeram. Donald Trump …

Chegou o camião autónomo que não precisa de motorista para se deslocar

No ano passado foi lançado o T-pod, um protótipo de um camião elétrico autónomo e sem cabine. Agora, o seu fabricante, a empresa sueca Einride, revelou a última geração do veículo, que vai passar a …

"O medo não é a vacina". Centenas de pessoas contestam medidas do Governo em Lisboa

Centenas de pessoas contestaram este sábado as medidas impostas pelo Governo para mitigar os efeitos da pandemia de covid-19, com gritos pela “liberdade” e pela “verdade”, numa manifestação realizada na praça do Rossio, em Lisboa. A …

Os humanos estão a pôr em causa a alimentação dos animais predadores

Os animais predadores que vivem perto de humanos estão a obter metade dos alimentos supostos e isso pode ser muito prejudicial, referem investigadores americanos. De acordo com um novo estudo publicado no jornal Proceedings of the …

Plataformas de streaming passam a ter de pagar 1% do seu lucro ao Estado

As plataformas de streaming passam a pagar uma taxa, após a proposta de lei ser aprovada esta sexta-feira, na Assembleia da República. Serviços como a Netflix, a HBO Portugal ou a Disney +, passam a …

Porto 1-0 Gil Vicente | Dupla Shoya-Evanilson embala “dragão”

Difícil, mas justo. O FC Porto recebeu o Gil Vicente numa noite chuvosa no Dragão, dominou claramente até aos 75 minutos – altura em que Zaidu foi expulso – e venceu por 1-0. Um resultado …

O novo recurso da Google encontra qualquer música. Basta cantarolar, assobiar ou cantar

Na semana passada, a gigante tecnológica da Google lançou uma versão atualizada da aplicação que ajuda a encontrar qualquer música que esteja presa na sua cabeça - mas que não saiba o nome. Com a nova …