Tom Petty inconsciente em estado crítico após ataque cardíaco

A Polícia de Los Angeles esclareceu que não tem informações que confirmem a morte do músico norte-americano Tom Petty, de 66 anos, cuja morte foi noticiada pela imprensa norte-americana.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

“A Polícia de Los Angeles (LAPD) não tem informações sobre a morte do cantor Tom Petty. A informação inicial foi inadvertidamente fornecida a algumas fontes nos media“, escreveu a força policial na sua conta na rede social Twitter.

A notícia da morte do músico, que sofreu um ataque cardíaco na sua casa em Malibu (Califórnia), foi avançada pelo canal de televisão CBS, que entretanto publicou uma notícia na sua página na Internet que refere estas declarações da polícia de Los Angeles, contrariando a informação inicial.

A CBS citou inicialmente fontes policiais para confirmar a morte do cantor, que era uma figura conhecida do rock norte-americano e estava em digressão este ano para assinalar os 40 anos de carreira com a banda que habitualmente o acompanhava, The Heartbreakers.

Segundo o portal TMZ, o músico estava inconsciente e sem respirar quando foi encontrado, mas os serviços de emergência conseguiram reanimar Tom Petty e transportaram-no para o hospital da UCLA de Santa Mónica, mas este acabou por não resistir.

Músico, compositor e cantor de rock , Thomas Earl Petty nasceu em Gainesville, EUA, a 20 de outubro de 1950. Foi fundador, líder e vocalista dos Tom Petty and the Heartbreakers. e membro da superbanda Traveling Wilburys na década de 80.

Ao longo da sua carreira, Petty gravou um grande número de êxitos – a solo ou com os Heartbreakers – muitos dos quais ainda hoje presença frequente nas rádios americanas. Vendeu mais de 60 milhões de álbuns em sua carreira.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.