Morreu Chris, o carneiro australiano mais pesado e famoso do mundo, com 10 anos

O carneiro Chris

Chris, o carneiro australiano que foi capa em todo o mundo pelo peso recorde da sua lã, faleceu no dia 22 de outubro, com cerca de 10 anos de idade. Na sua vida adulta, gostava da sua casa, de visitantes e que lhe coçassem a cabeça.

Chris foi encontrado pelos seus cuidadores no Little Oak Sanctuary, na terça-feira de manhã, depois de não ter aparecido para o tomar o pequeno-almoço. “Ele era o favorito do santuário e tinha uma voz profunda de barítono, sempre foi um dos primeiros a chegar para comer”, disse a co-fundadora do local, Kate Luke.

De acordo com Kate Luke, Chris estava “muito feliz e saudável recentemente” e a “sua morte foi inesperada”, noticiou o All That’s Interesting (ATI) na quarta-feira.

Chris alcançou a fama em 2015, tornando-se como o recordista não oficial de carneiro com mais lã do mundo. Alcançar esse recorde, contudo, não foi algo intencional. A sua natureza simplesmente não foi controlada, enquanto vagueava livremente pelo deserto de Canberra. Acredita-se que tenha estado separado do seu chafardel durante cinco a seis anos antes de ter sido descoberto.

Início da vida: os anos do deserto

Conhecer a história de Chris é testemunhar a sua vontade de sobreviver. Foi em 2015 que Sue Dowling estava a caminhar ao longo da Trilha do Centenário, no Mulligans Flat Woodland Sanctuary, quando viu um carneiro tão grande, que certamente precisaria de ajuda. Foi quem acabou por salvar Chris.

O peso extra da sua lã havia pressionado bastante Chris, que recebeu esse nome depois de um episódio do programa de televisão britânico Father Ted. Os seus cascos estavam danificados e suas as pernas sofriam com os cerca de 90 quilos de lã que carregava. No entanto, ainda se movia – embora lentamente – e aproveitava ao máximo a sua situação, mastigando a relva ao redor do Mulligans Flat Woodland Sanctuary.

Sue Dowling dirigiu-se à Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals (RSPCA) para obter ajuda. Os funcionários resgataram Chris a 02 de setembro de 2015.

Ter assim tanta lã era uma perspectiva perigosa, especialmente para um carneiro que vivia livre na natureza. Isso poderia levá-lo a contrair infeções de pele e a afetar muito a sua capacidade de fugir aos predadores.

Depois do resgate, a RSPCA encontrou um voluntário para libertar Chris do seu excesso de lã: o campeão australiano de tosquiadores, Ian Elkins. Ele sedou cuidadosamente Chris e levou 42 minutos para remover a lá, que pesava quase 90 quilos. Mais tarde, O Guinness Book of World Records confirmou a quantidade recorde de lã.

A lã recém-removida tinha um valor de cerca de 413 dólares (à volta de 371 euros) a preços atuais, mas a vida na natureza australiana a tornou imprópria para uso na indústria.

Chris the sheep, the world's woolliest, dies

REST IN FLEECE: Chris the sheep, who made headlines for the record-breaking weight of his wool, has died. https://abcn.ws/2W3HYiT

Publicado por ABC News em Terça-feira, 22 de outubro de 2019

Depois da remoção da lã, Chris teve que se adaptar ao seu próprio peso e a uma nova vida em cativeiro. Até à data, pouco ou nenhum tempo tinha passado entre os humanos.

O legado de Chris

Nos últimos anos, Chris teve uma nova vida. Depois que toda a sua lã se foi, ele ficou conhecido pelos seus olhos gentis.

“Estamos com o coração partido pela perda dessa alma doce, sábia e amigável. Chris é conhecido como detentor do recorde mundial por ter sido o carneiro mais pesado já registado”, lê-se numa publicação do Little Oak Sanctuary no Facebook. “Ele era muito mais do que isso, e vamos lembrar dele por tudo o que ele era – alguém, não uma coisa”.

O legado de Chris sobrevive no livro infantil The Misadventures of Chris the Sheep (As Desventuras de Chris, o Carneiro, em tradução livre), da RSPCA. A sua gigante capa de lã tosca está no Museu Nacional da Austrália. “Chris deixou uma marca em mim e nas outras pessoas, e a sua história toca o coração”, disse a curadora do museu, Martha Sear.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …

Bastonário dos Médicos sugere uso obrigatório de máscara na rua (e em todo o país)

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, sugere que o Governo pondere decretar o uso obrigatório de máscara no espaços exteriores de todo o país, à semelhança do que fez a Região Autónoma da …