Morrer é mais agradável do que pensamos (dizem os cientistas)

Alyssa L. Miller / Flickr

Uma equipa de investigadores norte-americanos acredita ter revelado o grande mistério do que é que se sente quando se está à beira da morte e, surpreendentemente, dizem que as emoções são mais positivas do que negativas.

Esta pesquisa, publicada no jornal Psychological Science, foi levada a cabo por elementos da Universidade da Carolina do Norte, nos EUA, que se centraram na análise a casos de pacientes com doenças terminais e a presos no corredor da morte.

Numa primeira fase, analisaram o conteúdo de blogues de doentes terminais que acabaram mesmo por falecer, com doenças como cancro ou Esclerose Lateral Amiotrófica.

Para terem um termo de comparação, pediram a participantes para escreverem um blogue imaginando que estavam prestes a morrer de cancro. Depois, analisaram as publicações à procura de palavras que descreviam emoções negativas e positivas, tais como “medo”, “terror”, “ansiedade”, “felicidade” e “amor”.

“Os resultados revelaram que as publicações de blogues de indivíduos que eram doentes terminais incluíam consideravelmente mais palavras de emoções positivas e menos palavras de emoções negativas do que as escritas por participantes que só tinham imaginado que estavam a morrer”, salienta-se no site da Associação para a Ciência Psicológica (APS) que divulga o estudo.

Num segunda fase da investigação, os cientistas compararam as últimas palavras de presos no corredor da morte com extractos de poesia que tinham escrito e ainda com as últimas palavras imaginadas de um grupo de voluntários.

Os resultados repetiram-se, com os presos perto da morte a revelarem-se “menos negativos e mais positivos” do que os que estavam apenas a imaginar que iam morrer.

“Tanto os doentes terminais como os presos que iam enfrentar a execução pareciam  focar-se em coisas que nos ajudam a dar sentido à vida, incluindo a religião e a família, sugerindo que tais coisas podem ajudar a reprimir a ansiedade sobre a morte, à medida que esta se aproxima”, destaca a APS.

Estas conclusões levam os investigadores a notar que “encontrar o sombrio ceifador pode não ser tão sombrio quanto parece”.

“Quando imaginamos as nossas emoções à medida que nos aproximamos da morte, pensamos sobretudo em tristeza e horror. Mas, ao que parece, morrer é menos triste e aterrador – e mais feliz – do que pensamos”, sublinha o investigador Kurt Gray.

“Na nossa imaginação, morrer é solitário e sem sentido, mas as publicações finais em blogues de doentes terminais e as últimas palavras de presos de corredores da morte estão cheias de amor, de ligação social e de sentido“, conclui o investigador.

Contudo, os cientistas sublinham que esta teoria pode não ser aplicada a toda gente, nomeadamente em pessoas de idade avançada que se vão aproximando da morte.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Paulo Macedo diz que a CGD não vai ser "uma nêspera"

O presidente da CGD considera que há a expectativa de o banco público ficar "sossegado", mas que a sua equipa não é paga para "ficar a ver navios" e quer pagar o capital injetado pelo …

Foo Fighters são a primeira confirmação do Rock in Rio Lisboa

Os norte-americanos Foo Fighters vão atuar, a 21 de junho, no festival Rock in Rio Lisboa, no Parque da Bela Vista. A banda de Dave Grohl é a primeira confirmação do cartaz do Rock in Rio …

PS, Bloco e Livre recusam solidarizar-se com Bernardo Silva

PS, Bloco e Livre votaram, esta sexta-feira, contra a solidariedade do Parlamento para com o internacional português, condenado recentemente por um ato considerado racista pela Federação Inglesa de Futebol (FA). Socialistas, bloquistas e a deputada única …

Descoberta nova lesão pulmonar que poderá estar ligada a cigarros eletrónicos com líquido

Um grupo de investigadores do Canadá anunciou esta quinta-feira a descoberta do que considera ser um novo tipo de lesão pulmonar causado pela vaporização com cigarros eletrónicos com líquido e que é semelhante à bronquiolite …

Professor acusado de agredir aluno surdo em Penafiel

Um estudante surdo foi agredido, na terça-feira, por um professor dentro de uma das salas de aula da escola secundária Joaquim de Araújo, em Penafiel. Um estudante de 16 anos, da escola secundária Joaquim de Araújo, …

Presidente da Colômbia disse que o Governo ouviu protestos em massa

O Presidente da Colômbia, Iván Duque, garantiu que ouviu as exigências dos manifestantes que saíram há rua na quinta-feira para um protesto maciço contra a política económica e social do atual governo. "Hoje [quinta-feira], os colombianos …

Detido mais um suspeito do caso do camião do Reino Unido

Foi detida mais uma pessoa por suspeitas de ligação ao caso do camião encontrado em Essex, Inglaterra, com 39 cadáveres no seu interior. A polícia britânica prendeu, hoje de manhã, um homem de 23 anos, …

Antigo primeiro-ministro da Escócia enfrenta 14 acusações de abuso sexual

Alex Salmond, o antigo primeiro-ministro da Escócia que desencadeou uma tentativa de independência do Reino Unido, compareceu em tribunal para enfrentar 14 crimes de abuso sexual alegadamente cometidos enquanto liderava o país. Entre os crimes está …

César, Louçã, Domingos Abrantes, Rio e Balsemão eleitos para Conselho de Estado

O Conselho de Estado é um órgão de consulta do Presidente da República composto por 19 membros, cinco dos quais eleitos pela Assembleia da República. Carlos César (PS), Francisco Louçã (BE), Domingos Abrantes (PCP), Rui Rio …

China já está a trabalhar no desenvolvimento de redes 6G

As autoridades chinesas divulgaram esta sexta-feira que já iniciaram pesquisas para o desenvolvimento de redes sem fio de sexta geração, apenas algumas semanas depois de as três principais operadoras de telecomunicações do país terem lançado …