/

Mona Lisa atacada com bolo coberto de creme por homem disfarçado de idosa

(cv)

O quadro da Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, foi atacado no museu do Louvre, em França, por um homem disfarçado de idosa.

O jovem atirou um bolo coberto de creme, mas a obra não terá sido danificada, tendo o creme ficado apenas no vidro de proteção.

Segundo o El País, o homem estava disfarçado com uma peruca e um boné, e estava de cadeira de rodas. Vídeos divulgados nas redes sociais mostram o jovem a ser escoltado para fora do museu e o vidro que protege o quadro coberto de creme.

Pouco depois de o homem atirar o bolo, os seguranças do museu derrubaram-no e levaram-no à saída.

“Pensem na Terra, pensem na Terra, há pessoas que estão a destruir a Terra, pensem nisso. Todos os artistas dizem para pensar na Terra, todos os artistas pensam na Terra, é por isso que eu fiz isto. Pensem no Planeta”, disse o jovem enquanto era acompanhado pelos seguranças.

Esta não é a primeira vez que tentam atacar a famosa pintura de Leonardo da Vinci. Em 2009, um turista russo atirou uma chávena de chá, que se estilhaçou ao atingir a vitrine.

Antes disso, em 1974, enquanto estava em exibição no Museu Nacional de Tóquio, uma mulher usou um spray de cor vermelha para atacá-lo, mas sem sucesso. Em 1956, uma pessoa atirou ácido à pintura, tendo ficado danificada a parte inferior, e um pintor boliviano atirou uma pedra, causando pequenos danos.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.