Células estaminais cancerígenas. Nova molécula pode matar o cancro na raiz

Uma equipa de cientistas da Universidade de Toledo descobriu uma classe inteiramente nova de agentes que matam o cancro e que prometem erradicar células estaminais cancerígenas.

As descobertas da equipa da Universidade de Toledo podem revelar-se um verdadeiro avanço não só no tratamento de tumores, como também na garantia de que o cancro não volta anos depois. Esta descoberta dá uma certa tranquilidade aos pacientes de que a sua doença realmente desapareceu.

“Nem todas as células cancerígenas são iguais, mesmo as do mesmo tumor”, disse o investigador William Taylor, professor do Departamento de Ciências Biológicas da Faculdade de Ciências Naturais e Matemática da Universidade de Toledo.

“Há muita variabilidade e algumas das células, como as células estaminais cancerígenas, são muito desagradáveis. Toda a comunidade científica está a tentar descobrir como matá-las, e esta pode ser uma forma de o fazer”, acrescentou, citado pelo EurekAlert.

As células estaminais cancerígenas são um alvo intrigante para os cientistas devido ao seu potencial de regenerar tumores. Estas células não diferenciadas, explica o New Atlas, contêm uma espécie de “semente de cancro” escondida, à espera da melhor altura para acordar e começar a causar estragos.

Quando os médicos removem um tumor cirurgicamente ou o direcionam com a ajuda de quimio ou radioterapia, o cancro pode desaparecer (pelo menos aparentemente). No entanto, as evidências sugerem que uma pequena subpopulação de células cancerígenas adaptáveis pode continuar a circular pelo corpo para semear novas metástases em locais distantes.

A pequena molécula que os investigadores isolaram prende-se a essas células estaminais e mata-as, bloqueando a absorção de um aminoácido chamado cistina. Para a equipa, que publicou recentemente o seu estudo na revista Scientific Reports, a descoberta de uma nova classe de moléculas terapêuticas pode ser uma valiosa contribuição para a pesquisa da doença.

“Atualmente, não há fármacos capazes de matar células estaminais cancerígenas, mas continuamos à procura. Muitas drogas são descobertas por serendipidade. Muitas vezes, em Ciência, quando obtemos resultados inesperados, aceitamos de bom grado uma vez que abrem uma nova linha de pesquisa”, resumiu Taylor.

Os cientistas vão continuar a testar a eficácia da terapia recém-identificada. Como as moléculas visam seletivamente as células estaminais cancerígenas, é possível que elas possam ser combinadas com outras drogas quimioterápicas de forma a oferecer um tratamento mais abrangente.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Parasitas": O Melhor Filme dos Óscares chega à televisão

Parasitas vai passar na televisão esta sexta-feira (3), às 21h30, no canal TVCine Top. A produção de Bong Joon-ho angariou, nesta última award season, inúmeras nomeações, tendo sido Palma de Ouro no Festival de Cinema …

Países entram numa "guerra secreta" por ventiladores, admite agente da Mossad

Muitos países estão a utilizar os seus serviços de informações para a compra de material de saúde encomendado por outros, sobretudo ventiladores, para enfrentar a crise do novo coronavírus, disse um agente da Mossad, encarregado …

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …

Comissão de Trabalhadores da TAP pede nacionalização da companhia

A Comissão de Trabalhadores (CT) da TAP reforçou esta quarta-feira o apelo para que a transportadora “se torne 100% pública”, depois de a empresa ter anunciado o lay-off da maioria dos trabalhadores, segundo um comunicado. No …