Novo modelo geofísico ajuda a prever furacões com origem no Golfo do México

Ao analisar a temperatura da atmosfera, que se encontra a vários quilómetros acima da Terra, os investigadores descobriram uma forma de prever quantos furacões podem afetar o Golfo do México no verão e no outono.

Os novos modelos de previsão de furacões no Golfo do México podem ajudar as autoridades a planear respostas a grandes desastres, tal como a mitigar o perigo apresentado por furacões como o Ida.

Os climatologistas desenvolveram várias técnicas para prever a intensidade da época de furacões. No entanto, a maioria deles vê a bacia do Atlântico como um todo, e não apenas como o Golfo. Segundo os autores do novo estufo, esta perceção é um problema já que as condições geográficas e climáticas são bastante diferentes no Golfo do México, que é uma sub-bacia do Atlântico.

“O Golfo do México é uma sub-bacia do Atlântico muito ativa”, referiu Paul Miller, principal autor no novo estudo, publicado na revista AGU Geophysical Research Letters.

De acordo com o estudo, é mais provável que as tempestades se formem no início da época de furacões no Golfo do que no Atlântico. Ou seja, em épocas de pico de temperatura na superfície do oceano, de agosto a outubro, os sistemas de tempestades nascem no Golfo e podem utilizar a energia disponível para se intensificar rapidamente.

Além disso, como o Golfo é quase totalmente fechado, estas tempestades geralmente envolvem algum tipo de impacto terrestre.

Estes fatores são a razão pela qual é importante haver a capacidade de prever a quantidade de furacões que podem impactar o Golfo, mas até agora não havia uma forma eficaz de o fazer.

Durante a pesquisa, a equipa examinou os registos de modelos mantidos pelo National Center for Environmental Prediction a partir de 2012, de modo a procurar tendências que pudessem revelar formas de prever tempestades no Golfo.

Os investigadores, escreve o Phys, notaram uma correlação entre a temperatura na metade da troposfera – a camada mais baixa da atmosfera da Terra – e o número de tempestades.

A temperatura média dessa área acima do Golfo, prevista por modelos executados em maio, pode prever com precisão quantas tempestades poderão passar pelo Golfo de junho a novembro – que corresponde à típica altura de tempestades.

Corene Matyas, professora de geografia da Universidade da Flórida, sublinha a importância deste avanço. “Criaram uma métrica bastante simples para tentar prever furacões no Golfo do México”, referiu.

A maioria dos modelos tenta apenas prever os sistemas de tempestades do Atlântico como um todo, acrescentou, referindo que esta técnica destaca “a necessidade de olhar para uma sub-região de toda a bacia do Atlântico porque as condições podem ser diferentes”.

Por sua vez, Miller afirma que as autoridades competentes podem usar este modelo para preparar melhor os recursos para a mitigação de desastres, seja a instalação de abrigos ou outras questões.

Também as indústrias podem usá-lo para desacelerar as operações antes de possíveis grandes estragos.

Um exemplo de uma grande tempestade que atingiu o Golfo do México nos últimos tempos foi o furacão Ida.

O impacto do furacão reduziu a produção de petróleo no Golfo do México durante semanas e agora vai manter a pressão sobre as reservas até ao início do próximo ano, alertou a Agência Internacional de Energia (AIE).

Só em agosto, estima-se que tenha havido uma nova queda de 31,1 milhões de barris.

  Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Erro terrível". Cemitério enterra neonazi em sepultura que tinha pertencido a um judeu

A Igreja Evangelista já admitiu que foi "um erro terrível" enterrar um conhecido neonazi na sepultura que anteriormente pertenceu a um judeu. Henry Hafenmayer foi enterrado na passada sexta-feira no cemitério de Südwestkirchhof Stahnsdorf. O neonazi, e …

Carlos do Paulo deixa de ser advogado de João Rendeiro

Ex-banqueiro, que se encontra em fuga à justiça portuguesa, deixa de ser defendido por Carlos do Paulo e volta a ser representado por Joana Fonseca que o defendeu no último julgamento. Segundo noticia o Expresso, esta …

Jack Ma volta a ser visto em Hong Kong

O fundador do Grupo Alibaba, Jack Ma, longe dos olhares do mundo desde o final do ano passado, está agora em Hong Kong e tem-se encontrado com parceiros de negócios nos últimos dias. Jack Ma tem …

Marcelo acredita na aprovação do OE2022, mas não descarta cenário de eleições antecipadas

O Presidente da República alertou hoje que um eventual chumbo do Orçamento do Estado para 2022 "muito provavelmente" conduziria à dissolução do parlamento e a eleições antecipadas, com "seis meses de paragem na vida nacional". Em …

Pandora Papers. Morais Sarmento corrige a declaração de rendimentos e património no TC

Nuno Morais Sarmento, vice-presidente de Rui Rio, pediu ao Tribunal Constitucional que sejam acrescentadas as participações sociais que tem em três empresas moçambicanas. De acordo com o jornal Expresso, a alteração surge na sequência dos Pandora …

Pegadas mais antigas de pré-humanos identificadas em Creta

As pegadas mais antigas já conhecidas de pré-humanos foram encontradas na ilha de Creta, na Grécia, e têm pelo menos seis milhões de anos. As pegadas em questão foram descobertas, em 2017, perto da aldeia de …

Enfermeira a preparar uma vacina

Vacina russa de dose única com 70% de eficácia contra variante Delta

A vacina russa contra a covid-19 de dose única, Sputnik Light, apresenta 70% de eficácia contra a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 três meses após a inoculação, anunciou hoje um laboratório daquele país. Segundo o Centro …

Três selecções apuradas para o Mundial 2022 (mas Will Grigg não vai ao Qatar)

Qatar e Alemanha já estavam qualificadas e a Dinamarca completou o trio. Irlanda do Norte está fora destas contas. A Dinamarca já assegurou a qualificação para a fase final do Mundial 2022. A confirmação - do …

Santuário de Fátima repleto na primeira peregrinação sem restrições

A peregrinação internacional aniversária de outubro ao Santuário de Fátima, que hoje termina, está a decorrer "dentro da normalidade" e sem registo de incidentes, informou a GNR. Esta é a primeira que se realiza sem restrições …

Nuvem de dióxido de enxofre do vulcão de La Palma chega à Península Ibérica

Em comunicado, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) alertou que uma nuvem de dióxido de enxofre, proveniente do vulcão Cumbre Vieja, em ilha La Palma, nas Canárias, atingiu a Península Ibérica. A informação …