Desvendado mistério da formação das colossais crateras nos solos da Sibéria

Várias crateras têm aparecido de forma explosiva na Península Yamal, no oeste da Sibéria. Apesar de os cientistas suspeitarem de que o gás metano se infiltrou na tundra enquanto degela e causa as explosões, há cientistas empenhados em investigar este misterioso fenómenos.

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas do Woodwell Climate Research Center, identificou três novas crateras na região. Fotografias tiradas por drones, modelagem 3D e Inteligência Artificial indicaram que as crateras podem estar fortemente relacionadas com as mudanças climáticas.

Até agora, foram documentadas 17 crateras, sendo que a última foi descoberta no ano passado. Uma equipa de cientistas russos visitou-a em agosto de 2020, tendo sido a primeira vez que os especialistas usaram um drone para estudar uma cratera em profundidade. As descobertas foram publicadas na Geosciences.

Para analisar os buracos, os especialistas usaram dados de satélite para criar um modelo, baseado em Inteligência Artificial, com a plataforma de computação em nuvem do Google Earth Engine. O modelo mostrou todas as sete crateras relatadas por cientistas até 2017 e descobriu três novas, avança o Interesting Engineering.

Com base no modelo, a equipa chegou à conclusão de que as crateras começam a formar-se no subsolo em taliks, uma espécie de bolsas de terra descongelada que se formam sob os lagos árticos quando a água aquece. A quantidade de gás metano nos taliks pode ser elevada, o que provoca a explosões.

“Estas crateras representam um processo do sistema terrestre que era desconhecido até então”, resumiu Sue Natali, diretora do programa do Ártico no Woodwell Climate Research Center e co-autora do artigo científico, em declarações ao Gizmodo.

O modelo também revelou algumas mudanças na região. Entre 1984 e 2017, cerca de 5% da área analisada sofreu mudanças no ecossistema: “mudanças na vegetação; elevação e extensão da água”, com lagos inteiros a morrer devido ao permafrost que forma as suas bordas externas; e fundos a derreter com as temperaturas cada vez mais altas.

A área também ficou mais verde e o derretimento do gelo está a fazer com que algumas partes da região afundem.

“As crateras e outras mudanças abruptas que ocorrem na paisagem do Ártico são indicativas de um rápido aquecimento e degelo, que pode ter consequências graves para os residentes do Ártico e do mundo”, rematou Natali.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Duque de Edimburgo foi transferido para outro hospital

O Palácio de Buckingham anunciou esta segunda-feira que o príncipe Filipe, marido da rainha do Reino Unido, Isabel II, foi transferido para outro hospital de Londres para continuar o tratamento de uma infeção. O Palácio disse …

Presidência da UE. Governo trabalha para encontro com Biden durante "semestre português"

A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia quer um encontro com o Presidente Joe Biden ainda durante o primeiro semestre. A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE) está a trabalhar na realização de …

Vacina da Pfizer. Intervalo entre doses aumenta para 28 dias (e lista de prioritários vai incluir pessoas com trissomia-21)

O intervalo entre a toma das duas doses da vacina da Pfizer/BioNtech contra a covid-19 foi alargado de 21 para 28 dias, anunciou esta segunda-feira o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda …

Caso do avião com cocaína. PJ vai vigiar Aérodromo de Tires 24 horas por dia

A Polícia Judiciária (PJ) vai vigiar as movimentações de aeronaves e passageiros que chegam e saem do Aeródromo de Tires 24 horas por dia. A informação foi adiantada pelo Correio da Manhã, que falou com …

Facebook paga 650 milhões para encerrar litígio sobre vida privada nos EUA

O juiz federal norte-americano James Donato aprovou a indemnização de 650 milhões de dólares (540 milhões de euros) a 1,6 milhões de utilizadores do estado norte-americano do Illinois por parte do Facebook. Este acordo, assinado na …

"Retoma da normalidade". Bruxelas propõe este mês livre-trânsito digital para vacinados e recuperados

A Comissão Europeia vai apresentar este mês uma proposta legislativa para criar um livre-trânsito digital que permita retomar as viagens em altura de pandemia de covid-19, comprovando a vacinação ou a recuperação dos cidadãos. A informação …

Noiva de Khashoggi pede "punição imediata" de Mohammed bin Salman

As declarações da noiva de Jamal Khashoggi surgem depois de as autoridades norte-americanas terem publicado um relatório em que Mohammed bin Salman é acusado de ter ordenado o assassínio do jornalista. Joe Biden está a ser …

Covax permite que países mais pobres comecem a receber a vacina (mas só garante 20% da vacinação)

A Covax visa fornecer vacinas contra a covid-19 a 20% da população de 200 países e territórios que estão incluídos no sistema através de um sistema de financiamento que permite a 92 economias de baixo …

Reino Unido vacinou 20 milhões com 1.ª dose. País deteta casos de variante de Manaus

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, anunciou no domingo que mais de 20 milhões de pessoas no Reino Unido já receberam a primeira dose da vacina contra covid-19. "Estou absolutamente encantado por informar que mais …

Famílias numerosas já podem pedir desconto no IVA da luz

As famílias com cinco ou mais elementos podem pedir a redução do IVA da eletricidade ao seu fornecedor a partir desta segunda-feira e têm de comprovar a sua condição de família numerosa. Em causa está a …