Ministra norueguesa atirou-se à água para se pôr na pele dos refugiados

A ministra da Imigração e da Integração da Noruega, Sylvi Listhaug, está no olho do furacão depois de se ter lançado à água para se pôr na pele dos refugiados que procuram chegar à Europa. A governante é ridicularizada e acusada de desrespeitar os mortos e de tratar o problema da migração como uma anedota.

O “mergulho político” de Sylvi Listhaug, como já chamam à sua iniciativa, aconteceu no passado dia 19 de Abril, ao largo de Lesbos, na Grécia. A ministra vestiu-se à altura do acontecimento, com colete salva-vidas e um fato à prova de água, lançando-se para o mar sob a vigilância atenta de nadadores salvadores noruegueses, presentes na Ilha grega para ajudarem os migrantes.

“Não nos podemos colocar na mesma situação que os refugiados, mas podemos vê-la do ponto de vista deles, do que é estar assim dentro da água”, justificou a ministra, em declarações a um canal de televisão norueguês.

No entanto, os seus conterrâneos não entendem a iniciativa da mesma forma e criticam-na, lembrando nomeadamente as políticas anti-migração que o partido a que está ligada defende.

A deputada socialista norueguesa Karin Andersen chega a propor à ministra, de forma irónica, que “abra a janela para compreender o ponto de vista dos sem-abrigo”. E muitos a acusam de desrespeitar os milhares de pessoas que morreram na travessia para a Europa e de tratar o assunto como uma “anedota”.

Por outro lado, o “mergulho” de Sylvi Listhaug está a gerar uma onda de sátiras e há até quem sugira à ministra que, por razões de segurança, é melhor atirar-se antes para um copo de água.

Sylvi Listhaug já tinha sido notícia em Janeiro passado, quando decidiu reenviar migrantes da Noruega para a Rússia quando as temperaturas locais andavam na ordem dos 30 graus negativos.

A explicação que deu para a decisão acabou por alimentar ainda mais a onda de críticas. “Quando as pessoas não têm o direito de permanecer na Noruega são reenviadas para outros países, isso implica, na maior parte dos casos, que elas partam para condições menos boas que na Noruega, muito simplesmente porque a Noruega é um dos melhores países para viver”, disse na altura a ministra.

SV, ZAP

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Que parvalhona… como se fosse possivel igualar a aflição dos refugiados atirando-se para a agua… é mesmo estupida. Que figurinha triste…idiota

  2. Que atitude ridicula esta mulher teve. Quanto a mim deveria ser imediatamente demitida do cargo. Se os refugiados tivessem o fato que ela tem vestido, provavelmente não haveria tanta vida perdida no mar. Deveria agora ser obrigada a fazer o mesmo “salto” só com a roupa do dia a dia.

RESPONDER

Luanda Leaks. Plataforma confirma que recebeu os dados de Rui Pinto

A Plataforma de Proteção de Denunciantes na África (PPLAAF) confirmou que recebeu do 'hacker' português Rui Pinto os dados relacionados com as recentes revelações sobre a fortuna da empresária angolana Isabel dos Santos. “Muitos meios de …

Príncipe André ofereceu "zero cooperação" no caso Epstein, diz procurador

O Príncipe André ofereceu "zero cooperação" na investigação sobre os crimes do falecido investidor Jeffrey Epstein, embora o FBI e o Ministério Público de Nova Iorque tenham pedido para interrogá-lo. Segundo afirmou o procurador do distrito …

Conceição queixou-se das condições, mas a realidade é bem diferente

No fim do jogo da final da Taça da Liga, Sérgio Conceição desabafou sobre as condições em que trabalha. No entanto, a realidade mostra algo bem diferente daquilo que o treinador dá a entender. Após a …

Estado Islâmico elege Israel como "alvo específico" da sua luta

O grupo 'jihadista' Estado Islâmico (EI) afirmou na segunda-feira, através de uma mensagem áudio, pretender desencadear uma "nova fase" da sua 'jihad', ao eleger Israel como alvo específico. O apelo foi emitido quando o Presidente norte-americano …

Francisco Rodrigues dos Santos: "No CDS não existem Joacines"

O líder do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, afirmou hoje ter uma "confiança inabalável em todos os deputados" que representam o partido na Assembleia da República, e remeteu para mais tarde a questão da liderança …

Cada vez mais freiras sofrem de burnout no Vaticano

Há cada vez mais freiras a sofrerem de burnout no Vaticano. Várias irmãs denunciaram excesso de trabalho, stress, exploração laboral e abusos por parte dos superiores. Sem contrato de trabalho ou horários definidos, muitas freiras que …

"Foi uma cena de acidente devastadora". Helicóptero que matou Kobe Bryant não tinha caixa negra

As circunstâncias do acidente que provocou a morte de Kobe Bryant, da filha do ex-basquetebolista da NBA e de mais quatro pessoas, continuam a ser investigadas. Sabe-se, agora, que o helicóptero onde seguiam as vítimas …

EUA apresentam plano de paz para o Médio Oriente já condenado pela Palestina

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, apresenta esta terça-feira o seu plano de paz para o Médio Oriente, após reuniões com líderes israelitas, que poderá estar condenado ao fracasso, perante a rejeição dos …

Vacina chinesa para o coronavírus pode começar a ser testada em menos de 40 dias

A equipa chinesa que trabalha no desenvolvimento de uma vacina para combater o coronavírus de Wuhan disse que espera poder começar os testes em menos de 40 dias, informou a agência estatal Xinhua. Pelo menos 106 …

Netanyahu anuncia retirada da sua imunidade parlamentar

Benjamin Netanyahu retirou o pedido de imunidade ao Parlamento israelita contras as três acusações de que foi alvo em novembro, que envolvem casos de corrupção, fraude e abuso de confiança. O primeiro-ministro de Israel disse, em …