Ministério recomenda testes e atenção à saúde mental de alunos do ensino superior

Rodrigo Antunes / Lusa

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomendou às instituições científicas e de ensino superior a “disponibilização de condições de testagem para SARS-CoV-2” e programas “de mitigação” dos efeitos da pandemia na saúde mental dos estudantes.

Através de um documento divulgado na quinta-feira, o ministério liderado por Manuel Heitor apresentou várias recomendações para as instituições científicas e de ensino superior colocarem em prática a partir de 19 de abril.

O Governo aprovou em reunião do Conselho de Ministros, na quinta-feira, o plano faseado de desconfinamento. Esta planificação prevê o regresso das aulas presenciais para estudantes dos ensinos secundário e superior a partir de 19 de abril.

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomendou aos estabelecimentos visados a preparação de uma “reativação faseada de atividades letivas e não letivas” presenciais que contemplem “a disponibilização de condições de testagem para o SARS-CoV-2 aos docentes, investigadores, não docentes e estudantes que desenvolvam a sua atividade presencialmente”.

A Tutela também aconselhou a manutenção das regras definidas pela Direção-Geral da Saúde para reduzir a probabilidade de contágio (uso de máscaras, distanciamento físico, entre outras) e a “manutenção dos mecanismos de monitorização e controlo atualmente implementados para garantir o acompanhamento da situação de risco e potencial contágio em cada instituição”.

Prevendo que a pandemia vá “aprofundar as dificuldades de ordem social, pedagógica e de saúde existentes” também na comunidade estudantil, “recomenda que as instituições de ensino superior desenvolvam programas de mitigação e compensação dos efeitos da covid-19 nos estudantes”.

Ou seja, é sugerida uma atenção redobrada aos estudantes, garantindo, “sempre que necessário, o apoio psicológico e o acompanhamento do estado de saúde mental da comunidade académica, em estreita articulação” com as associações de estudantes e federações.

O Ministério também destacou a necessidade de ser dado o acompanhamento devido aos estudantes que entraram este ano letivo para o ensino superior, de combater o abandono escolar e a preparação do ano letivo 2021/2022 e do acesso ao ensino superior.

Reitores queriam aulas práticas mais cedo

Apesar de as aulas presenciais para o ensino superior começarem no dia 19 de abril, esse regresso deve ser faseado. Mas os responsáveis das instituições de ensino queriam retomar as aulas práticas mais cedo.

A principal preocupação prende-se com as disciplinas práticas, por exemplo em cursos de saúde, desporto ou artes, que estão genericamente suspensas desde o início do segundo semestre letivo, escreve o jornal Público.

“Corremos o risco de chegar ao final do ano e dar diplomas que atestam competências que os estudantes nunca praticaram“, alerta o presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, António Sousa Pereira.

Também o presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos, Pedro Dominguinhos, considera que as instituições de ensino superior estavam prontas para “retomar desde já as aulas em condições de segurança”, com um número reduzido de pessoas nas suas instalações, atendendo a que a maioria dos cursos tem funcionado em regime misto, com aulas teóricas à distância e apenas as aulas práticas a exigir a presença dos estudantes nas salas e laboratórios.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins

Dia N, de negociações. Bloco de Esquerda reúne-se com Governo e tem "abertura" para negociar

António Costa tem duas provas de fogo esta terça-feira: o primeiro-ministro lidera a delegação do Governo que vai encontrar-se em separado com o Bloco de Esquerda e com o PCP. Depois de na segunda-feira ter enviado …

Nos próximos cem anos, o gelo do Ártico pode desaparecer e, com ele, os ursos polares

Cientistas esperam que o chamado "gelo de verão" venha a desaparecer por volta do ano de 2100 e com ele muitas das espécies que habitam na região do Ártico. O gelo que preenche o mar …

Num momento único, astrónomos viram uma anã branca a "ligar e desligar"

Pela primeira vez, uma equipa de astrónomos usou o Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS) para ver uma anã branca a desligar e ligar abruptamente.  Em astronomia, uma anã branca é um remanescente estelar composto principalmente por …

Pela primeira vez, o Princípio da Equivalência de Einstein foi verificado em quasares

Investigadores conseguiram medir o desvio para o vermelho gravitacional em quasares e assim estender o teste a regiões muito distantes de onde a luz foi emitida quando o nosso Universo era jovem. De acordo com a …

Cogumelos laminados

O consumo de cogumelos pode diminuir o risco de depressão

Além de reduzirem o risco de cancro e morte prematura, os cogumelos podem beneficiar a saúde mental de uma pessoa. Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina de Penn State, nos Estados Unidos, analisou dados …

Os hipopótamos de Pablo Escobar começaram a ser esterilizados

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do indesejado legado deixado na Colômbia pelo traficante de droga Pablo Escobar, está a ser esterilizado. Quando o Cartel de Medellín estava no seu auge, Pablo Escobar gastou parte …

Ian Brackenbury Channell, o "feiticeiro de Christchurch"

Duas décadas depois, uma cidade neozelandesa decidiu despedir o seu feiticeiro

Vinte e três anos depois, a autarquia de Christchurch, na Nova Zelândia, decidiu despedir Ian Brackenbury Channell, o famoso feiticeiro da cidade. Desde 1998 que Ian Brackenbury Channell era o "feiticeiro de Christchurch", sendo responsável por …

Um dos microscópios de Darwin vai a leilão. Esteve nas mãos da sua família durante quase 200 anos

Um microscópio que Charles Darwin ofereceu ao filho Leonard - e que esteve nas mãos da sua família ao longo de quase 200 anos - vai ser leiloado em dezembro e poderá valer cerca de …

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …