Menina de 11 anos queria abortar depois de ser violada, mas foi obrigada a fazer cesariana

Uma criança argentina de 11 anos foi obrigada a ter o bebé após ter sido violada pelo namorado da avó. A menina e a mãe pediram para abortar, mas o governo regional obrigou à continuidade da gravidez e ao parto por cesariana.

Na Argentina, uma criança de 11 anos engravidou por ter sido violada pelo namorada da sua avó. Segundo o Público, a criança teve permissão do tribunal para abortar, mas enfrentou a rejeição dos médicos do hospital para o qual foi encaminhada, que alegaram objeção de consciência.

Aliás, a última médica que aceitou realizar o procedimento, enganou-a: depois de a ter anestesiado, fez uma cesariana em vez de um aborto, sem consentimento da criança ou da sua família.

O caso aconteceu na província de Tucumán, na Argentina, e gerou grande controvérsia. Citada pela Folha de São Paulo, a médica que fez a cesariana afirmou que a menina apresentava sintomas de pré-eclampsia, que punham em risco a sua vida e a do bebé, tendo sido por esse motivo que decidiu avançar para a cesariana, sem pedir autorização.

Quando o pedido formal de aborto foi apresentado, no final de janeiro, a gravidez estava já na 19.ª semana, mas a Justiça levou apenas três semanas a deliberar sobre o caso. Este foi outro dos motivos que os médicos do Hospital Eva Péron apresentaram para argumentar a recusa em fazer o aborto, considerando que seria uma operação de alto risco.

Contudo, a médica que fez a cesariana não pertencia ao quadro do hospital. A profissional fazia clínica privada e foi chamada porque todos os médicos se recusaram a tratar a menina.

Ao jornal Clarín, a médica Cecilia Outsset conta que ela e o marido realizaram a intervenção, já depois da meia noite, e que “teve de um anestesista de outro sítio”. “A verdade é que não se podia esperar um parto por via vaginal, porque o corpo dela não estava desenvolvido e não tinha condições psicológicas, por causa dos abusos que sofreu.”

Na terça-feira, uma juíza tornou claro que era preciso cumprir a determinação do tribunal e fazer o aborto. O Ministério da Saúde de Tucumán reproduziu a ordem, mas com uma pequena (e significativa) alteração: “É preciso salvar as duas vidas.” Daí a cesariana em vez da interrupção voluntária da gravidez.

De acordo com o Público, o tribunal supremo provincial esclareceu que a ordem do ministro da Saúde local “não reflete o expediente judicial”. A menina não queria ser mãe, não é o que estipula o Código Penal, nem o Supremo Tribunal para estes casos. Para as Nações Unidas, a maternidade forçada é uma forma de tortura.

Este caso ganhou ainda mais relevância nesta região uma vez que, no final do ano passado, um grupo de deputados regionais apresentou um projeto legislativo para proibir os abortos mesmo em caso de violação, uma medida inédita no país.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • LOL, as religiões são um pilar da sociedade e convivencia, neste caso específico, se esta criança fosse uma das minhas filhas, a minha religião dita que eu teria o direito e dever moral de castrar o violador á porrada e engravidar a doutora de forma anal recorrendo para tal a um pau de madeira com 50cm de comprimento e 7cm de diâmetro.

      Isto é o que dá ser membro e praticante do Reino universal da minha casa.

RESPONDER

A supergigante Betelgeuse é mais pequena e está mais perto da Terra do que se pensava

De acordo com um novo estudo feito por uma equipa internacional de investigadores, podem ser necessários mais 100.000 anos até que a estrela gigante vermelha Betelgeuse morra numa explosão de fogo. O estudo, liderado pela Dra. …

Mulheres menos propensas à covid-19 por respeitarem mais o distanciamento social

Uma das razões pelas quais as mulheres podem ser menos vulneráveis ​​a infeção pelo novo coronavírus deve-se ao facto de serem mais propensas a aderir às políticas de distanciamento social, sugeriu uma nova pesquisa. Uma pesquisa …

Braga 3 - 0 AEK | Minhotos de gala conquistam atenienses

O Sporting de Braga iniciou a sua participação no Grupo G da Liga Europa com uma vitória. Na recepção aos gregos do AEK de Atenas, os minhotos mostraram ser muito mais equipa e ganharam por …

Capitalismo vai arruinar o planeta até 2050, alertam cientistas

Um grupo de cientistas alerta que se continuarmos com este capitalismo desenfreado, o nosso planeta vai sofrer consequências a nível climático e ambiental. Até 2050, o planeta Terra pode sofrer seriamente às mãos do capitalismo desenfreado. …

Os novos faróis inteligentes da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro

Os novos faróis LED da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro, já que são capazes de projetar imagens na estrada ou em paredes. A novidade é lançada na nova linha de SUVs elétricos da …

FC Porto foi "histriónico" e não se portou bem, escreve-se em Manchester

Jornal inglês alega que os elementos do FC Porto foram exagerados, turbulentos e não tiveram um comportamento adequado. Não há uma única palavra sobre o árbitro. Na manhã seguinte à derrota (3-1) do FC Porto em …

De passagem secreta a cemitério de carros. Túnel sob Nápoles "esconde" veículos enferrujados da II Guerra

No centro de Nápoles, em Itália, há veículos e motocicletas abandonados e enferrujados dos anos 1940 alinhados num túnel a mais de 30 metros abaixo dos seus pés. A Piazza del Plebiscito foi nomeada após uma …

Primeira ministra islandesa interrompida por um terramoto quando dava uma entrevista em direto

Um terramoto de magnitude 5.6 interrompeu uma entrevista em direto da primeira ministra islandesa ao The Washington Post. Mas Katrin Jakobsdottir reagiu à situação de forma tranquila: "Isto é a Islândia". Katrin Jakobsdottir estava a dar …

O voo mais longo do mundo está de volta (e agora é ainda mais longo)

O voo da Singapore Airlines que partia de Singapura com destino até Nova Iorque, foi uma das vítimas do covid-19 e ficou suspendo a 23 de março. Agora, é possível viajar nesta rota novamente, e …

Obras de cinco museus de Berlim vandalizadas no início do mês

Sarcófagos egípcios, pinturas do século XIX e esculturas em pedra de três dos principais museus de Berlim foram atacados com uma substância líquida oleosa a 3 de outubro, dia em que se festejaram os 30 …