Médico paquistanês que ajudou a CIA a encontrar Bin Laden ainda está preso e é considerado um traidor

(dr) IST

Osama Bin Laden ensinava pessoalmente matemática e ciências às filhas todos os dias

Antes de ser eleito, em 2016, para a presidência dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump prometeu libertar o médico paquistanês Shakil Afridi, que guiou os americanos até ao líder da Al Qaeda, Osama Bin Laden, em 2011, algo que ainda não aconteceu. O homem não se conforma e apela a um julgamento justo.

De acordo com um artigo da Visão, há muito que Shakil Afridi apela por um julgamento justo, depois de ter sido condenado a para cumprir 33 anos de prisão, por ordem de um tribunal superior, mas sem nunca ser formalmente acusado pelo seu papel na operação que levou as autoridades a Bin Laden.

Para já, e com o julgamento suspenso até dia 22, a pedido dos promotores do caso, parece que pela primeira vez Shakil Afridi, de 57 anos, será julgado numa audiência pública. “Fui abandonado”, mandou dizer pelo seu advogado, Qamar Nadeem.

A prisão de Shakil Afridi causou muita indignação do outro lado do Atlântico e, à época, os EUA até anunciaram a redução da ajuda monetária ao Paquistão: um milhão de euros por cada ano de prisão. Depois, durante a campanha eleitoral para a presidência, Donald Trump prometeu que o libertaria “em dois minutos, se fosse eleito”. Não aconteceu.

Além disso, apesar de ser considerado um herói na América, no Paquistão é visto como um traidor. Graças ao seu envolvimento num falso programa de vacinação, os Navy Seals da marinha americana foram capazes de sobrevoar uma boa parte do país, matar o mentor dos ataques terroristas de 11 de setembro e fugir com o corpo, sem serem intercetados.

Há dez anos que Osama Bin Laden andava a despistar quem o procurava, uma década em que apenas aparecia em vídeos alegadamente gravados no seu abrigo, nas montanhas do Afeganistão. O Paquistão sempre apregoou que é, e foi, um parceiro da luta contra o islão militante e fundamentalista. Mas até agora nada disso abonou a favor do médico.

Em 2011, Shakil Afridi era o principal responsável de saúde do distrito de Khyber, a menor das quatro províncias em que se divide o país, junto à fronteira com o Afeganistão. Supervisionou programas de vacinação à população, financiados pelos EUA – e acabou por aceitar implementar um programa contra a hepatite B, com especial atenção a Abbottabad, a cidade em que Bin Laden se abastecia.

O plano, montado pela CIA, era obter uma amostra de sangue das crianças que moravam na zona sob suspeita, para que os testes de ADN pudessem determinar se eram, ou não, parentes de Bin Laden.

Terá sido com esse intuito que um dos responsáveis da equipa de Shakil Afridi visitou o complexo em causa e recolheu sangue, embora nunca se tenha realmente comprovado se isso foi realmente determinante para os americanos localizarem, com sucesso, o seu alvo.

Mas 20 dias depois da morte de Bin Laden, a 23 de maio de 2011, Shakil Afridi seria preso – e a sua família passou a viver escondida, com receio de represálias. Em janeiro do ano seguinte, oficiais dos EUA admitiriam publicamente que o médico trabalhava para a agência de inteligência americana. Em sua defesa, o responsável de saúde alega que não sabia quem era o alvo da operação, quando a CIA o recrutou.

ZAP // //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Por causa deste truque, o programa de vacinação no Paquistão parou. Todos os voluntários que procediam à vacinação de crianças paquistanesas passaram a ser suspeitos de trabalharem para a CIA e ficaram com as suas vidas em risco.

RESPONDER

Sim, as pessoas ficam mais bonitas quando estamos bêbados

Uma investigação acaba de provar a teoria dos "óculos de cerveja": depois de ingerirmos álcool, as outras pessoas tornam-se mais atraentes para nós. Uma equipa de investigadores da Edge Hill University, no Reino Unido, resolveu investigar …

Leverkusen vs FC Porto | Luis Díaz mantém “dragão” à tona

O FC Porto perdeu na Alemanha, na visita ao Bayer Leverkusen, por 2-1, e tem tudo em aberto na perspetiva de chegar aos oitavos-de-final da Liga Europa. Após uma primeira parte difícil, na qual praticamente não …

Ex-presidente do Tribunal da Relação Vaz das Neves arguido na Operação Lex

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa foi constituído arguido no processo Operação Lex, em que também são arguidos o desembargador Rui Rangel e a sua ex-mulher e juíza Fátima Galante. A fonte adiantou à …

Rangers vs Braga | "Braveheart" romeno estraga noite "guerreira"

  O Sporting de Braga perdeu em casa dos escoceses do Rangers por 3-2, esta quinta-feira, em jogo da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol em que esteve a vencer …

Morreu Joaquim Pina Moura, antigo ministro da Economia e das Finanças

O ex-ministro da Economia e das Finanças morreu em casa, em Lisboa, aos 67 anos, devido a doença neurodegenerativa, disse à agência Lusa o filho, o fotojornalista João Pina. Natural de Loriga, Seia (distrito da Guarda), …

Duran Duran e A-ha levam anos 80 ao Rock in Rio

Os noruegueses A-ha, responsáveis por Take on me, tema que fez sucesso na década de 80, estrear-se-ão em palcos portugueses no Rock in Rio Lisboa, atuando no mesmo dia em que os ingleses Duran Duran. Segundo …

Maior avião comercial do mundo vai ser reciclado (mas vende lembranças)

O primeiro Airbus A380 vai ser dividido em peças para futuras substituições, mas vai voltar aos céus através de etiquetas de bagagem. O MSN003 começou a ser fabricado em 2004 e tornou-se o primeiro avião super …

Caso Roger Stone. Ex-consultor de Trump condenado a 40 meses de prisão

O ex-consultor do Presidente dos Estados Unidos foi condenado, esta quinta-feira, a mais de três anos de prisão, apesar da interferência do procurador-geral para reduzir a recomendação de sentença. Um tribunal federal condenou o ex-consultor de …

Shakhtar D. vs Benfica | "Águia" perde mas sai viva

Ainda não foi esta quinta-feira que o Benfica regressou à senda dos bons resultados. Na visita a Kharkiv, casa emprestada do Shakhtar Donetsk, os campeões nacionais perderam por 2-1. Os três golos nasceram todos na etapa …

Após 40 anos, a Casa dos Amantes de Pompeia abre ao público

Pela primeira vez após 40 anos, a Casa dos Amantes, rica em frescos e decorações e uma das jóias de Pompeia, vai abrir ao público. Encontrada durante escavações em 1933, a Casa dos Amantes, em Pompeia, …