Medicamento contra a diabetes pode reverter a perda de memória por Alzheimer

PhotoXpress

Num novo estudo de colaboração internacional, os cientistas descobriram que um medicamento desenvolvido para tratar a diabetes tipo 2 pode reduzir e reverter significativamente a perda de memória em ratos com doença de Alzheimer.

O próximo passo da pesquisa passa por testar o medicamento em humanos. Uma vez que o remédio já foi aprovado para comercialização, caso se prove um sucesso, pode chegar ao mercado muito mais rápido do que outras opções experimentais de tratamento para a demência.

Pesquisas anteriores já tinham estabelecido uma ligação entre as duas condições – a diabetes tipo 2 é um fator de risco para a doença de Alzheimer. Além disso, parece fazer a doença progredir mais rápido.

A explicação para esse facto pode passar pela insulina não chegar às células corretamente.

A insulina é uma hormona responsável pela redução da taxa de glicose no sangue e é, além disso, conhecida por proteger as células cerebrais.

Os cientistas têm observado resistência à insulina nos cérebros de pessoas com Alzheimer, pelo que decidiram investigar se os medicamentos que tratam a diabetes tipo 2 também podem melhorar os sintomas desta patologia.

Esta não é, no entanto, a primeira vez que cientistas pegam em medicamentos para a diabetes numa tentativa de combater o Alzheimer. A liraglutida, um medicamento para a diabetes, já foi usado no combate ao Alzheimer e alguns estudos dão conta de sucessos com esse fármcao. No entanto, os investigadores acreditam que este será mais eficaz.

O novo tratamento, com um fármaco referido apenas como “agonista de recetores triplo” (do inglês “triple receptor agonist”), protege as células cerebrais atacadas pelo Alzheimer de três formas diferentes, juntando diversas abordagens e evita a degeneração do cérebro.

Para isso, o medicamento ativa o GLP-1, o GIP e os recetores de glucagon – também conhecidos como incretina, uma classe de substâncias produzidas pelo pâncreas e pelos intestinos e que regulam o metabolismo da glicose – ao mesmo tempo. A ideia era que o medicamento ajudasse a reestimular as células cerebrais danificadas e impedir danos futuros.

Os cientistas testaram a droga em ratos geneticamente modificados para ter doença de Alzheimer e descobriram que o fármaco reverteu significativamente o déficite de memória e melhorou os níveis de um fator de crescimento cerebral que protege o funcionamento das células nervosas.

Além disso, o medicamento reduziu a quantidade de placas amiloides tóxicas no cérebro e diminuiu ainda a inflamação crónica e o stress oxidativo, assim como retardou a taxa de perda de células nervosas.

“Estes resultados muito promissores demonstram a eficácia de novos fármacos múltiplos que originalmente foram desenvolvidos para tratar diabetes tipo 2, mas têm efeitos neuroprotetores consistentes vistos em vários estudos”, disse o principal autor do estudo, Christian Hölscher, da Universidade Lancaster.

Fica, no entanto, a faltar a verificação do mesmo efeito em humanos. Deverão também ser realizadas comparações diretas com outros medicamentos para que os investigadores possam avaliar se este novo tratamento é melhor que os anteriores.

PARTILHAR

RESPONDER

Qual é a cor do seu nome? Esta plataforma mostra-lhe

A sinestesia é o nome que se dá à relação entre planos sensoriais diferentes - ou seja, ouvir um determinado som e pensar numa cor ou se associar números a uma cor. Uma mulher norte-americana chamada …

Criança de dois anos ficou esquecida oito horas em carrinha escolar

Uma menina, de dois anos, ficou esquecida, esta segunda-feira, durante oito horas numa carrinha escolar em Porto de Mós, no distrito de Leiria. De acordo com a SIC Notícias, a criança, de dois anos, costumava viajar na …

Donald Trump felicita "louco Bernie" pela vitória no Nevada

O senador norte-americano agradeceu aos apoiantes a vitória nas eleições primárias democratas, no sábado, no estado do Nevada. "Deixem-me agradecer o apoio das pessoas do Nevada. A coligação multigeracional e multirracial não só ganhou no Nevada, …

Investimento de 2,9 milhões no bloco operatório do Hospital da Figueira da Foz

O Ministério da Saúde anunciou, este domingo, que a remodelação do bloco operatório central do Hospital Distrital da Figueira da Foz, um investimento de 2,9 milhões de euros, vai avançar. "A necessária autorização ao Hospital Distrital …

Cabrita diz que relatório da IGAI não encontrou falhas no caso da Venezuela

O ministro da Administração Interna assegurou, este sábado, que não houve nenhuma violação das regras de segurança no voo da TAP ou no aeroporto de Lisboa. "Os resultados preliminares que acabei de receber desse relatório são …

Já são conhecidos os primeiros quatro finalistas do Festival da Canção

Bárbara Tinoco, Filipe Sambado, Elisa e Throes + The Shine foram os escolhidos, este sábado, para a final do Festival da Canção, que acontece em Elvas, a 7 de março. Estão decididos os primeiros quatro finalistas …

Ultra-conservadores e conservadores vencem Legislativas no Irão

O ex-presidente da câmara municipal, e candidato derrotado em três eleições Presidenciais, foi o mais votado em Teerão nas Legislativas desta sexta-feira. De acordo com os dados parciais avançados por media locais, este sábado à noite, …

Autoridades japonesas confirmam infeção de tripulante português

As autoridades japonesas confirmaram, este domingo, que o tripulante português do navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, deu teste positivo ao Covid-19. "Foi confirmado pelas autoridades de saúde japonesas que a pessoa em causa …

Flamengo de Jorge Jesus conquista Taça Guanabara

O Flamengo conquistou, este sábado, a Taça Guanabara, ao derrotar na final o Boavista por 2-1, após reviravolta no marcador. Depois de a meio da semana ter empatado 2-2 em casa dos equatorianos do Independiente del …

Covid-19 em Itália. Cidades sob quarentena, mais de 100 infetados e Carnaval de Veneza suspenso

O Governo italiano anunciou, este sábado, o isolamento de uma dezena de cidades, em particular na Lombardia, após serem detetados mais de 100 casos do novo coronavírus e confirmadas duas mortes. "Nas zonas consideradas como de …