Marte sobreviveu a super-erupções (que libertaram “oceanos” de poeira e gases tóxicos)

A região de Arabia Terra, situada no norte de Marte, já foi palco de erupções suficientemente potentes para libertar “oceanos” de poeira e gases tóxicos no ar. 

A NASA confirmou, recentemente, que uma região do norte do Planeta Vermelho, chamada Arabia Terra, sofreu milhares de “super-erupções” durante 500 milhões de anos. Segundo o comunicado da agência espacial norte-americana, estes antigos sítios vulcânicos foram palco das maiores erupções conhecidas pela ciência moderna.

Apesar de as “super-erupções” terem terminado há cerca de 4 mil milhões de anos, as evidências científicas indicam que Marte foi um planeta inequivocamente ativo no passado.

O Interesting Engineering explica que, enquanto analisavam a composição mineral e a topografia de Arábia Terra, os cientistas descobriram provas de milhares de erupções tão catastróficas que chegaram a ser mais violentas do que qualquer erupção planetária conhecida.

Estes eventos atiraram para o ar “oceanos” inteiros de poeira e gases tóxicos – como dióxido de carbono, vapor de água e dióxido de enxofre – alterando o clima do planeta durante décadas.

“Cada uma destas erupções teria tido um impacto climático significativo – talvez o gás libertado tivesse tornado a atmosfera mais espessa ou bloqueado a luz do Sol e tornado a atmosfera mais fria“, disse o geólogo Patrick Whelley, do Centro de Voo Espacial Goddard da NASA. “Os modelistas do clima marciano terão algum trabalho para tentar compreender o impacto dos vulcões.”

Antes deste trabalho, o consenso científico indicava que as depressões da região tinham sido causadas por impactos de asteroides, mas este novo estudo mostra que a área foi literalmente “escavada” pelo material libertado pelos vulcões, que criou as sete caldeiras vulcânicas de Arábia Terra.

As descobertas foram publicadas num artigo científico na Geophysical Research Letters em julho. A confirmação da NASA surgiu este mês para solidificar a compreensão do passado antigo de Marte.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Falta de respeito". Patrões abandonam Concertação Social e pedem audiência a Marcelo

As quatro confederações patronais suspenderam, esta sexta-feira, a sua participação nas reuniões da Concertação Social e decidiram solicitar uma audiência ao Presidente da República, perante a "desconsideração do Governo pelos parceiros sociais" na discussão sobre …

Parlamento aprova diplomas para alargar gratuitidade das creches e "direito ao esquecimento"

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um projeto-lei para o alargamento da gratuitidade das creches e de soluções equiparadas e ainda um diploma que consagra o "direito ao esquecimento". A Assembleia da República aprovou um projeto-lei do …

Costa está muito empenhado num acordo pelo OE, mas não "a qualquer preço"

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, que o Governo vai fazer tudo ao seu alcance para chegar a um acordo sobre o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), mas advertiu que "um acordo não se obtém …

Evergrande escapa por um triz ao default e garante o pagamento de juros de 71.7 milhões de euros

A gigante imobiliária chinesa conseguiu cumprir com o pagamento dos juros no limiar do fim da extensão do prazo. No entanto, persistem os receios sobre a possibilidade da crise na China contagiar a economia mundial. A …

Pessoas a andar na rua em Viena, Áustria

Em caso de apagão geral, Áustria é o primeiro país europeu a ter um Plano B(lackout)

E se houvesse um apagão que afetasse todo o continente europeu? O cenário é o argumento que o Ministério da Defesa austríaco tem usado para enviar um aviso à população desde o início deste mês. A …

Só um terço das empresas em Portugal têm gestores com um curso superior

O estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos refere que este valor é negativo para o país já que a formação superior dos gestores está associada à produtividade e há maior probabilidade da empresa começar …

Governo avança com desconto de 10 cêntimos por litro nos combustíveis para as famílias

O Governo vai criar um desconto de dez cêntimos por litro nos combustíveis para todas as famílias, até 50 litros por mês. Uma medida que estará em vigor entre novembro deste ano e março do …

Inês Sousa Real, porta-voz do PAN

PAN já enviou memorando de entendimento ao Governo

O partido Pessoas–Animais–Natureza enviou ao Governo, esta sexta-feira, o memorando de entendimento com cerca de 60 propostas, no âmbito do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "O PAN fez chegar ao Governo um memorando do qual …

Alterações ao Orçamento de 2021 custaram, afinal, muito mais do que o estimado pelo Governo

Apenas duas das 291 medidas adicionadas representaram um impacto anual de 88 milhões de euros, com o Governo a calcular, durante a especialidade, que a totalidade custaria 3,2 milhões de euros. As alterações feitas ao Orçamento …

Entre a pandemia e os preços da energia, Marcelo alerta que chumbo do OE criaria "mais um problema"

O Presidente da República reiterou, esta sexta-feira, que deseja evitar uma crise política criada por um eventual chumbo do Orçamento de Estado, porque "só juntaria um problema" à pandemia e à subida dos preços dos …