Marte pode ser demasiado pequeno para ser habitável

Marte pode ser demasiado pequeno para ser habitável. Uma equipa de investigadores sugere que a sua dimensão reduzida não lhe permite reter muita água.

Um novo estudo sugere que o pequeno tamanho de Marte pode ser a razão fundamental pela qual o planeta vermelho não consegue reter grandes quantidades de água como fazia no início da sua história.

De momento, Marte não tem água líquida na sua superfície. No entanto, estudos anteriores mostraram que Marte já foi um planeta rico em água. Os rovers da NASA até regressaram com imagens de paisagens marcianas marcadas por vales de rios e canais de inundação.

Os investigadores descobriram agora muitas explicações possíveis para explicar o porquê de não haver água líquida no planeta vermelho, incluindo um enfraquecimento do campo magnético de Marte que poderia ter causado a perda de uma espessa atmosfera.

“O destino de Marte foi decidido desde o início. É provável que haja um limite nos requisitos de tamanho dos planetas rochosos para reter água suficiente para permitir a habitabilidade e placas tectónicas, com uma massa superior à de Marte”, explicou o autor principal do estudo, Kun Wang, citado pelo Tech Explorist.

Wang e a sua equipa usaram isótopos estáveis ​​de potássio (K) para estimar a presença, distribuição e abundância de elementos voláteis em diferentes corpos planetários.

Este é um método relativamente novo, realça o comunicado da Europa Press. Noutros estudos, cientistas já usaram um método de rastreamento de potássio para estudar a formação da Lua.

A equipa de investigadores mediu as composições de isótopos de potássio de 20 meteoritos marcianos e descobriu que Marte perdeu mais potássio e outros voláteis do que a Terra durante a sua formação, mas reteve mais do que a Lua ou o asteróide 4-Vesta — dois corpos muito mais pequenos e mais secos do que a Terra e Marte.

“A razão para abundâncias muito menores de elementos voláteis e dos seus compostos em planetas diferenciados do que em meteoritos primitivos indiferenciados tem sido uma questão persistente. A descoberta da correlação das composições isotópicas K com a gravidade do planeta é uma nova descoberta com importantes implicações quantitativas para quando e como os planetas diferenciados receberam e perderam os seus voláteis”, salientou a coautora Katharina Lodders.

“Medindo os isótopos de elementos moderadamente voláteis, como o potássio, podemos inferir o grau de esgotamento volátil de planetas em massa e fazer comparações entre os diferentes corpos do sistema solar”, acrescentou.

Embora alguns modelos estimem que nos seus primórdios, Marte poderá ter tido mais água do que a Terra, Kun Wang não acredita que esse seja o caso.

Os resultados do estudo foram publicados recentemente na revista científica PNAS.

  Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Autópsia revela que Gabby Petito morreu por estrangulamento. Namorado continua desaparecido

A autópsia ao corpo de Gabby Petito revela que a jovem foi estrangulada. O namorado, Brian Laundrie, que a acompanhava na viagem, continua desaparecido. Além de revelarem o motivo da morte da norte-americana, as autoridades também …

F1: piloto do carro médico continua a recusar vacina (e português beneficia)

Alan van der Merwe não esteve no Grande Prémio da Turquia e, provavelmente, não vai estar em mais nenhuma corrida em 2021. Um português foi chamado para o Grande Prémio da Turquia, na Fórmula 1: Bruno …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos rejeita queixosos que queriam processar Vaticano por pedofilia

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) rejeitou esta terça-feira 24 queixosos que já tinham tentado perante tribunais belgas processar o Vaticano por atos de pedofilia cometidos por padres. O TEDH invocou em particular “a imunidade” …

Casa desaba em São Miguel devido a chuva forte mas sem fazer vítimas

Uma “casa antiga” ficou na última noite “totalmente destruída” na cidade de Ponta Delgada, nos Açores, devido à forte chuva que caiu em São Miguel, mas “os moradores não sofreram ferimentos”, disse esta terça-feira a …

O novo Super-Homem é bissexual e promete continuar a lutar para salvar o mundo

Revelação foi feita esta semana por Tom Taylor, autor da banda-desenhada que revelou não querer "desperdiçar" a oportunidade de conferir mais inclusão e representatividade à história. O novo Super-Homem, filho de Clark Kent e Lois Lane, …

Kim Jong-Un quer criar "exército invencível" para proteger a Coreia do Norte

Kim Jong-un promete construir um "exército invencível" face ao que diz serem políticas hostis dos Estados Unidos. Ainda assim, o líder norte-coreano garante que o país não procura “guerra com ninguém”. As declarações do líder da …

PSP da Figueira da Foz efetuou maior apreensão de droga em 20 anos

Cerca de 20 quilogramas (kg) de haxixe, quase 16 kg de liamba e cocaína para 3.395 doses foram apreendidos pela PSP da Figueira da Foz, na maior apreensão de droga em 20 anos. A droga apreendida …

Empresa alemã explodiu o seu próprio foguetão

A Rocket Factory Augsburg (RFA), uma startup alemã, terminou recentemente um teste de pressão criogénica destrutiva a um dos seus foguetões - o RFA One. A Rocket Factory Ausgburg realizou um teste a um dos seus …

Visitas hospitalares devem apresentar certificado digital ou teste negativo

Quem visitar um doente internado ou acompanhar um utente nos serviços do SNS vai ter de apresentar o certificado digital ou um resultado negativo de um teste à covid-19, segundo uma orientação da Direção-Geral da …

Medina renuncia a cargo de vereador para facilitar a vida a Moedas

Numa carta enviada à Assembleia Municipal, Fernando Medina afirma que a sua saída ajuda ao funcionamento do executivo municipal de Carlos Moedas, novo presidente da Câmara Municipal de Lisboa. Depois de uma derrota inesperada na …