Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/Kevin M. Gill

A câmara JunoCam a bordo da nave espacial Juno da NASA capturou esta imagem da região equatorial sul de Júpiter no dia 1 de setembro de 2017. A imagem está orientada de tal modo que os polos de Júpiter (não visíveis) estão nos lados esquerdo e direito da fotografia

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar.

“Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca pararia”, disse Benjamin Idini, estudante do Caltech, à Inverse. “Você continuaria a cair até que a pressão fosse tão grande que provavelmente iria esmagá-lo”.

As marés na Terra e em Júpiter não são de todo iguais, como explica Idini. Uma equipa de investigadores da universidade californiana analisou os efeitos que as 79 luas de Júpiter podem ter no maior planeta do nosso Sistema Solar e compararam-nos com os efeitos que vemos entre a Terra e a Lua.

O estudo usou dados recolhidos na missão Juno para desvendar os efeitos gravitacionais da Lua e descobriu que um deles teve o efeito mais profundo.

Os investigadores detetaram uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. Uma análise detalhada posterior revelou um tipo diferente de maré que percorre todo o planeta. Os cientistas descobriram um efeito adicional conhecido como marés dinâmicas.

A Inverse explica que as marés dinâmicas ocorrem quando a influência gravitacional da lua provoca oscilações em todo o interior do planeta gasoso.

Io é uma das quatro grandes luas de Júpiter e é uma espécie de mundo vulcânico que vomita lava constantemente no Espaço. A sua proximidade com Júpiter acabou por torná-la a culpada por trás das marés dinâmicas. As outras luas têm uma influência bem menor.

“A principal diferença é que, na Terra, temos o movimento dos oceanos sobre a Terra sólida, ou o fundo do oceano. Em Júpiter, não temos fundo do oceano ou algo parecido porque Júpiter é quase totalmente fluido”, explicou Idini.

A recente descoberta ajudará os cientistas a investigar o interior de Júpiter. Uma das possibilidade é descobrir a profundidade do interior do planeta. Os resultados do estudo foram publicados, em abril, na revista científica The Planetary Science Journal.

Ao voltar no tempo com Júpiter, os cientistas também têm uma ideia do início do Sistema Solar e de como ele se formou.

“Cada vez que Juno passa, temos uma imagem melhor de Júpiter”, diz Idini. “As pessoas devem ficar atentas se quiserem descobrir o interior de Júpiter”.

Com estes conhecimentos, os cientistas podem aplicá-lo a outros sistemas planetários que descobrirem na busca por exoplanetas a orbitarem em torno de estrelas distantes.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Casos disparam: 1350 novas infeções e seis óbitos

Nas últimas 24 horas, houve 1.350 novos casos positivos de covid-19 e morreram seis pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou 1.350 novos casos e seis óbitos por covid-19 …

Parlamento vai ouvir Medina e ministro dos Negócios Estrangeiros

Fernando Medina e Augusto Santos Silva vão ser ouvidos no Parlamento sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ministro dos Negócios …

Mudanças na lei laboral podem prejudicar a retoma, avisa Centeno

É crucial para a retoma que haja "estabilidade e previsibilidade na legislação laboral", de forma a estimular o investimento empresarial e o crescimento económico, afirmou esta quarta-feira o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Von der Leyen dá luz verde ao Plano de Recuperação e Resiliência português. E "não é por acaso"

O primeiro-ministro, António Costa, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciaram esta quarta-feira que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) foi aprovado por Bruxelas.  A presidente da Comissão Europeia, Ursula von …

Kim Jong-un reconhece que país enfrenta "situação de tensão alimentar"

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, reconheceu que o país está a enfrentar uma "situação de tensão alimentar", informaram hoje os meios de comunicação oficiais. O país, cuja economia é alvo de múltiplas sanções internacionais impostas em …

Iniciativa Liberal apoia recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto

A Iniciativa Liberal vai apoiar a recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto nas próximas eleições autárquicas, considerando “inquestionável a mudança e o desenvolvimento” da cidade desde que o independente assumiu a presidência do …

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …