Marcelo condecora Jorge Sampaio pelo seu apoio aos refugiados

unaoc / Flickr

O ex-presidente da República, Jorge Sampaio

O chefe de Estado surpreendeu, esta quinta-feira, o antigo Presidente da República ao condecorá-lo com o Grande-Colar Ordem do Infante D. Henrique pela sua iniciativa de apoio aos estudos de jovens refugiados.

Marcelo Rebelo de Sousa atribuiu esta condecoração no encerramento de uma conferência internacional sobre ensino superior em situações de emergência, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, ocasião em que também condecorou oito personalidades e institutos estrangeiros.

A lista de condecorações não foi oficialmente divulgada, mas o Presidente da República disse aos jornalistas que, como Jorge Sampaio já tinha o Grande-Colar da Ordem da Torre e Espada e o Grande-Colar da Ordem da Liberdade, quis distingui-lo agora com a Ordem do Infante D. Henrique, “que significa a projeção universal de uma causa e de um esforço em que ele se empenhou brilhantemente”.

Marcelo Rebelo de Sousa considerou que o antigo Presidente “remou contra a maré por uma causa fundamental” através de “uma iniciativa solitária”, quando fundou a Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios, em 2013, que depois teve “o apoio dos sucessivos governos portugueses e de muitas instituições, portuguesas e estrangeiras”.

Jorge Sampaio, por sua vez, confessou que foi surpreendido e declarou estar “muito contente” com o gesto do chefe de Estado. “Eu não ligo muito a estas coisas, mas, realmente, foi uma grande honra que ele me deu“, acrescentou.

Ainda sobre a plataforma fundada pelo antigo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa referiu que “começou por ser a causa dos refugiados sírios, depois passou a ser uma causa mais ampla, com refugiados de outras zonas próximas, egípcios, iraquianos, líbios”.

“Infelizmente, as guerras estão para durar e as migrações e os refugiados são uma causa a que se não pode fugir. Ele percebeu isso e lutou por isso com prestígio internacional, primeiro bastante só, e agora muito acompanhado”, enalteceu, defendendo que “merecia esta condecoração por esse esforço que prestigia Portugal”.

A Ordem do Infante D. Henrique destina-se a distinguir “quem houver prestado serviços relevantes a Portugal, no país e no estrangeiro, assim como serviços na expansão da cultura portuguesa ou para conhecimento de Portugal, da sua história e dos seus valores”.

O Grande-Colar é o mais alto grau desta ordem e “é concedido pelo Presidente da República a chefes de Estado estrangeiros”, podendo também “ser concedido pelo Presidente da República a antigos Chefes de Estado e a pessoas cujos feitos, de natureza extraordinária e especial relevância para Portugal, os tornem merecedores dessa distinção”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Xiaomi lança máscara elétrica que carrega via USB

A pandemia de Covid-19 tem impulsionado o surgimento de alguns recursos melhorados para fazer face ao combate do novo coronavírus. É o caso da nova máscara de esterilização elétrica da Xiaomi, que carrega via USB. A …

Em paradeiro incerto, ministra da Guiné-Bissau diz correr perigo de vida

Ruth Monteiro, ministra da Justiça e dos Negócios Estrangeiros no Governo da Guiné-Bissau deposto no golpe do dia 27 de fevereiro, está em parte incerta e diz correr perigo de vida. De acordo com o semanário …

Ovelhas e bactérias estão a ajudar a combater o coronavírus

Anticorpos que podem ajudar a combater o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, estão a ser testados em ovelhas. Estes podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico. O SARS-CoV-2, o vírus que causa a …

Marcelo sai uma vez por semana, usa máscara e luvas nas compras (e passa a Páscoa em Belém)

O Presidente da República afirmou este sábado que, para se proteger do surto de covid-19, só sai em trabalho uma vez semana, usa máscara nas compras e vai passar a Páscoa confinado no Palácio de …

A procura por sumo de laranja está a disparar (e a culpa é do coronavírus)

A procura por sumo de laranja tem disparado nos últimos tempos, muito devido à pandemia de covid-19. As pessoas querem reforçar o seu sistema imunitário. Já quase ninguém está indiferente à ameaça da pandemia de covid-19, …

Nove pessoas com covid-19 curadas após receberem plasma de doentes recuperados

Pelo menos nove pessoas internadas nos cuidados intensivos em Itália com covid-19 já foram curadas, depois de receberem plasma de pacientes recuperados. De acordo com o jornal italiano Corriere della Sera, os doentes receberam o plasma …

Grace tem seis anos e pode ser a autora mais nova de sempre de um artigo científico

Uma menina de seis anos, que vive na Austrália, pode ser a autora mais nova de sempre a ter um artigo científico publicado numa revista da especialidade. Grace Fulton tem uma enorme paixão por animais e, …

Geco encheu Lisboa com autocolantes (e a polícia de Roma está a pedir ajuda para o encontrar)

A polícia de Roma está a pedir ajuda à Associação Vizinhos de Lisboa para encontrar o graffiter Geco, cujas pinturas e autocolantes se podem ver por toda a capital portuguesa, e que está em investigação …

TikTok "esconde" publicações de pessoas feias e pobres para atrair novos utilizadores

O TikTok deu indicações aos seus moderadores para 'esconder' as publicações de utilizadores feios, pobres ou com deficiências. As suas audiências eram manipuladas para que os seus vídeos fossem vistos por menos pessoas. Antes conhecido como …

Jornal italiano acusa Rússia de ter enviado espiões para os hospitais de Itália

O jornal italiano Le Stampa acusou Moscovo de ter enviado, no contingente de 104 médicos e especialistas enviados da Rússia, oficiais da agência de inteligência militar russa (GRU). A Rússia enviou ajuda para Itália, na forma …