Máquinas de Vincent Lambert vão ser finalmente desligadas

Os pais de Vincent Lambert, enfermeiro francês que ficou tetraplégico e em estado vegetativo depois de um acidente rodoviário em 2008, anunciaram esta segunda-feira que as máquinas que o mantêm vivo vão ser desligadas.

Vincent Lambert deixou de receber tratamentos médicos na passada terça-feira, depois da decisão do Supremo Tribunal ter decidido levantar o bloqueio à paragem do tratamento.

Desta vez acabou. Os nossos advogados forçaram ainda o recurso nos últimos dias e realizaram as ações finais para fazer valer o recurso suspensivo perante a ONU, que beneficiava o Vincent. Mas em vão”, dizem Viviane e Pierre Lambert numa carta enviada à AFP e citada pelo Público. “A morte de Vincent é agora inevitável” e “se não aceitarmos isso, só podemos resignar-nos”.

De acordo com o mesmo jornal, a própria família estava dividida: os pais e uma irmã queriam manter Lambert vivo artificialmente, enquanto a sua esposa, outros cinco irmãos e um sobrinho concordavam que as máquinas deviam ser desligadas.

Segundo o Observador, os pais, profundamente católicos, nunca aceitaram que as máquinas fossem desligadas e sempre defenderam que seria possível reverter a morte cerebral em que o filho se encontrava.

Na semana passada, os progenitores ainda tentaram que a decisão fosse alterada e apresentaram uma queixa contra o médico Vincent Sanchez, do Hospital Universitário de Reims, por “tentativa de intenção de assassinato”.

A irmã mais nova disse à agência France-Presse que o processo de sedação está na “última fase” e garantiu junto dos médicos que o irmão “não irá sofrer”. “Os efeitos da desidratação estão a ser sentidos, mas não sabemos quantos dias levará. Essa espera é muito dolorosa para todos”.

O enfermeiro de 42 anos ficou tetraplégico em 2008 na sequência de um acidente rodoviário, tendo-se tornado um símbolo do debate sobre a eutanásia em França nos últimos 11 anos. Sem testamento vital para determinar as condições em que se pretende recorrer à morte assistida, o francês ficou entregue à nomeação de um representante legal.

Em 2011, os médicos que seguem o caso descartaram por completo qualquer possibilidade de melhorias e, em 2014, o seu estado passou a ser classificado como vegetativo.

Em junho de 2015, o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem autorizou a interrupção do tratamento de Vincent Lambert. O órgão considerou na altura que a eutanásia não viola o artigo 2.º da Convenção Europeia dos Direitos Humanos, relativa ao Direito à Vida.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Sei que perder um filho é muito duro, mas mantê-lo em estado vegetativo irreversível, contra a sua vontade expressa, é muito egoísta e desumano.

  2. Acho que por serem católicos não deviam querer manter as máquinas como suporte de vida.
    Manter a vida artificialmente é pior do que querer impedir a vida artificialmente, através de preservativos por exemplo.

  3. Mentira.

    Ele não precisava de maquinas nenhumas, conseguia mastigar e engolir sozinho, a mãe queria leva-lo para casa porque ele não precisava de tratamento médico constante.
    Ele só estava no hospital por causa de disputas legais.
    A ordem do tribunal foi para parar de o alimentar e dar agua para o matar de fome e sede.
    Quando a mãe lhe disse isto ele começou a chorar.

    Façam um trabalho melhor, por acaso estão a ver o homem ligado a alguma maquina na foto?

RESPONDER

FC Porto admite batalha legal com o Sporting devido ao caso Palhinha

Os azuis e brancos contestam a utilização de João Palhinha após o jogador ter sido suspenso ao somar cinco amarelos na Liga. O FC Porto admite uma batalha legal. O FC Porto está preparado para levar …

Supremo recusa levantar arresto de bens a Rui Rangel e Fátima Galante

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, esta quinta-feira, recursos dos ex-juízes, arguidos no processo "Operação Lex", que contestavam o arresto dos seus bens. No acórdão proferido, a que a agência Lusa teve acesso, o Supremo …

Portugueses a partir dos 60 anos vão ter segunda dose AstraZeneca

Após os casos de coágulos, a DGS só vai mudar o esquema vacinal aos mais jovens, sendo que população com mais de 60 anos que tomou a vacina da Astrazeneca irá receber a segunda dose …

Messi já tem uma decisão tomada em relação ao seu futuro

Andoni Zubizarreta, dirigente do Barcelona, garante que Lionel Messi já tomou uma decisão em relação ao seu futuro no clube, embora não saiba qual é. Depois da novela que foi a situação de Lionel Messi no …

Menos dinheiro para estradas e mais para as empresas. Governo apresenta a versão final do PRR

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) vai ser divulgado na sua versão final esta sexta-feira. Durante a manhã, será apresentado ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. A apresentação do Plano de Recuperação e …

Os lobos de Yukon mudaram a dieta para sobreviver à extinção da Idade do Gelo

Os lobos cinzentos (Canis lupus) do território de Yukon, no Canadá, sobreviveram à extinção no final da última Idade do Gelo adaptando a sua dieta ao longo de milhares de anos. Os lobos cinzentos estão entre …

Termina esta sexta-feira 2.ª fase de adesão a medidas voluntárias na TAP

Termina esta sexta-feira a segunda e última fase de adesão a medidas voluntárias para os trabalhadores da TAP, depois de a companhia ter concedido mais uma semana aos colaboradores para analisarem as opções. A TAP anunciou …

EDP entrega aos deputados contratos das barragens, mas pede confidencialidade

Depois do pedido de esclarecimentos de alguns deputados, a EDP enviou ao Parlamento mais de 1500 páginas de documentos sobre os negócios das barragens, mas pediu confidencialidade.  A EDP já enviou ao Parlamento a sua resposta …

Tiroteio em armazém da FedEx nos EUA faz pelo menos oito mortos

Pelo menos oito pessoas morreram, esta quinta-feira à noite, no tiroteio ocorrido num armazém da empresa de serviços postais FedEx em Indianápolis, no estado norte-americano do Indiana. Segundo a porta-voz da polícia de Indianápolis, Genae Cook, …

Cientistas traduziram a estrutura de uma teia de aranha em música

Uma equipa de investigadores garante ter criado música a partir de uma teia de aranha. Os cientistas traduziram a estrutura de uma teia numa melodia — algo que pode ter aplicações que vão desde melhores …