Manuais gratuitos também no privado e no cooperativo. Iniciativa Liberal quer igualdade na Educação

António Cotrim / Lusa

João Cotrim de Figueiredo, do Iniciativa Liberal

O Iniciativa Liberal (IL) propôs uma alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) na área da educação, que passa por fornecer manuais escolares gratuitos a todos os alunos da escolaridade obrigatória, quer frequentem o ensino público, o privado ou o cooperativo, já a partir de setembro.

Segundo noticiou o Público, o partido defende que os alunos devem ser tratados com igualdade independentemente do tipo de estabelecimento de ensino que frequentem. No momento, esta medida só abrange os alunos das escolas públicas.

O IL propõe igualmente alargar a ação social escolar ao ensino particular e ao cooperativo, bem como um aumento de 50% no financiamento de contratos simples para o ensino básico e secundário e de contratos de desenvolvimento para o pré-escolar. O intuito é favorecer as famílias de menores recursos, abrangendo até 45 mil crianças.

No período pós-orçamento, o partido quer apresentar uma proposta para um projeto-piloto que permite dar às famílias um financiamento para a educação igual ao custo por aluno no ensino público, podendo assim escolher a escola que entenderem para os filhos.

O alargamento do Sistema Integrado de Gestão do Acesso no Serviço Nacional de Saúde (SIGA SNS) ao sector social e privado, permitindo que os doentes à espera de marcação de consulta possam ter consultas fora do SNS quando excedem determinado prazo, é outra das propostas do IL.

A dispensa de medicamentos hospitalares nas farmácias comunitárias nas áreas da oncologia e HIV, a criação de um programa de gestão terapêutica e de preparação individualizada da medicação e a eliminação da nova contribuição que o Governo quer criar sobre os fornecedores de dispositivos médicos do SNS também constam das propostas apresentadas pelo partido.

ZAP //

PARTILHAR

31 COMENTÁRIOS

  1. É impressionante o parasitismo desta gente que passa a vida a viver ou a tentar viver à custa do dinheiro dos cidadãos que financia o Orçamento do Estado (OE).

    Este parasita agora quer que seja o Estado, os cidadãos, a pagarem os livros escolares dos filhos(as) dos outros que frequentam estabelecimentos de ensino particulares ou cooperativos, criados e geridos por empresas privadas ligadas ao negócio da educação.

    Esta corja neoliberal a que pertence o sr. João Figueiredo, é incapaz de produzir o que quer que seja, não sabem o que é conseguir algo com esforço próprio, estão sempre à espera do dinheiro do Estado para financiar os seus interesses e actividades privadas.

    • O amigo deve andar a falhar a medicação prescrita pelo seu médico. Só assim se percebe o chorradilho de disparares que vão nessa cabeça.
      Independentemente do local onde se estuda por que motivo deve haver uma discriminação? Que eu saiba, se todos podem ter acesso aos manuais escolares independentemente do escalão do IRS então deveria ser indiferente estudar no particular ou no público para poder beneficiar deste benefício!
      É que “os parasitas” que o amigo refere são aqueles que sustentam diretamente os seus próprios filhos no privado e sustentam também os dos outros no público. Parece-me que o amigo é que será o parasita no meio desta história.
      Como comecei por dizer tem as ideias muito mal arrumadas. Procure observar as recomendações do seu médico.

      • As escolas do Estado não servem, mas os manuais já servem… está boa…
        Manuais pagos por todos, só na “escola de todos” – querem ir para as escolas de “elite” onde recorrentemente falsificam as notas e onde mesmo os mais limitados tem boas notas, então paguem!!
        Chamar a “isto” igualdade só pode ser uma tentativa de piada deste liberais parasitas!…

        • Tu és mesmo um gajo com sérios problemas mentais. Devias procurar rapidamente tratamento.
          Mas no que toca aos disparates que por aqui vomitas, deves estar a esquecer-te que quem paga o privado também continua a pagar o público muito embora não usufrua dele. E depois o que conta são os exames nacionais.
          Por essa ordem de ideias quem viaja pela autoestrada nem deveria ter direito a alcatrão. Fosse pelas que são verdadeiramente públicas.
          Enfim… tens sérios problemas cognitivos

          • Chamar doente mental a quem tem uma opinião diferente, já diz muito sobre a educação/cultura de quem defende um certo liberalismo parasita!…
            .
            Não usufrui porque não quer!!
            Pois… os exames nacionais…
            .
            Se não fosse tão ignorante saberias que as AE’s são TODAS do Estado, estando algumas concessionadas – as famosas PPP’s (muito úteis e benéficas para o país) em que, mais uma vez, o liberais parasitas mamam forte e feio no Estado!…
            .
            Vá, agora vai tomar um cafezinho, porque fazer diagnósticos da saúde mental de desconhecidos através dos comentários num site de noticias, só revela que algo falhou gravemente na tua educação!…

            • E quem é que disse que as AEs não são do Estado?! Nem consegues atingir a comparação. Enfim.
              Decididamente tens sérios problemas mentais.
              E quanto ao diagnóstico do teu caso não precisa de ser presencial. É demasiado notória a confusão que reina nessa cabeça.

        • Da próxima vez que fores a um qualquer consultório privado ou hospital privado também seria bom que pagasses integralmente na farmácia a medicação que o médico te receitar. Olha que esse argumento só mesmo de um gajo que não tem nada na cabeça.
          Não te metas nisto que decididamente está acima do teu intelecto. Vai brincar com os meninos à bola.

            • Bem que te arrumou. Fez uma boa comparação. Parece-me totalmente legítima à luz dos teus argumentos.
              Começaste por dizer “As escolas do Estado não servem, mas os manuais já servem…”
              Pois então parece que o mesmo seria váido para os hospitais e para os medicamentos. Mas perante este argumento de peso, ficaste descalço. Algo me diz que foste arrasado nesta discussão.

    • Muitas vezes vai para o privado quem quer fugir à desgraça que muitas escolas públicas são. Professores constantemente de baixa, violência na escola, drogas,… Procure informar-se melhor.
      O pior é que estas pessoas terão de fazer um triplo sacrifício: suportar os encargos da escola privada; suportar os encargos da escola pública da qual não podem usufruir e ainda pagar os manuais.
      Isto é de facto tudo muito lindo.

        • Tu é que deves andar enfiado num buraco qualquer. Deixa de ser palerma. Se não conheces as realidades das grandes cidades deixa-te estar confinado à tua própria aldeia.

          • Mas quais grandes cidades?!
            Vives na Cidade do México?
            Em São Paulo?
            Nova Iorque?
            Londres?
            Enfim…
            .
            Essa do “Deixa de ser palerma” é um conselho que devias tentar seguir…

            • Não sei em que buraco é que vives. Experimenta a ir a algumas escolas do grande porto e grande lisboa e vais perceber o que estamos aqui a falar. Até professores escoltados pela gnr e alunos com facas em cima da carteira. Bem se vê que vives num mundo à parte. Um mundo dos tontinhos. Mas és feliz assim e isso é o que interessa. Continua assim… tontinho e alienado

            • A ignorância do amigo é de facto notável. Costuma acordar de manhã ou anda todo o dia a dormir em pé?

    • Por essa ordem de ideias quem tem dinheiro para ter TV CABO também tem dinheiro para pagar os manuais. Por que carga de água é que eu hei de estar a pagar-lhe os manuais com o dinheiro dos meus impostos?
      Olhe, deixe-se de palermices

  2. Olha, olha… ainda agora chegaram e já querem mama do Estado!..
    Típico… são contra o Estado, mas fazem tudo para mamar no Estado!…

  3. Bem………..Há muitos comentadores, que não enxergam a definição dos Sectores Estritamente Privados, e as P:P:P’s. No primeiro caso é normal assumir a integralidade do custo, no segundo caso seria mais aceitável a disponibilidade dos manuais. Se for a um Médico privado, sou obrigado a assumir a consulta do meu Bolso, e portanto também contribuo para o SNS, quanto a medicação com receita medica tem os mesmos descontos para todos; e que eu saiba não se paga a Farmácia para lá entrar………Certo ????? “Sr. Vai e fica-te por lá”.

    • Pela lógica do retardado que aqui comenta pelo nome de Eu!, se eu recorro a uma escola privada então deveria pagar os manuais (que não compro na escola mas sim num outro qualquer estabelecimento). Em que medida é que isso difere do exemplo apresentado dos hospitais privados ou de um simples consultório? Pela mesmíssima ordem de ideias seria de supor que quem recorre a um médico privado então deveria arcar com o custo integral dos medicamentos e não usufruir de qualquer benefício. O princípio subjacente é exatamente o mesmo. Ou seja, um profundo disparate. Mas quanto a isto não vejo nenhum argumento válido. Enviem argumentos pf.

      • Oh néscio… quem te que disse que eu sou a favor da comparticipação dos medicamentos receitados por hospitais/médicos privados?!
        Pois….
        Ainda por cima quando há cada vez mais casos de receitas/prescrições falsas por parte desses médicos que, juntamente com farmacêuticos, todos os anos burlam o Estado em dezenas de milhões!!
        Há poucos meses:
        “PJ detém 11 médicos e farmacêuticos por esquema de receitas falsas”
        jornaldenegocios.pt/economia/justica/detalhe/pj-detem-11-medicos-e-farmaceuticos-por-esquema-de-receitas-falsas
        .
        Cada um tem as suas limitações, mas, quando não se sabe, não se deve inventar – pergunta-se!!

        • Bem que podias tomar alguns desses fármacos para ver se essa cabeça vai ao sítio.
          Quanto ao resto ficou totalmente demonstrado que não tens argumentos neste assunto, como de resto em quase todos os outros que por aqui procuras dissertar. Tens de ler mais, procurar andar mais informado e depois voltas mais apto à discussão. Até lá!

Responder a Eu! Cancelar resposta

Descobertas três novas espécies de pterossauro em Marrocos

Cientistas encontraram três novas espécies de pterossauro, que viveram no deserto do Sahara, há 100 milhões de anos, em Marrocos. De acordo com o site EurekAlert!, estas três novas espécies de pterossauro faziam parte de um …

Texto português do século XVI mostra eficácia da quarentena

Um especialista australiano descobriu num texto português do século XVI uma prova de que a quarentena ou o isolamento podem impedir a globalização de uma doença como a covid-19, que já provocou mais de 30 …

Coronavírus. Mercados chineses continuam a vender morcegos

Nem com a pandemia de covid-19 a China abre mão dos seus velhos hábitos. Embora o novo coronavírus tenha tido origem num mercado de animais exóticos, em Wuhan, muitos destes sítios continuam a funcionar normalmente …

No Twitter, o discurso de ódio contra chineses cresceu 900%

A L1ght, uma empresa que mede a toxicidade das plataformas digitais, partilhou recentemente um relatório no qual revela que o discurso de ódio contra a China e contra os chineses teve um crescimento de 900%. Donald …

Há mais pessoas em quarentena do que vivas durante a 2ª Guerra Mundial

Um terço da população mundial - 2,6 mil milhões de pessoas - está em quarentena. São mais seres humanos em isolamento do que aqueles que estavam vivos para testemunhar a 2ª Guerra Mundial. Na terça-feira, o …

Biblioteca virtual no Minecraft dá voz a jornalistas censurados de todo o mundo

Enquanto governos de todo o mundo reprimem a liberdade jornalística e censuram a sua imprensa nacional, a Reporters Without Borders está a trabalhar para chegar ao público através de um canal improvável: uma enorme biblioteca …

Há mais 19 mortos em Portugal. Número de casos confirmados perto dos 6.000

Portugal registou, este domingo, mais 19 mortes devido ao surto de covid-19. O número de casos confirmados é de 5.962, mais 792 em relação aos números de sábado. A Direção-Geral de Saúde revelou este domingo o …

Criança de 14 anos morre com covid-19 no Hospital da Feira

Uma criança de 14 anos morreu, este domingo, no Hospital de São Sebastião, na Feira, vítima de covid-19. Sofria de psoríase, doença que pode debilitar o sistema imunitário. O rapaz era morador em Ovar e tinha …

A Estação Matternet é um "portal seguro de drones" para hospitais

O sistema é simples: a equipa médica do hospital coloca as amostras que precisam de ser testadas no interior da estação, e esta encarrega-se automaticamente de as colocar num drone. Depois, o topo da torre …

Espanha atinge recorde: Morreram 838 pessoas nas últimas 24 horas

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 838 mortos com o novo coronavírus, voltando a aumentar o número de falecidos num só dia e elevando o balanço total para 6.528, de acordo com a última atualização …