Mangueira demasiado curta resolve um dos mistérios de Stonehenge

Uma mangueira demasiado curta permitiu a uma equipa de arqueólogos britânicos esclarecer um dos mistérios de Stonehenge. O antigo monumento realmente era circular.

Os arqueólogos examinaram o famoso sítio arqueológico depois de terem sido contactados pelo administrador do local, que percebeu que a relva estava ressequida ao longo de trincheiras circulares, marcando o formato original do monumento.

O responsável pela manutenção de Stonehenge, Tim Daw, conta que estava de pé, na trilha que circunda as rochas, a olhar para a relva junto às pedras, a pensar que devia comprar uma mangueira mais longa.

Foi então que percebeu que a relva estava mais ressequida nos locais em que arqueólogos tinham procurado, sem sucesso, as pedras que faltam na mística estrutura.

“Chamei um colega e ele também percebeu que isto poderia ser importante. Como não somos arqueólogos, chamámos os profissionais”, contou Daw à BBC.

A equipe tirou fotos aéreas e ficou provado que Stonehenge era, de facto, um círculo completo.

(dr) English Heritage

Vista aérea de Stonehenge

Vista aérea de Stonehenge

Trincheiras de 1901

Há muito tempo que os arqueólogos discutem se Stonehenge, um monumento erguido há 4 a 5 mil anos atrás, no período Neolítico, era um círculo completo ou intencionalmente construído na forma de semi-círculo.

Esta diferença pode influenciar as teorias que explicam a razão de ser da estrutura de pedra, junto à cidade de Salisbury, no sudoeste de Inglaterra.

Daw explica que as partes mais ressequidas, que indicavam o formato original do monumento, correspondiam a escavações arqueológicas documentadas, inclusive de duas trincheiras escavadas pelo engenheiro William Gowland em 1901.

O facto de as marcas na relva aparecerem nos locais em que as trincheiras existiam reforça a teoria de que assinalam áreas de terra removida.

As conclusões foram publicadas na revista especializada Antiquity. O estudo destaca que, embora Stonehenge seja um dos monumentos mais analisados do planeta, ainda guarda algumas surpresas.

Os cientistas dizem também que a descoberta ressalta a importância de uma monitorização contínua, por terra e pelo ar, do património arqueológico,

A English Heritage, organização britânica de defesa do património, diz que esta descoberta é “muito significativa”.

“Muita gente acha que nós já escavámos o sítio todo e que já sabemos tudo que se pode saber sobre Stonehenge. Mas na verdade, ainda há muita coisa que desconhecemos”, diz Susan Greaney, historiadora da organização.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …