Maioria dos portugueses quer manter escolas fechadas (e quase metade defende encerramento até à Páscoa)

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias, Diário de Notícias e TSF revela que a maior parte dos portugueses defende o prolongamento do encerramento das escolas.

A eventualidade de voltar a reabrir as escolas em breve, tendo o Governo já admitido que o desconfinamento deverá começar pelos estabelecimentos de ensino, tem dado que falar entre pais, professores, políticos e especialistas.

Agora, uma sondagem da Aximage, divulgada pelo Jornal de Notícias, Diário de Notícias e TSF, revela que a grande maioria dos portugueses (82%) defende o prolongamento do encerramento das escolas até, pelo menos, ao final da primeira quinzena de março.

A mesma sondagem mostra que quase metade dos inquiridos (42%) afirmam que as aulas presenciais só devem recomeçar depois das férias da Páscoa – ou seja, em abril -, algo que também é defendido pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O pedido do encerramento das escolas nota-se mais no Norte (84%), Sul e arquipélagos da Madeira e Açores (83%). Quanto à idade e rendimentos, o fecho é pedido sobretudo por mulheres (84%), idosos (88%) e pessoas com menor capacidade económica (classe D, 89%).

Já entre os jovens até aos 34 anos, 76% pedem o prolongamento do encerramento.

O regresso às salas de aula depois da Páscoa é pedido pelos eleitores da Direita (59% do Chega e 53% do PSD) e por quem vive nas cidades médias ou no interior, uma vez que tem menos apoio nas áreas metropolitanas do Porto (38%) e Lisboa (40%).

Na média nacional, 9% prefeririam ver as escolas fechadas até maio e 16% querem aulas online até ao verão.

Apesar de preferirem que as escolas se mantenham encerradas, mais de metade dos inquiridos (54%) acredita que o ensino remoto será pouco ou nada rentável.

Quando à forma como o Governo preparou o ensino à distância, 40% dizem que o primeiro ministro, António Costa, o fez mal ou muito mal.

Professores queixam-se de intrusões no ensino

De acordo com o semanário Expresso, um inquérito realizado pelo Centro Nacional de Cibersegurança e a Direção Geral de Educação, 11% dos professores assumiram que viram as suas aulas serem alvo de, pelo menos, um ataque de intrusão virtual entre março e novembro de 2020.

Além disso, o mesmo inquérito apurou que 5% dos professores inquiridos descobriram códigos maliciosos em um ou mais dispositivos e 3% confirmaram que foram alvo de ataques de partilha não autorizada de vídeos de aulas.

“No início, as escolas não estavam preparadas. Além disso, [os ataques de zoom bombing] eram novidade e possivelmente houve alguns alunos que terão achado piada a fazê-los. Depois passou o fator novidade, e agora já não há tantos ataques deste género. Mas claro que não há sistemas informáticos 100% seguros”, explicou Fernanda Ledesma, presidente da Associação Nacional de Professores de Informática (ANPRI).

“É verdade que houve um aumento de ataques durante o ano passado, mas essa tendência parou há três ou quatro meses. Antes dessa diminuição foram apresentadas centenas de queixas nas autoridades. E quase todas estavam relacionadas com ataques a plataformas de videoconferência”, explicou fonte ligada à investigação do cibercrime em Portugal.

Segundo dados compilados pelo CNCS, o número de incidentes de cibersegurança detetados passou de 754 para 1418 de 2019 para 2020.

Os dados do CNCS apuram que que foram contabilizados 236 incidentes de phishing em 2019 e 613 em 2020. No total, os incidentes de phishing representaram 43% do total de incidentes de cibersegurança trabalhados pelo CNCS em 2020.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

No funeral de Filipe, a família real não vai usar uniformes militares "para evitar envergonhar Harry"

No funeral do duque de Edimburgo os membros da família real não vão usar uniformes militares. A quebra na tradição é justificada como medida "para evitar envergonhar" o príncipe Harry. Segundo o The Sun, a decisão …

FBI diz que grupos radicais dos EUA têm fortes ligações com extrema-direita europeia

O diretor do FBI revela que os radicais norte-americanos são os que têm os laços internacionais mais vastos e que se têm deslocado para se encontrarem com outros ativistas. Os norte-americanos de extrema-direita e com motivações …

Nova espécie de pterossauro revela o polegar opositor mais antigo de sempre

Cientistas descobriram uma nova espécie de pterossauro que viveu durante o período Jurássico e que subia às árvores graças aos seus polegares opositores. Esta característica nunca tinha sido observada nestes animais. De acordo com a rede …

Devido ao sucesso da vacinação, Israel põe fim à obrigatoriedade de uso de máscara no exterior

As autoridades israelitas anunciaram hoje que a partir do próximo domingo acabará a obrigatoriedade de uso de máscara no exterior, medida no quadro do levantamento progressivo das restrições ligadas à pandemia de covid-19. Na primavera de …

A rainha Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal (mas novos documentos põem fim aos mitos)

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por lavar-se pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a viagem …

Instagram testa opção que permite ocultar ou mostrar o número de likes

O Instagram vai começar a testar uma nova opção que dá aos seus utilizadores a possibilidade de esconder os likes recebidos nas publicações. Em 2019, a empresa começou por forçar esta mudança, aplicando-a a alguns utilizadores …

Atlético de Madrid: o que aconteceu a João Félix e companhia?

Equipa de Diego Simeone tinha vantagem confortável sobre os dois maiores rivais e, em pouco tempo, só ganhou metade dos pontos que poderia ter ganhado. Ainda lidera mas tem três adversários muito perto. Em Portugal, no …

EUA impõe novas sanções e expulsam dez diplomatas russos. Moscovo promete resposta “inevitável”

O Governo dos EUA anunciou hoje novas sanções financeiras contra a Rússia e a expulsão de 10 diplomatas russos, em resposta a recentes ataques cibernéticos e à interferência na eleição presidencial de 2020 atribuída a …

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e substituir baterias

Os investigadores descobriram uma maneira inovadora de explorar a capacidade das redes 5G, transformando-as numa “rede elétrica sem fios” de modo a alimentar dispositivos de Internet das Coisas (IoT) que precisam de baterias para funcionar. Os …

Itália vai enviar réplica de David de Michelangelo para o Dubai

No final de abril, Itália vai enviar uma réplica em tamanho real do famoso David de Michelangelo, feita com impressoras 3D, para a Exposição Universal do Dubai, que se irá realizar de 1 de outubro …