O maior mar de Titã terá mais de 300 metros de profundidade. É convidativo o suficiente para um submarino

NASA / JPL / Space Science Institute

O maior mar de Titã, a maior e uma das mais promissoras luas de Saturno para a procura de vida alienígena, tem pelo menos 300 metros de profundidade perto do seu centro, segundo estimativas de astrónomos da Universidade de Cornell.

Em causa está Kraken Mare, que, além das suas generosas dimensões que o tornam o maior mar deste satélite natural, parece ser também bastante profundo – o suficiente para um potencial submarino robótico o conseguir explorar.

Trata-se de um enorme mar de metano líquido, característica que o torna mais apetecível na procura de vida extraterrestre, numa “corrida” onde Titã e Encélado, outras das luas de Saturno, são considerados mundos bastante promissores.

“A profundidade e a composição de cada um dos mares de Titã já foram medidas, à exceção do maior mar de Titã, Kraken Mare – que não só tem um ótimo nome, como também contém 80% dos líquidos da superfície da lua”, disse Valerio Poggiali, co-autor do novo estudo, cujos resultados foram publicados no Journal of Geophysical Research.

Os cientistas estimaram que Kraken Mare tem 300 metros de profundidade, enquanto Moray Sinus, outro dos mares de Titã, tem cerca de 85 metros de profundidade.

Em comunicado, a equipa precisa que as estimativas têm por base dados recolhidos a 21 de agosto de 2014 pela já “aposentada” sonda Cassini, da agência espacial norte-americana (NASA), durante o sobrevoo final sobre Titã.

As medições foram levadas a cabo a uma altitude de quase mil quilómetros acima da superfície de Titã, quando a sonda Cassini orbitava o satélite natural a 21 mil quilómetros por hora, e basearam-se na quantidade de energia de radar absorvida durante o retorno do seu sinal através de um líquido.

Além da profundidade, os cientistas também puderam confirmar que Kraken Mare é realmente imenso: atinge as dimensões dos cinco Great Lakes combinados.

De acordo com Poggiali, Titã, o único satélite com atmosfera densa, representa um ambiente modelo de uma possível atmosfera da Terra primitiva.

Neste contexto, sustentou o cientista da Universidade de Cornell, “entender a profundidade e a composição de Kraken Mare e Moray Sinus é importante, uma vez que permite uma avaliação mais precisa da hidrologia de metano em Titã“.

“Ainda assim”, continuou, “há ainda muitos mistérios para resolver”, um dos quais passa por perceber a origem do metano líquido de Kraken Mare.

Segundo o especialista, num futuro ainda distante, um submarino, provavelmente sem motor mecânico, navegará por Kraken Mare. “Graças às nossas medições, os cientistas podem inferir a densidade do líquido com maior precisão e, consequentemente, calibrar melhor o sonar a bordo do navio e compreender os fluxos direcionais do mar”.

Sara Silva Alves, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Portugal tem 80% da população com a vacinação completa. Faltam administrar 400 mil doses — mas a quem?

De acordo com as previsões das autoridades de saúde, Portugal deveria atingir a meta de 85% da população com o esquema vacinaal completo em outubro, pelo que ficam a faltar 400 mil doses. Portugal atingiu esta …

Entidade para a Transparência está há dois anos para sair do papel (e pode só chegar em 2024)

A nova Entidade para a Transparência está há dois para sair do papel e até pode só começar a funcionar em 2024. A lei que a criou é de 13 de setembro de 2019, mas até …

Sheriff, o clube que representa um país que oficialmente não existe, faz história na Champions

Na sua estreia absoluta na Liga dos Campeões, o Sheriff Tiraspol venceu o Shakhtar por 2-0. O clube representa um país que, oficialmente, não exista: a Transnístria. Sheriff Tiraspol foi fundado em 1997 por antigos membros …

Costa foi dar um empurrão ao "amigo" Manuel Machado (e tirou da cartola uma maternidade para Coimbra)

Manuel Machado corre o risco de perder a autarquia e, por isso, António Costa foi dar-lhe um empurrão esta quarta-feira, com a promessa de uma nova maternidade que irá avançar três semanas depois das eleições. …

Entre críticas às “ciclovazias”, Medina ouviu mais e falou menos (e ainda houve um debate à esquerda)

O último debate dos candidatos à Câmara de Lisboa aconteceu ontem na RTP, sendo que os temas de maior destaque voltaram a ser a habitação, mobilidade, turismo e alterações climáticas. Os doze candidatos não pouparam esforços …

Farmácias já estão a aceitar reservas de vacinas contra a gripe

Este ano, as farmácias portuguesas vão voltar a administrar gratuitamente a vacina contra a gripe a pessoas com mais de 65 anos. Para já, ainda não há data para o início da venda e imunização, mas …

Golo de Taremi foi bem anulado? Especialistas esclarecem decisão

Muitos contestam a anulação do golo de Taremi já perto do fim da partida. Especialistas em arbitragem defendem que a decisão foi bem tomada. Atlético de Madrid e FC Porto empataram a zero na primeira jornada …

Nova espécie massiva de há 500 milhões de anos descoberta no Canadá

Espécie terá sido uma gigante dos oceanos, amedrontando presas com a sua carapaça, situada na zona da cabeça, que cobria dois terços do seu corpo. Uma equipa de cientistas descobriu na última semana um fóssil de …

Porque morrem tantos americanos?

Nos últimos 30 anos a esperança média de vida nos Estados Unidos da América não acompanhou as melhorias verificadas na Europa. "A América tem um problema relacionado com a morte". Assim começa uma análise, em espécie …

Já há turmas inteiras em casa devido a casos positivos de covid-19

As aulas da maioria das escolas arrancaram esta semana e já há turmas inteiras em casa, devido a casos positivos de covid-19. Tema será discutido na reunião do Infarmed, que acontece esta quinta-feira. Com o início …