A maior extinção da vida animal aconteceu num período de 60 mil anos

ariedam / Flickr

-

A maior extinção da vida animal e vegetal da história da Terra terá ocorrido há cerca de 252 milhões de anos durante apenas 60.000 anos, um período muito curto na idade geológica, segundo um estudo publicado na segunda-feira.

Anteriormente, os cientistas tinham estimado que aquele período tinha durado menos de 200.000 anos.

Este evento, que provavelmente resultou de gigantescas erupções vulcânicas, fez desaparecer mais de 96% das espécies marinhas e 70% da vida na terra.

Além de erupções de mega vulcões, várias hipóteses foram avançadas para explicar a vasta extinção do fim da era Permiana (-298 a -252 milhões de anos), incluindo a queda de um asteroide ou cataclismos ambientais, referem os autores do estudo publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences.

Os investigadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT) efectuaram uma nova datação de amostras de rochas vulcânicas colectadas na China e determinaram que a extinção ocorreu em apenas 60 mil anos.

“Fomos capazes de determinar o momento e a duração da extinção quase em termos absolutos”, disse Sam Bowring, o principal autor do estudo.

“Como poderíamos imaginar o desaparecimento de 96% da vida nos oceanos em algumas dezenas de milhares de anos?”, questionou, acrescentando que “uma extinção excepcional necessita de uma explicação excepcional”.

Os cientistas descobriram que 10 mil anos antes da extinção, os oceanos registaram um aumento de carbono que se explica provavelmente por um forte aumento de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera.

Isto poderá ter levado à acidificação dos oceanos e a um aumento das temperaturas das águas oceânicas em 10 ou mais graus, colocando fim a grande parte da vida marinha.

“Qualquer que seja o acontecimento responsável por essa extinção massiva, ter-se-á produzido rapidamente para destabilizar a biosfera antes que a maioria da vida animal e vegetal tenha tido tempo para se adaptar e sobreviver”, disse Seth Burgess, do MIT.

A nova estimativa da duração desta extinção confronta a teoria de erupções vulcânicas massivas na Sibéria terem derramado substâncias químicas voláteis na atmosfera e oceanos, incluindo o CO2.

Dada a brevidade da extinção, é possível que uma única erupção catastrófica tenha desencadeado um colapso quase instantâneo dos ecossistemas do planeta, segundo investigadores.

A Terra sofreu cinco extinções. A última, há 65 milhões de anos, matou 50% das espécies, incluindo os dinossauros. Esta terá sido alegadamente causada pela queda de um asteróide.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Alguns planetas podem orbitar um buraco negro supermassivo em vez de uma estrela

Estamos habituados à ideia de que um planeta orbita estrelas. No entanto, estes corpos celestes podem também existir em torno de buracos negros supermassivos. Os cientistas já haviam adotado a ideia de que há planetas a …

PSD a 3 deputados da maioria na Madeira. CDS afasta geringonças

Miguel Albuquerque, político experiente, apreciador de música e apaixonado por rosas, voltou hoje a vencer as eleições regionais da Madeira, mas tem agora pela frente a ‘espinhosa’ tarefa de negociar um entendimento que garanta estabilidade …

Porto 2-0 Santa Clara | E vão cinco vitórias consecutivas na Liga

O FC Porto respondeu ao triunfo do Benfica no sábado em Moreira de Cónegos com a quinta vitória consecutiva na Liga, na recepção ao Santa Clara, por 2-0. Num jogo morno, com uma segunda parte mal jogada …

Mazda entra na corrida e prepara lançamento do seu primeiro carro elétrico

A Mazda garantiu o lançamento do seu primeiro carro elétrico já no próximo ano. O veículo será apresentado no Salão Automóvel de Tóquio. A corrida dos veículos elétricos acelera a todo o vapor e a Mazda …

Descobertas evidências de um reino bíblico em pleno deserto israelita

A bíblia faz referência a um reino de Edom, do século X antes de Cristo. Novas evidências sugerem que este reino poderá ter estado assente no deserto de Arava, no Israel. A análise de arqueólogos a …

PSD vence regionais na Madeira mas perde maioria absoluta

O PSD venceu hoje as eleições legislativas regionais na Madeira, com 37% a 41% dos votos, o que lhe retira a maioria absoluta no parlamento, segundo a projeção da RTP/Católica. O Partido Social Democrata venceu as …

No Afeganistão, há mulheres a arriscar a vida por um golo

As jogadores da seleção de futebol feminino do Afeganistão não treinam no seu país por razões de segurança. Muitas sofreram abusos sexuais e correm risco de vida para poderem jogar futebol. Pelo menos alguma vez na …

Cientista diz que avanços científicos podem levar à extinção humana

A evolução da ciência e tecnologia pode ser fundamental para evitar catástrofes, mas, ironicamente, pode também ser a causadora do fim da nossa espécie. O estudo das mudanças climáticas baseia-se em simulações cada vez mais de …

A ilha mais remota do mundo tem nome português

Tristão da Cunha é uma ilha com apenas 250 habitantes, onde ninguém fala português. Não há hotel nem aeroporto. Há quem parta em busca de um lugar sossegado para evitar as grandes multidões turísticas. Caso esteja …

Costa não tinha dúvidas. O parecer da PGR sobre familiares é “absolutamente inequívoco”

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu hoje que o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre as incompatibilidades entre governantes e negócios com empresas de familiares é “absolutamente inequívoco”. “O parecer é absolutamente inequívoco sobre …