Maior extinção da História. Identificado culpado que aniquilou quase toda a vida da Terra

Dawid Adam Lurino / PaleoFactory / Sapienza University of Rome

Técnicas analíticas de ponta e modelos geoquímicos inovadores reconstruíram conclusivamente toda a cascata de eventos na maior extinção da história da Terra.

Há cerca de de 252 milhões de anos, a maior extinção da história da Terra marcou o fim da Época Permiana e o início da Época Triássica. Cerca de três quartos de toda a vida na terra e 95% da vida no oceano desapareceram em apenas alguns milhares de anos.

As gigantescas atividades vulcânicas na Sibéria de hoje e a libertação de grandes quantidades de metano do fundo do mar há muito que são debatidas como possíveis gatilhos para a extinção Permiano-Triássica. Porém, a causa exata e a sequência de eventos que levaram à extinção em massa permaneciam altamente controversas.

Agora, uma equipa de cientistas da Alemanha, Itália e Canadá, chada BASE-LiNE Earth, investigou um arquivo ambiental frequentemente negligenciado: as conchas fósseis de braquiópodes.

“São organismos semelhantes aos moluscos que existiam na Terra há mais de 500 milhões de anos. Pudemos usar fósseis de braquiópodes bem preservados dos Alpes do Sul para as nossas análises. Essas conchas foram depositadas no fundo dos mares do plataforma rasa do Oceano de Tétis há 252 milhões de anos e registaram condições ambientais pouco antes e no início da extinção”, disse Hana Jurikova, investigadora do GEOMAR Helmholtz Centre for Ocean Research e primeira autora do estudo, em comunicado.

Medindo diferentes isótopos do elemento boro em conchas fósseis, a equipa rastreou o desenvolvimento dos valores de pH no oceano há 252 milhões de anos. Como o pH da água do mar está intimamente ligado à concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, a reconstrução deste último também foi possível.

“Com esta técnica, podemos não só reconstruir a evolução das concentrações atmosféricas de CO2, mas também rastreá-la claramente até à atividade vulcânica. A dissolução de hidratos de metano, que foi sugerida como uma possível causa adicional, é altamente improvável, de acordo com os nossos dados”, explicou Marcus Gutjahr, investigador do GEOMAR e co-autor do estudo.

Como próxima etapa, a equipa alimentou os seus dados de boro e estudos adicionais baseados em isótopos de carbono num modelo geoquímico baseado em computador que simulava processos na Terra na época.

Os resultados mostraram que o aquecimento e a acidificação dos oceanos associados à imensa injeção de CO2 vulcânico na atmosfera já eram fatais e levaram à extinção de organismos marinhos calcificantes logo no início da extinção.

No entanto, a libertação de CO2 também trouxe consequências adicionais. Com o aumento das temperaturas globais causado pelo efeito estufa, o intemperismo químico na Terra também aumentou.

Ao longo de milhares de anos, quantidades crescentes de nutrientes alcançaram os oceanos através dos rios e costas, que foram superfertilizados. O resultado foi uma depleção de oxigénio em grande escala e alteração de ciclos elementares completos.

Os cientistas analisaram que mais de 100 mil milhões de toneladas de carbono atingiram a atmosfera, o que acabou por envenenar muitos organismos vivos – tanto na terra como na água.

“Este colapso semelhante a um dominó de ciclos e processos de sustentação da vida interconectados eventualmente levou à extensão catastrófica observada de extinção em massa na fronteira do Permiano-Triássico”, rematou Jurikova.

Este estudo foi publicado este mês na revista científica Nature Geoscience.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Joaquim, se assim fosse iriam para o metano pois é maior ameaça pois tem muito mais poder de gás destufa e é a maior preocupação (e consequência de muito co2 na atmosfera). Como descobres essas teorias conspirativas? Não devem perceber nada de ciência e andam para aqui com estas teorias patetas!

  2. Pérmico e Triássico são períodos e não épocas (em tempo geológico uma época é uma subdivisão dos períodos, que, por sua vez, são subdivisões das eras). Esta extinção em massa marca a transição da era Paleozoica para a era Mesozoica.

RESPONDER

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Porto 0-0 Man City | Pragmatismo portista garante “oitavos”

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os “azuis-e-brancos” precisavam apenas de um empate, ou que o Olympiacos não vencesse em França, em casa do Marselha, e ambos os pressupostos aconteceram – …

O céu tingiu-se de roxo na Suécia (e a culpa era de uma plantação de tomates)

O céu ficou misteriosamente tingido de roxo em Trelleborg, a cidade mais a sul da Suécia, por causa da luz vinda de uma plantação de tomate enuma cidade próxima. Há algumas semanas, os moradores de Trelleborg …

Maurícias estão a abater um morcego ameaçado de extinção por interesses económicos

O morcego das Maurícias, em perigo de extinção, é mais uma vez o centro de um polémico abate nas mãos do Governo, para alarme das organizações de conservação da vida selvagem. Sob pressão de agricultores e …

Procurador-geral dos EUA: não há provas de fraude eleitoral generalizada

O procurador-geral dos Estados Unidos da América, William Barr, reconheceu hoje que não houve fraude em dimensão suficiente para invalidar a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. "Nesta altura, não vimos fraude a …

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" aos incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …

O Arecibo desabou. É o fim de uma era à procura de vida extraterrestre

O Observatório de Arecibo, em Porto Rico, morreu. Três semanas depois de um dos principais cabos de sustentação da sua cúpula ter desabado, danificado irremediavelmente o radiotelescópio, o icónico caçador de vida extraterrestre antecipou-se à …